Viagem

Emily in Paris: os fabulosos lugares de Paris que foram gravados as cenas

Já sabemos que é a série do momento acima de tudo, aliás, não só pela sua moda, mas o que nos diz das locações? Paris é mais um personagem da história!

Lugares de Paris que foram gravados as cenas. (Foto: Carole Bethuel/Netflix)

Emily in Paris é a série de que todos falam. Sobretudo, a história não é apenas divertida, romântica e praticamente perfeita, a moda também nos encanta e se acrescentarmos que Lily Collins é a alma do projeto – além disso, temos como resultado uma combinação perfeita para terminá-lo em um único fim de semana, o primeiro desde sua estreia (e sim, já queremos mais). Mas há um elemento que definitivamente não deve passar despercebido em todo esse conjunto de fatores que fazem de Emily in Paris, a série do momento: o cenário onde se passa. Romântica, luxuosa e com um encanto apaixonado indescritível, Paris é o lugar dos nossos sonhos, onde qualquer pessoa gostaria de assumir a sua nova função numa empresa de marketing.


No momento, viajar não é o plano mais seguro que você pode ter em sua lista de desejos, mas o que você pode fazer um tour sem sair de casa, assistindo a série Emily in Paris. Os melhores lugares que foram gravados as cenas. Vem ver:

Trocadéro
Foi aqui que começou a febre de Emily in Paris. (Foto: Carole Bethuel/Netflix)

A imagem com a qual foi anunciado o lançamento da série, em que Lily Collins segura uma taça de champanhe não é um cenário de sonho, pois, ela existe na vida real e seu nome é Trocadéro, um espaço onde a vista do A Torre Eiffel é magnífica e muito valorizada por quem visita a praça.

O rio Sena
O rio Sena, o rio mais romântico do mundo. (Foto: Carole Bethuel/Netflix)


Agitado e animado durante o dia, enluarado e romântico à noite, o Sena é conhecido como o rio mais romântico do mundo. A Pont des Arts, uma ponte para pedestres, foi filmada entre o Louvre e o Institut de France, e Seibel teve que remover os cadeados do amor deixados por moradores e turistas (a cidade removeu mais de um milhão só em 2015).

Ponte Alexandre III
A Ponte Alexandre é um dos lugares mais bonitos. (Foto: Carole Bethuel/Netflix)

A cena em que está sendo filmado o novo comercial do Savoir sobre um perfume, onde Emily e seus colegas apreciam a vista do lugar durante as filmagens, é nada mais nada menos que a Ponte Alexandre III, um lugar conhecido por sua arquitetura majestosa no estilo Beaux Arts. Faz parte do patrimônio inestimável classificado como Margens do Sena, em Paris, que, na verdade, são consideradas Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Ópera Garnier
A série fez uma homenagem a Audrey Hepburn (Foto: Carole Bethuel/Netflix)

O majestoso lugar onde Emily presta homenagem a Audrey Hepburn com seu estilo cristão Siriano, é um complexo arquitetônico construído durante o Segundo Império. O suntuoso interior, repleto de acabamentos em mármore e estátuas que representam seres miológicos gregos, pode acomodar mais de 2.000 espectadores em seus assentos e 400 artistas em seu palco.

Place de l’Estrapade
Rua onde Emily e Gabriel moram. (Foto: Carole Bethuel/Netflix)

Se você quiser descer a rua onde moram Emily e Gabriel, basta digitar Place de l’Estrapade no Google Maps e você chegará (claro, quando estiver em Paris). É uma praça tranquila, com aquele charme romântico do café de um lado e de outro que tanto fascina na cidade do amor.


Musée des Arts Forains
Emily e Gabriel no museu. (Foto: Carole Bethuel/Netflix)

Em um dos muitos eventos que a personagem de Emily deve comparecer, testemunhamos a extravagância do Musée des Arts Forains, um espaço exclusivo que é alugado para situações muito especiais, cuja decoração de interiores é baseada em objetos de feiras antigas, produto de seus fundadores que amam a coleção de peças de teatro. É conhecida pelo seu ambiente festivo, repleto de cores e curiosidades.

Jardin du Palais Royal
Emily e Mindy no Jardin du Palais Royal (Foto: Carole Bethuel/Netflix)

Todo mundo precisa de uma Mindy na vida, e Emily encontra a dela no Jardin du Palais Royal. Frente ao palácio do século 17, sebes em forma de caixote emolduram o jardim, chamando a atenção para a fonte neoclássica no centro. Com uma beleza de tirar o fôlego, não é de se surpreender que este retiro rural tenha sido selecionado como pano de fundo para a interpretação emocionante de La Vie En Rose por Mindy.


Atelier des Lumieres
Emily e Gabriel na galeira de arte. (Foto: Carole Bethuel/Netflix)

Além disso, L’Atelier des Lumières é uma galeria de arte localizada no 11º arrondissement e criada em 1835 pelos irmãos Plichon. Em Emily em Paris, Emily, Camille e Gabriel visitam o museu para assistir a uma exposição de Noite Estrelada de Van Gough. Então no nono episódio de Emily in Paris, o exterior do Monnaie de Paris atua como palco de um desfile de moda com a presença de Emily.

Montmartre
Emily e Camille em Montmartre. (Foto: Carole Bethuel/Netflix)

Nesta cena, filmada na pitoresca Place Dalida, no cruzamento da rue Girardon com a rue de l’Abreuvoir em Montmartre, Emily prepara uma sessão de fotos para seu cliente, a empresa sueca de colchões de luxo Hästens. Localizado em uma colina no 18º arrondissement da cidade, o bairro colorido é conhecido por suas sinuosas ruas de paralelepípedos e bistrôs. Monmartre virou um lugar de artistas, poetas, escritores – dessa gente criativa e de hábitos noturnos e boêmios. A lenda do bairro estava criada. Picasso, Van Gogh, Dalí e Renoir certamente tropeçaram muito naquelas ruas de pedras.

Monnaie de Paris
Emily in Paris o edifício Monnaie. (Foto: Carole Bethuel/Netflix)




O Monnaie de Paris é um dos edifícios mais antigos de Paris, tendo sido fundado em 864 DC, e é a casa da Casa da Moeda de Paris – uma instituição responsável pela produção de moedas de euro. No nono episódio de Emily in Paris, o exterior do Monnaie de Paris atua como palco de um desfile de moda com a presença de Emily.

Gostou da nossa matéria? Acompanhe no Pinterest e Instagram para ver mais conteúdos.

Viagem: países maravilhosos que não precisamos de visto – Parte II

Está planejando viajar para fora do país e, infelizmente, ficar pensando na burocracia que é para tirar o visto? É por isso, que fiz uma segunda parte daquele post com dicas de países no mundo que nós, brasileiros, não precisamos de visto nenhum. Pois é, aqui listei os cinco países que faz muito sucesso entre os turistas e, além do mais, são maravilhosos e tem culturas incríveis e paisagens de tirar o fôlego. Vem dar uma olhada!

  • Chile

Um país vizinho com lugares incríveis e exuberantes. Sim, estou falando do Chile. O Chile é um destino apaixonante, para ser aproveitado cada um dos momentos da viagem. Sua localização entre o Pacífico e a Cordilheiras dos Andes, garante a seus visitantes uma das viagens mais cenográficas de todo o continente. Seja para desbravar a capital, curtir a natureza ou brincar numa estação de esqui, o Chile é uma ótima alternativa. Ao norte, as terras áridas do Atacama, comparadas ao solo encontrado em Marte, contrastam com o sul gelado, como as belas cidades de colonização alemã da Região dos Lagos. Sua bela capital, Santiago, consegue encantar com um visual único, cercado por montanhas. E que tal curtir um friozinho em meio ao clima ameno da Patagônia Chilena? No Chile, isso é possível. O leque de possibilidades no país é impressionante. Outros destinos queridos estão San Pedro de Atacama, Puerto Varas, Viña del Mar, Torres del Paine. Além disso, o Chile é um país rico em cultura, ótimo para ecoturismo e amantes de vinho e que trata muito bem seus visitantes.

  • Marrocos

Viajar a Marrocos é descobrir um país de cores vibrantes, com uma cultura rica, com cidades antigas e também cidades com arquiteturas modernas, tradições milenares e lindas paisagens, o Marrocos tem a vantagem de oferecer aventura, história e exotismo bem ao alcance da mão: fica pertinho da Europa. Aliás, o país tem um pouco de tudo. Assim é o Marrocos, um destino único que atrair turistas de todo o mundo. Rabat, a capital do país, não tem um turismo tão aquecido quanto Marrakesh, a cidade mais famosa e badalada do Marrocos. Tânger, Fez, Casablanca e Essaouira são outros destinos igualmente procurados pelos turistas, seja por suas praias encantadoras ou por seu comércio atraente e barato.  O Marrocos é uma viagem que certamente atende aos sonhos daqueles que buscam o exótico.

  • França

A França irradia charme e cultura. A começar pelo seu idioma de pronúncia “chique”. Uma simples caminhada pelas ruas de Paris, sua capital e porta de entrada, já dá o tom do que a França reserva: prédios carregados de história e jardins floridos envolvem o viajante junto a aromas, a gastronomia saborosa, as artes únicas e o famoso mundo da moda. Está sempre fazendo parte da lista dos países mais visitados do mundo. A deslumbrante capital, Paris, é considerada um dos lugares mais românticos do mundo, além de todo o charme e elegância que esbanja. Bordeaux e seus vinhos reconhecidos internacionalmente merecem degustação, enquanto Nice e Cannes são uma amostra das belas praias da chamada Côte D’Azur. Ou que tal então viajar pela região de Provença e conhecer seus campos de lavanda, ou Champagne, que deu origem à famosa bebida espumante? Prepare para despertar seus sentidos e bienvenue!

  • Tailândia

Com beleza exuberante e tem ainda aquele toque extra de aventura. Conhecer a Tailândia é como abrir a cortina para um novo mundo. O segredo do sucesso do país campeão do turismo no Sudeste Asiático está no mix perfeito entre cultura, hedonismo e exotismo. Ao sul, as praias de Koh Phi Phi e Phuket, entre muitas outras, entregam de bandeja um extenso cardápio de prazeres mundanos, distribuídos em vastos trechos de areia fina e branca, cercados de cenários cuja beleza chega a ser insultante. Ao norte, este país budista expõe a sua espiritualidade à flor da pele em cidades sagradas como Ayutthaya e nos templos de Chiang Mai, que já foi sua capital (religiosa, inclusive). E também acontece um dos maiores festivais budistas, que é o Festival de Lanternas da Tailândia, é algo muito lindo!

  • Holanda

O paraíso das flores e recheado das mais famosas de todas, as belíssimas tulipas. Sim, estamos falando Reino dos Países Baixo, pois boa parte do país fica abaixo do nível do mar é também conhecida como, Holanda. Comece visitando Kinderdijk, com seus populares moinhos. A pequena Valkenburg foi escolhida muitas vezes pelos moradores da Holanda como a cidadezinha mais bonita, portanto se você quer mais romantismo e conhecer um pouco mais do país, é uma boa opção. A Holanda é um dos países com mais infraestrutura para os ciclistas. Se você gosta de andar de bicicleta vale muito a pena alugar uma e vislumbrar as paisagens de um modo diferente. Aproveite as próximas férias para conhecer as terra de Van Gogh, Rembrandt e Anne Frank.

Fontes: Viagem Turismo/Alma de Viajante.

Legal, né? Viajar, é uma das coisas mais maravilhosas. E aí, quais desses países você viajaria? Me conta nos comentários, vou amar saber!

Vamos viajar? Cinco incríveis países que falam português

Quer viajar para fora e só falar português? Não tem problema: existem diversos países que a língua oficial é a portuguesa! Incrível, né? Além, de acabar conhecendo uma cultura diferente da nossa, porém, ao mesmo tempo vê que podemos estar ligados apenas pelo idioma. Até porque, suas viagens não precisam ser apenas para um país de primeiro mundo. Existem alguns países com belezas extraordinárias, costumes diferentes e com arquiteturas incríveis, que precisam ser mais conhecidos. Pensando nisso, selecionei cinco países ao redor do mundo que falam a língua portuguesa: que deixará você com vontade de embarcar em um avião agora. Pronta para conhecer? Olha só!

  • Portugal

Para começar a lista, um dos países mais conhecidos por nós brasileiros? É isso mesmo, estou falando de Portugal. Um dos primeiros colonizadores do nosso país e que trouxe a língua portuguesa para cá. Está localizado em um dos continentes mais belos do mundo. Dos azulejos e ruas encantadoras de Lisboa, passando pelos vinhos do Porto e a gastronomia rica em Alentejo, Portugal tem atrações que nos ligam tanto quanto a língua e os laços do passado. Em Portugal, você pode conhecer arquiteturas antigas, visitar museu em Lisboa e Castelo de São Jorge.Em cidades mais baladas ou com um maior número de turistas e estudantes brasileiros e estrangeiros, como é o caso de Coimbra e Lisboa, é mais fácil compreender o português.

  • Moçambique

Seu povo recebe a todos os visitantes com uma receptividade digna de primeiro mundo. É dos países mais hospitaleiro! Moçambique tem uma parte de Brasil e outras tantas de África: um índico cristalino e safáris deslumbrantes. Tem muitas praias e florestas – além de savanas e uma riqueza cultural notável. Em Maputo, por exemplo, são quilômetro de praias branquinhas e com água cristalina. Alguns destinos favoritos pelos turistas são as ilhas de Quirimbas, Lago Niassa, Benguerra Island e outros. Um destino ótimo para enriquece mais a cultura e aproveitar muito.

  • Angola

É outro país muito conhecido por nós brasileiros, né? O turismo no país é baseado totalmente em suas belezas naturais. Conta com cartões-postais que encantam qualquer turista. Infelizmente, é um país com imenso potencial turístico que não é muito explorado. Devagar as pessoas vão descobrindo as maravilhas desse lugar. Tem as belezas naturais das praias de água morna de Benguela, pela densa e rica floresta do Maiombe em Cabinda ou pelo lendário deserto do Namibe. Também tem a estrada da Serra da Leba, uma estrada angolana tornou-se um dos cartões postais do país e atrai turistas aventureiros em busca de uma bela vista da paisagem ao redor.

  • Cabo Verde

Refugiadas em meio ao oceano Atlântico, as dez ilhas de Cabo Verde se beneficiam de uma localização geográfica privilegiada, entre os continentes Africano, Europeu e Americano. O país tem quatro aeroportos internacionais, estabelecidos nas ilhas de Santiago, Sal, Boa Vista e São Vicente, que oferecem ligações a África, América, bem como às principais cidades da Europa. Conta com diversos turistas que se encanta com a beleza natural do país. A língua oficial de Cabo Verde é o português, sendo inclusive usada na educação. Porém, além do português, outros idiomas como o crioulo cabo-verdiano ou reminiscências do português arcaico podem ser encontrados nesse lugar tão maravilhoso.

  • Macau

As línguas oficiais de Macau são o Português e o Cantonense, mas o Inglês e o Mandarim também são vulgarmente falados pela generalidade da população local e com os turistas. Pôr-se colonizado pelos portugueses por mais de 400 anos e os resquícios dessa colonização lusitana estão por todas as partes, seja pela arquitetura dos prédios históricos ao estilo europeu, nas pedras portuguesas que decoram o chão do centro da cidade e pelos nomes das ruas, todos no bom português! Porém, o “país” está investindo em uma arquitetura mais moderna. O mais interessante, é um dos lugares com maior concentração de cassinos do mundo. Além disso, desde o desenvolvimento de Macau, o governo chinês colocou um grande esforço para construir um novo Macau.

Quantos lugares dos sonhos! <3 Vai dizer que não ficou com vontade de pegar o primeiro avião?! Guardar esse post para quando você for viajar. Você já visitou algum destes lugares? Tem outros países que falam português para indicar pra gente? Conta nos comentários!

Viagem: países maravilhosos que não precisamos de visto

turismo-sem-vistoTem vontade de conhecer outro país? Mas já está pensando em toda burocracia que é para tirar o visto, certo? Só de imaginar dá um desanimo! Acho que esse não deve ser o seu grande problema para conhecer novos lugares. Siiim, isso mesmo. Nós brasileiros temos o passaporte livre para mais de 60 países, segundo Itamaraty. Pelo jeito, a tendência é aumentar a lista. Pelo andar da carruagem, vamos dominar o mundo. Hahaha! O melhor disso tudo é que viajar, é mais do que sair do seu país, é ter novas experiências, conhecer uma cultura totalmente diferente e lugares incríveis. Vejo que, não sou a única que carregar uma “Wanderlust” (desejo de viajar) no coração. Acabei selecionando seis países maravilhosos que podemos entrar sem o visto. Vamos embarcar nessa viagem?

  • África do Sul

países-que-não-precisam-de-visto-africaQue tal ir à terra do Rei Leão? África do Sul é um dos lugares que tem uma cultura, paisagens encantadoras e uma incrível vida selvagem. Como é um país rico em antiguidade, a África do Sul possui alguns dos mais antigos sítios arqueológicos e fósseis humanos do mundo. O país também é muito conhecido por seus safáris e diversidade, possuindo animais como leões, elefantes, rinocerontes e hipopótamos. A cidade do Cabo, considerada uma das capitais do país é também considerada uma das cidades mais belas do mundo.

  • Itália

países-que-não-precisam-de-visto-italiaA Itália tem tanto a oferecer, que é difícil numa só viagem conhecer tudo. Existem normalmente dois tipos de viagens à Itália que o turista costumava fazer. Uma delas é só conhecer as principais cidades, como Roma, Veneza, Milão e Nápoles, por exemplo. A outra é escolher um roteiro para percorrer o norte, o centro ou o sul do país. A Itália é um dos principais destinos turísticos do mundo, com uma das culturas mais ricas do planeta! Sem exagerar, a Itália pode ser descrita como um museu a céu aberto! Alguns dos mais famosos monumentos do mundo são encontrados lá, como o Duomo de Milão, a Torre de Pisa, o Coliseu, a Fontana di Trevi e o Panteão de Roma, assim como a Basílica de São Pedro e todo o Vaticano. Se fossemos perguntar sobre razões para ir a Itália todos concordariam na comida, paisagens pitorescas, moda e – é claro – história e arte!

  • Argentina

países-que-não-precisam-de-visto-argentinaTambém temos a nossa famosa vizinha, que é Argentina e para o pessoal do sul, é logo ali. E também tem cenários exuberantes e incríveis e tudo em apenas um país. O seu roteiro pode começar pelas ruas de Buenos Aires. Depois, siga para as vinícolas (e montanhas) de Mendoza, para a neve de Bariloche e para os cenários espetaculares da Patagônia e da Terra do Fogo. E a Argentina ainda tem mais: tem o norte, desértico, andino, fantástico. Separe um tempo para conhecer as maravilhas de Salta e Jujuy – garanto que você vai querer voltar lá. Percebeu como nossos hermanos têm um dos países mais incríveis do mundo? Por tudo isso, viajar para a Argentina é sempre uma nova descoberta, não importa quantas vezes você já tenha pisado lá. Não importa se você já até conhece cada esquina de Buenos Aires.

  • México

países-que-não-precisam-de-visto-mexicoVamos viajar ao México? Com certeza, esse é um dos países com diversos lugares para conhecer. Localizado na América do Norte, o México é um ótimo destino para quem quer se aventurar. Lá você pode ir às ruínas Maia de Palenque, Uxmal e Chitzén Itza, e também fazer uma visitinha às pirâmides de Teotihuacán, a colonial cidade de San Cristobal de Las Casas, em Chiapas. Depois fazer um passeio nas maravilhosas praias da Riviera Maya – na Tulum e também conhecer Playa del Carmen, Cancún. Visitar a belíssima cidade pitoresca Guanajuato… e a lista de motivos para viajar ao México não tem fim. Que graça teria de conhecer o México é não ir à famosa Cidade do México? Nenhuma né? A lista de motivos para viajar para o país não tem fim.

  • Romênia

países-que-não-precisam-de-visto-romeniaDizem que quando você viajar pela primeira vez para a Romênia, sempre voltará para visitá-la. É o lema do turismo do País. A Romênia é um país totalmente turístico, ainda mais para quem gostar de história e de antiguidade – já que podemos encontrar tantos castelos medievais. Esses castelos atraem muitos turistas durante todo o ano. O castelo mais visitado é o Bran, segundo a tradição, viveram o Conde Drácula e Elisabeth Bathory. Ficar na famosa cidade Transilvânia, que também tem paisagens de montanhas incríveis e casinhas coloridas adoráveis. Além da capital, Bucareste que é bem animada e bonita!

  • Nova Zelândia

países-que-não-precisam-de-visto-nova-zelandiaA Nova Zelândia é perfeita para os mochileiros. As paisagens são exuberantes, possuindo montanhas verdes, florestas de pinheiros, lagos multicoloridos, vulcões ativos, gêiseres e formações geológicas inusitadas.  Considerado o paraíso para os aventureiros e amantes de esportes radicais. A quem diga que quando Deus criou o mundo, ele caprichou na Nova Zelândia, concordo plenamente, mas quando fez Queenstown, ele se superou! Dos três lagos, o lago Tekapo na Ilha Sul da Nova Zelândia, é o mais belo. Entre novembro e fevereiro, as margens transformam-se em um grande jardim colorido. É uma jornada muito divertida e você pode fazê-la. Nova Zelândia é um dos destinos excursionistas mais sedutores e completos da face da Terra.

Terminei o post morrendo de vontade de viajar. Adeus, estou indo tirar o meu passaporte e arrumar as malas! Au revoir… Estou pensando em fazer uma série de post e colocar todos os países que  nós brasileiros não precisamos do visto, o que vocês acham? Então conta tudo pra gente nos comentários!