Eu não sou a garota dos seus sonhos

Eu poderia ter fingido ser a garota dos seus sonhos. Aquela que toda vez que você pensar vem um sorriso bobo no rosto. Aquela que transmite tranquilidade e uma paz em sua vida. Que faz você se sentir como se estivesse no paraíso. Aquela que inspirar textos, descrever músicas e que rimar poemas. Aquela que sua mãe se orgulharia em ter como nora. Ou aquela que apreenderia fazer a sua comida favorita pra te agradar. E que se esforçaria para se dar bem com seus amigos. E até acompanharia você em todas as baladas e, até mesmo, não se descontrolaria de ciúmes. E até nos domingos sem graça. Eu teria fingido gosta de assistir futebol – só para te a sua companhia. Mesmo detestando tudo isso. Eu poderia ter fingido…

É que eu não posso satisfazer as suas expectativas. Um dia a máscara iria cair. E eu não conseguiria fingir ser o que não sou. Sabe? Com esse temperamento difícil de lidar. Cheia de inseguranças e com muitos medos. E que lutar constantemente contra ansiedade. Seria como uma verdadeira avalanche em sua vida. Uma grande bomba relógio, que se não souber manusear, podendo, até explodir em suas mãos. Porque você é sólido e eu sou líquido, e agora, você buscar calmaria em meio à tempestade.

Seguindo a lei de Coulomb, os opostos se atraem – se até mesmo as leis da física comprovam isso, não tem como prova ao contrário. Entende? Não adianta tentar encontrar alguém que seja igual a você, no final de tudo, os iguais se repelem. Se por acaso, encontrar quem supra as suas expectativas, é meu bem, você perdeu a chance de embarcar em uma viagem alucinante. Que seria algo inesquecível em sua vida. Por isso, posso não ser a garota dos seus sonhos. Porque no fundo, você sabe, como eu também sei: que sou a única que pode te fazer feliz. E aí, você quer ser feliz?

Carta para minha Ex Melhor Amiga

texto273
Olá minha querida amiga. Vamos dispensar minha querida amiga que soar um pouco falso. Oi bobona, como você está? Sei que nos distanciamos muito uma da outra, mas é muito difícil sair enterrando quem fez parte das melhores partes da nossa vida, não tem como esquecer tudo que vivemos juntas. Mas o tempo separou a nossa amizade e acabamos se distanciando. Às vezes tenho a certeza que não foi apenas o tempo, talvez fosse o nosso orgulho bobo de procurar uma a outra. Guardei em uma caixa todas as nossas fotos juntas, e várias cartas que você me escrevia dizendo que a nossa amizade seria eterna nem o tempo, e nem ninguém conseguiria acabar. Pena que não foi assim, né?

Sinto falta até quando a gente brigava. Eu nunca confessava a verdade, mas eu tinha muito ciúme quando você fazia novas amizades, o meu maior medo era que você me trocasse e me visse apenas como uma colega. É, e isso aconteceu… Talvez você não se lembre, mas quando todos  viraram as costas para você, eu estava lá para te abraçar e enxugar as suas lágrimas. Tantas coisas vivemos juntas! Tivemos várias perdas irreparáveis, com a ajudar uma da outra conseguimos superar todas. Na nossa vida não vivemos apenas momentos tristes, mas também vivemos muitos momentos felizes. Você ser lembrar feiosa, quando gostávamos do mesmo garoto, era um acordo entre nós duas que nenhuma iria correr atrás do garoto, ele que tinha que chegar a uma de nós. Ainda bem que os tempos mudaram e os garotos que eu gostava não fazia o seu tipo (amém!). E todos os planos que fizemos de viajar pelo mundo, conhecer os EUA, visitar a Disney (como sou perdidamente apaixonada pelo Mickey). E o seu sonho era curti as praias da Califórnia. Infelizmente só foram meros planos.

E quando você se apaixonou e começou a namorar. Esse também era um dos meus medos que você tivesse um namorado, e eu ter que dividir minha melhor amiga com alguém, talvez mais especial do que eu. Talvez, eu fosse um pouquinho ciumenta, mas eu tinha muito medo de você sofrer por amor, e isso, aconteceu. E você precisou de novo de mim, mas eu sempre estava lá para poder te abraçar. Mas, não foi apenas você que sofreu por amor, eu também sofri. Quem nunca sofreu né?! Aprendemos muitas coisas sobre o amor, e vimos que ele é uma das piores ilusões que possa existir. Talvez a menos pior, mas, é uma delas. Com todas essas ilusões que vivemos acabamos crescendo, e descobrimos que o amor não é tudo, quando você tem uma grande amiga do seu lado. Porque todas às vezes que você quebra a cabeça, sua amiga vai estar lá com lencinhos umedecidos para você enxugar suas lágrimas, e com o melhor abraço do mundo para te abraçar. Entenda o pior não é perde um amor, em qualquer esquina você poder achar um, o pior de tudo é ver que perdeu sua melhor amiga. É triste a pessoa que um dia você considerou como a sua irmã hoje é apenas uma conhecida, que nem quando topar pelas ruas, o máximo que faz é apenas ser cumprimentar. Não eramos amigas, eramos irmãs, não de sangue, mas de coração, a nossa amizade não era apenas uma simples amizade, e sim, uma irmandade.

Desculpe – me, mas tive que lhe escrever está carta, poderia ter escrito um e-mail, mas não seria a mesma coisa que uma carta. Quando tiver meus filhos irei falar de você para eles, e vou contar tudo que vivemos juntas (e principalmente todos os nossos micos). E vou ensinar para eles que uma das coisas melhores da vida é ter um amigo para ser confiar, um cúmplice e, em todas as dificuldades, o melhor amigo vai ser torna um irmão. Irei ensinar também a nunca ter orgulho e saber pedir desculpas, por mais, que eles estejam certos, nunca deixar o orgulho ser maior. Então, bobona quero que um dia você se lembre pelo menos um pouco de tudo que vivemos juntas, e que, eu nunca irei te esquecer até quando eu tiver bem velhinha. E tentar te esquecer é mesma coisa de querer apagar os melhores momentos da minha vida.Tenho que te confessar uma coisa, você vai ser sempre a minha melhor amiga, mesmo, não nos falando mais. Você sabe que para mim falar “eu te amo” é muito difícil, mas, eu te amo muito, minha melhor amiga.

Não sei como se despedir em uma carta. Que tal me despedi; – Eu te amo minha eterna bobona!

Ps: Se um dia você precisar de mim sabe onde me encontrar.

Ps¹: Ah, não chorar, sua chorona!