Inspiração: quer começar um bullet journal e não sabe como?

Nós últimos anos, uma técnica conhecida como “bullet journaling” ficou extremamente popular na internet. Mas o que é? Trata-se de um sistema de organização de agendas criado pelo designer Ryder Carrol, no qual, por meio de várias etapas, as pessoas conseguem “acompanhar o passado, organizar o presente e planejar o futuro”. Os bullet journals, no entanto, não é uma técnica fácil ou intuitiva, ainda assim foi adotada por milhares de pessoas – é só buscar o termo “buJo ou bullet journal” no Pinterest, no Tumblr, no We Heart It e também no Instagram para encontrar diversas imagens maravilhosas de pessoas que organizam suas vidas com o esse método. Ao usar esse sistema, é possível colocar vários tópicos de toda a sua vida em um só lugar, ajudar a priorizar as tarefas e estar sempre de olho naquele caderninho, assim, não se esquecer do que precisa fazer.

  • Mas como fazer um bullet journal?

O primeiro passo é criar um índice no início da agenda. Em seguida, enumere as páginas e coloque o que cada uma corresponde. Por exemplo: iniciar novas atividades na página 2, resoluções do dia a dia na página 8 e por ai vai. Ao acrescentar uma espécie de menu no seu caderno, você não precisa ficar procurando em qual página está. E em seguida, nas primeiras páginas após o índice, faça um mini-calendário dos próximos meses do ano, ao lado dos quais, pode anotar os principais acontecimentos daqueles dias: aniversários, pagamento, consultas médicas, contas a ser pagas e entre outras coisas. Depois, você pode dedicar à próxima pagina a um calendário mensal. Dessa forma poderá visualizar o mês por inteiro e ter uma noção do que cada dia te reserva.

Você pode mapear também sua lista de tarefas da semana ou do dia, como preferir. Lembrando que o objetivo é fazer o que é mais prático e que condiz com a sua rotina. A melhor dica é você priorizar suas tarefas mensais, usando símbolos para indicar quais devem ser feitas nos próximos meses, quais devem esperar um tempo e quais devem ser riscadas.

  • O que devo colocar no meu bullet journal?

Faça uma lista Coloque tudo que você sempre quis fazer, mas nunca deu tempo ou deixou para depois. Até por que, não precisar ter limites, escreva tudo que desejar como se exercitar mais, conhece pessoas novas, mudar alimentação, viajar para Machu Picchu, não importam quais são os seus desejos, o céu é o limite. Determine prioridade Mesmo a lista sendo imensa, porém tudo precisa ser colocado em ordem de suas maiores prioridades. Coloque prazos Agora você precisa ter prazos para colocar as coisas em prática. Determine coisas de curto, médio e longo prazo, mas não se esqueça colocar datas para as coisas acontecerem. Plano de ação – Agora para cada uma das ideias tem que rolar um planejamento. Ou o que tô chamando de um plano de ação, por exemplo: Se você vai comprar algo, quanto você precisa juntar de dinheiro? Onde você aplicar seu dinheiro? e por aí vai…

  • O que mais posso fazer no meu bullet journal?

Tudo que você quiser. É bem legal, você separar uma página para marcar livros que você quer ler ainda esse ano, filmes que pretende assistir e também seriados que pretende vê. Também dever fazer um “gratitude log ou log da gratidão” é uma das ideias para buJo mais famosas na internet, uma página para anotar diariamente, coisas pelas quais você é grata. É uma forma de colocar as coisas em perspectiva e perceber que sempre existe um motivo para agradecer. Cuide da saúde metal: Separe uma página para anotar o que você sente ou para desabafar. Mas lembre-se em deixar um espaço limitado para escrever – até desabafar tem um limite saudável, negatividade demais é como um bumerangue, vai e volta. Você encontrar ainda mais dicas sobre esse tópico “como monitorar sua saúde mental“, no BuzzFeed. E por último, não tão menos importante, guarde dinheiro, ideias para bullet journal que envolvem dinheiro são muitas, uma forma simples de ajudar você a começar uma poupança e guardar ainda mais o seu dinheiro, anotando em seu caderno é uma forma mais fácil de ir em direção a meta que você tanto desejar. 

  • Qual a melhor forma de organizar o meu bullet journal 

Não importa que ele tenha uma página bonitinha ou não, afinal a coisa mais importante é fazer um bujo que funcione para você. Sempre tenha em mente isso.

Você pode começar organizado por cores, não só por razões estéticas, mas é um dos jeitos mais fácil de lista todos os tópicos e também para encontrar. Separar os dias da semana. É o mais comum e mais usado. Separar os períodos do dia. Você pode selecionar três cores de marcador e usar para destacar as coisas a fazer de manhã, a tarde e a noite. Separar coisas mais importantes. Etiqueta por cores para tarefas de prioridade alta, média e baixa. E se por acaso, você não gosta de canetas coloridas, mas ainda assim quer colocar um pouco mais de cor no seu bullet journal, pode fazer o uso de post-its ou ainda washi tape, fitas no estilo durex que são de um material mais resistentes, coloridos e com desenhos. A dica mais legal é que você não precisa usar cor nenhuma se não quiser.

Existem quem prefere apenas canetas pretas ou azul e até mesmo lápis e tudo bem. Faça o que é melhor para você, ok? Aliás, a quem prefere fazer desenhos, acabar dando uma graça extra para as tarefas diárias, mas é algo bem opcional.

Quanta coisa, né? Olhando assim parece ser bem complicado, né? Porém, quando você colocar na prática é algo bastante fácil e divertido para fazer. Se você quer começar o seu bullet journal, dê uma olhada nesses link do BuzzFeed: 1 e 2. Vai acabar te ajudando ainda mais. Mas como ressalta Levitin, não existe um método que funcione para todo mundo. O que a ciência comprova que funciona é externalizar seus pensamentos, anseios e objetivos de alguma forma, como isso será feito cabe a você.

E aí, me conta nos comentários: você já tem um caderninho assim? Ou está pretendendo começar um, assim como eu? Vamos juntas criar um bujo tão legal e divertido.