Ele tinha um sorriso tímido

texto291Ele costumava sorrir com o olhar, parecia que não queria que descobrisse o seu verdadeiro  eu, ele era tímido, não sorria muito, nem quando algum dos seus amigos contavam alguma piada, e quando sorria apenas um sorriso de lado, bem discreto. Passava sempre a maior parte do tempo apenas ouvindo e observando cada detalhe. Eu gostava disso, gostava desse mistério de ficar imaginando no que ele poderia estar pensando, o que podia estar se passando pela sua cabeça.

Sempre que olhava em sua direção ele estava me olhando, mas com o jeito dele, e ele acabava disfarçando, olhava para o chão e sorria, – se ele soubesse como ficar lindo quando sorrir. Mas eu sabia que ele estava me observando, ele não é tão discreto para observar ás pessoas, como é pra sorrir.

Ás vezes que eu passava por perto dele, ele fingia que não me via, mas eu sabia que ele estava me olhando, mas do que eu o observava. Sempre ele olhava para os lados, ou para qualquer pessoa que estivesse passando, mas nunca me encarava. E quando nós encontramos sozinhos pelo corredor  os nossos olhos se fixava um no outro, ele tentava disfarça olhando para chão, mas quando eu e virava para olhar para trás ele estava me observando, e ele acabava fingindo como sempre, olhando para outra direção.

E várias vezes eu flagrava ele me olhando, mas não era sempre que ele disfarçava ás vezes eu acabava ficando com vergonha, e olhava para os lados. E quando revirava em sua direção, os nossos olhos acabava se fixando de novo, ele sorria um sorriso bem discreto e desviava o olhar. Aquele sorriso queria dizer algo, algo que eu nunca saberei, mas talvez bem lá no fundo eu saiba, mas queria apenas fica imaginando, o que poderia ser aquele sorriso tímido?