Emily em Paris: o retorno dos looks icônicos da Emily Cooper na 2ª temporada

Lily Collins na segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

A segunda temporada de ‘Emily In Paris’ foi lançada na Netflix, e, como já esperávamos, os looks usados por Emily Cooper (Lily Collins) são extravagantes do que nunca e belíssimos. A figurinista da série, Marylin Fitoussi, nos deu muito com que trabalhar para a 2ª temporada – incluindo peças vintage, fast fashion e marcas de luxo surgem em um mix interessante, que podemos mergulhar no guarda-roupa de Emily Cooper. Então, vamos começar? Veja só, os melhores looks que foram usados na segunda temporada.

LOOK 1
Emily Cooper
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

No início da 2ª temporada, fica imediatamente claro que Emily Cooper não perdeu nada de sua afinidade por cores. Caso em questão: um traje verde e rosa vívido que ela usa no episódio 1. Por sua vez, Camille ganhou um guarda-roupa um pouco mais vanguardista nesta temporada, como demonstrado por esta jaqueta Balmain superdimensionada com calças pretas de perna larga. É o tipo de roupa que uma francesa de verdade poderia usar: minimalista e monocromática, mas estilizada com um toque irônico.

Emily Cooper
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

“Não mudamos [Emily] de repente”, diz Fitoussi. “[Ela não] desistiu e se tornou uma garota francesa chata com um blazer azul marinho, uma camiseta branca, um par de jeans e tênis. Eu sei que você pode encontrar isso em todos os sites, você sabe: ‘Como se vestir como um parisiense’. Não sou estilista. Não estou fazendo moda. Sou uma figurinista e precisava criar personagens fortes para chamar a atenção de um público jovem.”



LOOK 2
Emily Cooper
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Depois de ser abandonada (com razão?) por Mathieu antes de chegar a Saint-Tropez, Emily está compreensivelmente um pouco desgrenhada – mas você nunca saberia com base em seu conjunto. Ela despreocupadamente sai do trem em um vestido Courrèges e um casaco vintage deslumbrante. Além disso, ela está usando óculos escuros Valentino, sapatos de salto Melissa, luvas Maison Fabre e um lenço vintage. É muito glamoroso de Hollywood (o que é irônico, considerando que ela está de férias na Riviera Francesa).


LOOK 3
Emily Cooper
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Depois de aceitar o fato de que este está se transformando em um fim de semana para meninas, Emily se dá um pequeno momento solo – ostras e selfies (que obviamente se tornam virais) incluídos – usando um vestido patchwork Dolce & Gabbana. O look é finalizado com uma bolsa Louboutin maximalista e um chapéu balde Marimekko.

LOOK 4
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Assim que as garotas chegam, Emily veste um vestido lilás Magali Pascal glamour, perfeito para um dia ao sol. Ela complementa com alguns saltos arco-íris Terry Dehavilland, uma bolsa Carel France (ooh lá lá) e lindos óculos de sol Miu Miu.


LOOK 5
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Emily comemora seu aniversário com seu primeiro jantar francês no terceiro episódio. Como anfitriã das festividades, ela pega o vestido Natalie do estilista dinamarquês Rotate Birger Christensen, que apresenta um laço rosa enorme na frente. Para um aniversário, é perfeito. E quando Emily corre atrás de Camille no meio da refeição, ela cobre os ombros com um lindo quimono verde desenhado por Rianna + Nina.



LOOK 6
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Devolver a frigideira de omelete que sua mesinha de noite lhe deu, confrontar seu melhor amigo francês e passar por uma aula difícil – tudo isso em um dia de trabalho. Pelo menos em tem uma mistura de estilista e moda acessível para mantê-la sempre nítida – incluindo um conjunto de patchwork Dolce & Gabbana e um blazer xadrez da Zara.


LOOK 7
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)




Mais tarde, nossa estrela sai para uma aula improvisada de culinária com Gabriel e faz compras com uma colega do curso de francês  – usando um vestido Mary Katrantzou sob uma jaqueta Vassilis Zoulias de cair o queixo. Ela termina o look com uma bolsa cravejada da Zara (identificável!), Botas de couro Skorpios, luvas amarelas brilhantes e um chapéu xadrez, digno de feed do Instagram.


LOOK 8
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Enquanto Emily hesitantemente faz um pacto com Camille de que nenhum dos dois jamais sairá com Gabriel (!), Ela veste um atraente top xadrez neon da Zara combinado com um blazer amarelo ousado e uma minissaia colorida e glamourosa.


LOOK 9
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Na festa temática de Baton Rouge para Chopard no episódio cinco, Emily rouba a cena com o vestido de comprimento médio com estampa de coração, que foi criado por Anouki, um estilista da Geórgia. De acordo com a Vanity Fair, Field considerou remover as mangas bufantes destacáveis ​​para que o casaco de Emily caísse sobre o vestido, mas Fitoussi resolveu o problema desenhando e criando o sobretudo vermelho que ela usa em apenas dois dias.



LOOK 10
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Mais tarde, enquanto resolvia problemas ~leves~ no escritório, Emily veste o que está rapidamente se tornando uma das minhas roupas favoritas: um top listrado simples, saia coração Valentino e um blazer Barrie. É uma de suas aparências mais simples, mas ainda assim tem um impacto.


LOOK 11
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

A temperatura está quente e as roupas estão mais quentes no episódio 7. Além disso, o romance está aumentando entre Emily e Alfie. Em uma de suas várias saídas, Emily usa esta saia de tweed Balmain, top vermelho com babados e bolsa Roger Vivier. É um visual surpreendentemente simples para a frequentemente exagerada Emily, mas com aquele toque extra de escarlate, é o suficiente para chamar a atenção de Alfie.



LOOK 12
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Os franceses realmente sabem misturar trabalho com prazer – como prova a viagem aos castelos da família de Camille. E, claro, Emily usa a viagem como uma oportunidade para se vestir com um vestido com cinto e um blazer de coordenação. Completada com alguns óculos de sol enormes e sua clássica capa de celular com câmera, ela está pronta para o que quer que seja a visita.


LOOK 13
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

O episódio 9 começa com um conjunto clássico de Emily Cooper: um macacão vintage, jaqueta xadrez de manga curta, boina (obvi), bolsa de ombro Prada e luvas sem dedos (um acessório icônico). É uma homenagem a Emily em Paris 1ª temporada, você não acha?



LOOK 14
Emily Cooper
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Quando sua chefe Madeline chega de Chicago, Emily se veste para impressionar. Vestindo um adorável suéter Maje, saia vermelha abotoada e colete Zara e com um cinto Valentino e um colar de pérolas volumoso.


LOOK 15
Emily Cooper
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

Enquanto comparecia a um desfile de moda em Versalhes, Emily Cooper usa um vestido lindo e exagerado da H&M x Giambattista Valli. Este é talvez o ajuste mais realista para ela, considerando que a colaboração era uma forma acessível de designer de loja. Na verdade, o vestido foi vendido por $399 quando foi originalmente lançado em 2019.


Emily Cooper
Cena da segunda temporada de Emily em Paris (Carole Bethuel/Netflix)

E para fechar com chave de ouro… e, claro, esse penteado cheio de presilhas brilhantes para completar o glamour do vestido de tule vermelho? Feminino, delicado e exuberante, né?

Gostou da nossa matéria? Acompanhe no Pinterest Instagram para ver mais conteúdos.

Isso pode interessar a você

8 livros que se passam na época do Natal que você vai ama

livros de Natal
Livros que se passam na época do Natal (Foto/Reprodução Ylanite Koppens)

Além da enorme lista de filmes baseados em histórias de Natal, temos também diversos livros que que se passam nesta época – alguns já viram filmes e séries. Portanto, reunimos 8 obras para quem já quer entrar no clima natalino. Tem romances, contos, suspenses e muito mais. Quem sabe você não fica interessada também? Confere só!

Leia também: 16 livros românticos para você ler e amar

Um dia em dezembro, por Josie Silver | Clique aqui para comprar

Duas pessoas. Dez chances. Um dia em dezembro é uma história de amor inesquecível, comovente e emocionante. Londres, um dia em dezembro de 2008. É quase véspera de Natal e Laurie não vê a hora de aproveitar o feriado para dar um tempo da sua rotina sem graça. Nada em sua vida parece estar dando muito certo: ela ainda não encontrou o emprego nem o namorado dos sonhos. Perdida em seus devaneios, ela pega um ônibus para casa. Está nevando e o ônibus de dois andares em que viaja parece se arrastar até o apartamento que divide com a esfuziante Sarah, a melhor amiga desde a faculdade. Até que, em uma parada, Laurie vê um homem sentado, lendo um livro, e imediatamente é inundada pela certeza de que ele é o amor da sua vida. Seus olhos se encontram e, por um segundo, não existe mais nada no mundo… e então o ônibus segue viagem. Certa de que eles estão predestinados a se encontrar novamente, Laurie, com a ajuda de Sarah, passa quase um ano procurando por ele em cafés, bares e pontos de ônibus pela cidade. Laurie começa a achar que nunca mais verá o garoto do ônibus, até que Sarah apresenta seu novo namorado, por quem ela está perdidamente apaixonada. Ele se chama Jack e ele é o cara do ônibus. Determinada a esquecê-lo, Laurie segue com sua vida. Mas e se o destino tiver outros planos? Em Um dia em dezembro, vamos acompanhar os encontros e desencontros de Laurie, Jack e Sarah em dez anos de amizade, corações partidos, escolhas, oportunidades desperdiçadas e reviravoltas do destino. Uma história de amor que nos faz lembrar que o destino, às vezes, escolhe caminhos tortuosos em sua rota para a felicidade.


Como o Grinch roubou o Natal, por Dr. Seuss | Clique aqui para comprar

O Grinch é uma criatura verde e peluda que detesta o Natal com todas as forças. Ele não suporta a felicidade dos Quem com suas festanças e banquetes, e resolve acabar com a festa de uma vez por todas. Mas talvez o Grinch perceba que o verdadeiro significado do Natal vai muito além de comemorações e presentes. Esta história reconfortante sobre o espírito do Natal é capaz de conquistar até o mais frio e menor dos corações. Grinch já é um personagem clássico do Natal, e sua história é um presente perfeito para todas as idades.


O caderninho de desafios de Dash & Lily, por David Levithan e Rachel Cohn | Clique aqui para comprar

Todo dia Lily sente que chegou a hora de se apaixonar. Para achar sua cara-metade, ela vai contar com a ajuda do irmão, que ajuda a garota a criar uma série de tarefas num caderno vermelho. Quem o encontrar, em meio às prateleiras da mais caótica livraria de Manhattan, deve aceitar ou não seu desafio. Dash, um lobo solitário, encontra o moleskine em sua livraria predileta, e os dois ousam trocar sonhos, desafios e desejos nas páginas do caderninho que será achado e perdido sucessivamente nos mais diferentes locais da cidade.


Sete dias juntos, por Francesca Hornak | Clique aqui para comprar

Não existem segredos para uma família em quarentena. Uma semana é muito tempo para passar com a família… A família Birch irá se reunir em Weyfield Hall, para o Natal, pela primeira vez em muitos anos. Emma está eufórica com a chegada da filha mais velha, Olivia, mesmo sabendo que o único motivo para o seu regresso é a quarentena à qual deverá se submeter após ter sido voluntária no tratamento de uma epidemia devastadora na África. Enquanto Emma se esforça para parecer tranquila e para agradar a filha recém-chegada, seu marido, Andrew, jornalista e renomado crítico de restaurantes, passa os dias isolado em seu escritório, revirando o passado e revivendo seus dias de glória como um correspondente de guerra. Phoebe, a filha mais nova, vive em um mundo frívolo que gira somente ao seu redor, e durante a quarentena se dedica de forma obsessiva à organização de sua cerimônia de casamento, para o desgosto de Olivia que tenta superar o choque cultural causado pelo contraste entre os luxos da vida de sua família e as mazelas de um país subdesenvolvido. Pelos próximos sete dias ninguém poderá entrar nem sair da casa. Isolados do mundo e presos à companhia indesejada uns dos outros, uma semana pode se tornar uma eternidade para os Birch. Especialmente quando todos têm segredos a esconder. Um deles prestes a bater à porta.


O natal de Poirot, por Agatha Christie | Clique aqui para comprar

Simeon, o patriarca dos Lee, resolve convidar todos os filhos para comemorar o Natal na luxuosa mansão da família. É hora de eles deixarem os ressentimentos de lado e visitarem o velho pai. Mas aparentemente as intenções de Simeon não são nobres. Ele quer se divertir às custas do ganancioso grupo de familiares. Tudo começa com algumas alterações em seu testamento… e termina com um assassinato, em um quarto trancado por dentro. Quando Hercule Poirot oferece ajuda para solucionar o caso, encontra uma atmosfera não de luto, mas de suspeitas mútuas.


O Presente do Meu Grande Amor, por Stephanie Perkins | Clique aqui para comprar

Se você gosta do clima de fim de ano e tudo o que ele envolve – presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite –, vai se apaixonar por O presente do meu grande amor. Nas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, há um pouco de tudo, não importa que você comemore o Natal, o ano-novo, o Chanucá ou o solstício de inverno.


Antes que as luzes se apaguem, por Jay Asher | Clique aqui para comprar

Por que colocar meu coração em algo que o destino simplesmente vai separar na manhã de Natal? Sierra e sua família vivem duas vidas: uma no Oregon e outra na Califórnia, durante as festas de fim de ano. Eles são donos de uma fazenda de árvores de Natal, mas este pode ser o último ano de Sierra na Califórnia com Heather, uma de suas melhores amigas. As coisas parecem sair de controle quando Caleb, dono de um belo sorriso acompanhado de uma covinha, surge em busca de uma árvore. O que deveria ser apenas um “romance de Natal”, torna-se algo muito mais profundo. Apesar de sua aparência, os boatos que rondam Caleb sobre seu passado não são tão belos – e muito menos confiáveis –, fazendo com que Sierra precise tomar decisões sobre em quem ela deve confiar e até mesmo confrontar seus pais. Mesmo com tudo conspirando para que as luzes do último Natal de Sierra na Califórnia se apaguem, Caleb e ela aprenderão como contornar todas as situações. Uma bela história sobre amor e perdão.


Deixe a neve cair, por John Green | Clique aqui para comprar

Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem, mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor. Surpreendente magia do Natal nestes três hilários e encantadores contos de amor, interligados, com direito a romances, aventuras e beijos de tirar o fôlego. Quando o trem que deveria levar Jubileu para a Flórida atola na neve, ela decide se aventurar do lado de fora. Por sorte, encontra uma lanchonete aberta: a Waffle House, onde conhece Stuart, um rapaz que ainda não se recuperou totalmente de um coração partido. Enquanto isso, Tobin e seus amigos, JP e Duke, estão curtindo a véspera de Natal escondidos em casa, assistindo a uma maratona de James Bond. Mas, apesar da nevasca, os três decidem enfrentar a noite fria e seguem para a Waffle House da cidade – ou assim eles pensam… Já a vida de Addie parece miserável desde o término do seu namoro. Agora, um dia depois do Natal, ela precisa provar que não é egoísta – e vai fazer de tudo para cumprir uma promessa, mesmo que isso signifique enfrentar o passado. Os jovens desses contos têm mais em comum do que apenas a nevasca que isola a cidade. E como nada acontece do jeito que eles haviam planejado, resta a pergunta: será que a magia do Natal vai presenteá-los com o milagre que eles tanto desejam?

Presilhas de borboletas: o acessório queridinho do momento

presilhas de borboletas
Presilhas de borboletas (Foto: Reprodução/We Heart It)

É muito louco perceber isso, mas você já parou para pensar que a estética dos anos 90/2000 já é considerada antiga? A sensação é que 2002 foi ontem, mas foi há quase 20 anos! E enfim, você deve ter reparado que as presilhas de borboletas voltaram a ser tendência, né? Coloridas, intrigantes e símbolo de beleza, elas refletem o estilo divertido, alto-astral e cheio de elementos diferentes que as gerações mais novas se inspiram. O acessório nostálgico e super cheio de possibilidades para quem gosta de um visual mais divertido e com toque marcante – com um estilo Kidcore que a gente ama! Desde já, pode usá-los para incrementar seus penteados ou finalizar algum visual mais simples. Na galeria abaixo, mesclamos algumas inspirações!

Leia também: Estilo anos 2000: Porque estamos tão obcecados pela moda Y2K?

Diversas presilhas de borboletas

As presilhas de borboleta estão com o visual repaginado. Os modelos de plástico ainda estão sendo usados para os looks do dia a dia. Para começar, você pode usar o cabelo solto e as presilhas espalhadas pela cabeça e por todo o comprimento dos fios! Ideal para turbinar suas produções de um jeito mais fun. Além disso, você pode colocá-las no início do fio ou espalhar várias por todo o comprimento. Dica é usar a criatividade para estilizar as presilhas de borboleta. Aposte sem medo!


Presilhas em penteados

Qualquer penteado fica muito mais rico quando enfeitado com presilhas. Elas não só trazem mais complexidade ao look, como ajudam personalizar ainda mais seu visual dentro do seu estilo, seja ele qual for – romântico, fofo, elegante, divertido, clássico, despojado… O que não falta são opções! E o legal é que elas enfeitam o cabelo ao mesmo tempo em que ajudam a prender algumas mechas modelando o penteado.

Presilhas de modelos diferentes

Modelos mais elaborados e metalizados – como o usado pela cantora Dua Lipa – podem se tornar a aposta para quem deseja incorporar a tendência em uma versão um pouco mais sóbria. Esse modelo de presilhas são perfeitos para qualquer tipo de penteados e também eventos! Ou as mais coloridas, por exemplo, como foi usado pela cantora Lizzo – esses modelos de presilhas de borboletas deixam um efeito bem romântico nos cabelos e podem compor um arranjo com algumas flores naturais. Uma sugestão é usar o acessório de forma pontual, em coques, tranças ou até mesmo com os fios soltos. Os prendedores de borboleta deixam um efeito bem romântico nos cabelos.

Isso pode interessar a você

Estilo anos 2000: Porque estamos tão obcecados pela moda Y2K?

Estilo anos 2000 (Foto/Reprodução: Garotas Malvadas)

Na moda, muitas vezes você precisa olhar para trás para ver as tendências do futuro! Ainda mais, que o estilo dos anos 2000 é a sensação do momento, graças à Geração Z, que decidiu reviver as tendências a  e tornando-se impossível de ignorar! Provavelmente, você vem vendo nas redes sociais, principalmente, no TikTok – uma das maiores tendência da temporada, o Y2K – que já acumula mais de 3 bilhões de visualizações nos últimos meses. Trazendo conteúdos nostálgicos e um revival das tendências que fizeram parte da nossa infância e juventude que colaboraram com o mundo da moda. Afinal, você sabe o que essa sigla significa, Y2K?

Leia mais: Cordinha de miçangas para celular é uma tendência nostálgica


QUAL O SIGNIFICADO A SIGLA Y2K?

Nos anos 90’s para os anos 2000, surgiram boatos que uma pane afetaria todos os sistemas da tecnologia – que ficou conhecido como “bug do milênio” – causando histeria ao mundo porque era a virada do século e o início de uma nova era tecnológica. O erro foi que os computadores não registraram o ano 2000, ficariam apenas em 1990, por isso se acreditava que o mundo entraria em colapso porque seria como estar parado no tempo. Com isso, acabou surgindo essa famosa sigla Y2K, nada mais é que year (2000) ou, em português, a estética  significa Y (year/ano) 2 (dois) K (mil). E na moda, esse momento histórico também acabou causando grandes mudanças.


Y2K NA MODA?

A estética Y2K, trouxe uma explosão de novas cores, cortes e materiais diferentes – por exemplo, como cores vibrantes, furta-cor e tons pastel. Além disso, o estilo é super futurista com tecidos holográficos e brilhos extravagantes. E também com decotes sensuais, cintura baixa e barriga de fora. Ou seja, é como se todos os estilos das décadas passadas fossem apenas um aquecimento para o que hoje – conhecemos como, moda dos anos 2000.


A ESTÉTICA COM AS REFERÊNCIAS Y2K

Por isso, na hora de buscar referências sobre o segmento da moda, nada melhor do quê a cultura pop da época. Desde os looks Britney Spears, Paris Hilton, Christina Aguilera, Halle Berry e também outras personalidades e artistas dessa geração, como Destiny’s Child (Beyoncé), Hillary Duff, Mariah Carey, Jennifer Lopez e também foram as maiores precursoras e liderando as tendências de moda da época. Das telinhas também há referências eternizadas pelo filme Meninas Malvadas, Legalmente Loira e Matrix, inspiraram Hollywood e também o público em termos de estilo. As bonecas Bratz, uma obsessão na época, são uma grande inspiração para este look, já que estão sempre glamorosas e vestidas com tons de rosa e roxo. Dessa forma, impactou diretamente na popularização dessa tendência.


AS CELEBRIDADES QUE APOSTAM NA TENDÊNCIA

Atualmente, nomes como Dua Lipa, Kylie Jenner, Bella Hadid, Ariana Grande, Olivia Rodrigo, Hailey Bieber e a brasileira Bruna Marquezine, Luisa Sonza, Maísa Silva, são as maiores referências para ficar de olho. Em meio ao contexto da afeição de elementos nostálgicos e, portanto, elas estão apostando muito nas tendências dos anos 2000. Para ter uma ideia, tem algumas famosas estão até mesmo recriando os looks icônicos, que foram usados por outras famosas no começo dos anos 00’s. Como Ariana Grande, que um vestido idêntico ao do filme “De Repente 30” e também temos a Luisa Sonza, com um look inspirado na Christina Aguilera.





A ESTÉTICA Y2K ATUALEMENTE

A tendência não se limitou apenas nas passarelas ou em looks das famosas. Então agora, acabou ganhando o street style das fashionistas de plantão e fazendo muito sucesso em suas produções. Apostando nas peças-chaves que são as favoritas do retorno da estética Y2K, como por exemplo, calças de cintura baixa, calça jeans larga, roupas brilhantes, com recortes sexy, mini saia, calça cargo, estampas de borboletas, conjuntos de veludos, logomania e tops de amarrar. Assim como, podemos ver também roupas brilhantes, transparentes, vestidos de bandagem, estampas de borboletas e jeans com jeans – entre outras peças que brilharam na estéticas dos anos 2000. Confira, alguns dos looks selecionados!

Isso pode interessar a você

Unhas de Halloween: inspirações que você vai querer usar o ano todo

Unhas para o Halloween (Foto: Reprodução/Instagram @overglowedit)

Se você é fã de festas temáticas, é provável que já esteja ansiosa para a chegada do Halloween! Ainda mais, acredite se quiser, é no dia 31 de outubro, que já está aí! A festa mais assustadora do ano é a desculpa perfeita para mergulhar em produções temáticas. Ou seja, nada melhor do que apostar em uma nail arts temáticas para essa data. Pensando nisso, selecionei diversas inspirações fascinantes para aproveitar e apostar nas unhas de Halloween, que, com uma variação ou outra, podem ser usadas durante o ano inteiro. Olha só:

Leia mais: Make de Halloween: inspirações para todos os gostos


Nail art de fantasmas

Desde já, notou que o elemento da vez é o fantasminha. Delicada e fofa, a inspiração de nail art é perfeita para as mais discretas ou quem quer aproveitar a data temática, mas não curte desenhos muito elaborados. A ideia é, basicamente, desenhar uma silhueta orgânica (que não precisa ser perfeita!) e completar com olhinhos em preto. Vale apostar no clássico, em branco, ou variar os tons de esmalte, principalmente, fantasminhas coloridos.


Nail art delicadas

Tem um pouco de tudo, tá? Nas unhas, desenhos de fantasmas, teias de aranha, gato preto (para dá sorte!), abóbora, morcegos e até mesmo gotas de sangue – de uma forma mais criativa, com cores claras ou coloridas. Então, para quem curte propostas mais literais, unhas com estrelinhas e desenhos das fases da lua, para as místicas de plantão! Com designs que brincam com o contraste de cores, estilos e brilhos!


Nail art extravagantes

Esteja você em busca de uma unha extravagante, com tonalidades ousadas e designs criativos e chamativos ou até mesmo versões mais minimalistas, nos quais o lado assustador do dia das bruxas se torna apenas um detalhe cool na produção. Ainda mais, que trazem uma atmosfera assustadora, muito além do visual de arrepiar, acredite, pode trazer até mesmo um toque divertido e jovial e também ideias mais clássicas, menos ousadas, que reúnem muito glitter, tons de cinza, laranja, preto e roxo, em inspirações diversas.


Nail art de personagens