Seis coisas que você deve fazer sozinha pelo menos uma vez

Quantas vezes você saiu sozinha para ir nos lugares? É algo bastante inevitável, né? Sempre procuramos chamar uma amiga, namorado ou ir com os pais para se sentir mais sociável… enfim, talvez você possa se sentir meio alone, por exemplo, em ir ao cinema ou viajar desacompanhada. E aliás, pode ser algo mais natural possível do que você consegue imaginar, sabia? Para provar que isso é mais comum e legal, listei seis coisas que você deve fazer sozinha pelo menos uma vez. Olha só?

  • 1. Ir ao shopping

Você pode andar por todos os lugares, entrar em todas as lojas que quiser e experimentar quantas peças de roupas tiver vontade. É algo bastante libertador, hein? Sem se sentir culpada em deixar alguém esperando, aliás, sem ninguém para te apressar…

  • 2. Ir ao cinema

Talvez no começo possa parecer meio desconfortável… porém, você vai pode escolher o filme que quiser, chorar a vontade e rir muito, sem te ninguém pra te julgar. Outra parte: não te ninguém para dizer o que achar que vai acontecer. E ver antes de ouvir as opiniões dos outros. E quando, estiver algo em cartaz que você quer muito assistir, mas não tem com quem ir? Relaxa e aproveite a sua própria companhia!

  • 3. Sair para comer

Se a gente sair por aí imaginando: “o que as pessoas vão pensar?”, provavelmente, não faríamos nada. Depende do ponto de vista de cada um; alguns vai sentir pena, outros vai ficar olhando e há pessoas que vai te achar com uma autoconfiança incrível – vão até te invejar com toda sua confiança. Por isso, não espere ninguém te convidar para ir ao restaurante ou lanchonete… O melhor de tudo, você pode escolher a comida predileta e comer tanto que quiser, sem ninguém te julgando. Plmdds você não vai nem precisa dividir sua comida com ninguém. HAHAHA

  • 4. Viajar

Já pensou em fazer uma viagem sozinha? Definitivamente esse é um dos pontos de vista mais assustadores. Porém é algo totalmente libertador. Não precisa ser uma viagem para fora do país, em uma cidade interessante ou um final de semana em alguma praia no Brasil, mas caso queira sair totalmente da zona de conforto, um intercâmbio para estudar outro idioma no exterior ou um mochilão pela America do Sul. Legal, né? Você vai trazer em sua bagagem diversas aprendizagens para vida toda!

  • 5. Turistar pela sua cidade

Aposto que tem diversos lugares na sua cidade, que talvez, você ainda não conheça, certo? Comece indo naquele parque e leve seu livro favorito para ler, relaxe na natureza, aproveite para caminhar, visite um ponto turístico famoso, vai visitar um museu ou se tiver praia, aproveite o clima agradável e divirta-se.

  • 6. Ir a um show ao vivo.

Provavelmente é um lugar escuro e com show rolando no palco, onde ninguém vai prestar atenção que está sozinha, porque eles (igual a você) estarão cantando, dançando, pulando e desfrutando intensamente daquela música. Aliás, vão estar somente curtindo o momento.

Por acaso, ainda tenha medo ou receio: Experimente! Sabe aquela frase: “quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?”. Então! E aí, já fez alguma coisa dessa lista sozinha? Se sim, qual foi a sensação?! Conta pra gente nos comentários! <3

Situações que só quem usa óculos já viveu (ou viver!)

Ah, se não fossem os óculos! O que seria de muita gente, não é mesmo? Inclusive, eu sei o que é isso: miopia e astigmatismo (aliás, não pode viver sem óculos!). Até porque, está invenção certamente é um efeito positivo na vida de qualquer pessoa que precisam deles. São essenciais! Por isso, que selecionei situações hilárias que só quem usa óculos vai entender. Será que você já passou por cada uma dessas também? Veja se você se identifica!

  • Usar óculos 3D: eis a questão!

Quem nunca passou raiva com óculos 3D? Você precisa encaixá-los sobre os que você já usa, e isso pode ser uma tarefa difícil ou uma verdadeira missão impossível!

  • Ter que limpar os óculos sempre, e às vezes, com tecido errado.

Trágico! Se você usa óculos sabe que é necessário limpá-lo o tempo todo. Não importa o que faça, eles vão sempre sujar. E o pior, você também pode sofrer ao tentar limpá-los com o tecido errado, como lã, por exemplo.

  • Tentar se deitar sem esmagá-los ou entortá-los

É uma verdadeira missão a ser cumprida cada vez que você deita. Achar uma posição confortável para ler um livro ou até mesmo assistir uma série, não é mesmo? Sim, eu sei, é uma situação horrível.

  • E quando você tomar chuva…

Para quem usa óculos esse é um dos piores momentos para sair de casa. É difícil ter que escolher entre tirar os óculos e não enxergar nada ou continuar com eles (cheio de gotículas flutuantes) e enxergar menos ainda.

  • Ouvir de vez em quando “ei, quantos dedos têm aqui?”.

Uma das situações mais clássicas! Se você nunca ouviu essa frase, não se preocupe, a sua hora vai chegar! Sempre vai ter um engraçadinho que vai perguntar: “ei, quantos dedos têm aqui?”. Ou quando alguém pede os seus óculos e manda você contar quantos dedos está mostrando.

  • Sempre alguém com visão boa pede para experimentar seus óculos

Aposto que isso já aconteceu com você diversas vezes?! Como se eles fossem magicamente melhorar a visão delas também. Só que em vez disso, acabar fazendo com que vejam tudo como um grande borrão e ainda dá uma baita dor de cabeça.

  • Maquiagem é um dos maiores desafios

Ahhh! Entre duas opções: espera o rímel secar ou é o seu óculos que vai usar o rímel. Ainda um pouco pior, passar rímel e armação tampa a sua obra de arte. Eta, como é difícil!! Dá até vontade de desistir. Mas, no final compensar! \o//

  • Alguém diz pra você olhar alguma coisa toda vez que você tira os óculos

Quem nunca? É só você tira o seu óculos, que parece que começa acontecer diversas coisas ao seu redor, e daí você precisa colocá-los novamente.

  • Quando seu óculos fica embaçado

Tomar bebidas quentes, quando você cozinha ou mudança de temperatura, acabar acontecendo esse famoso embaçamento. São alguns segundos de agonia, que logo passam e tudo fica bem.

  • E quando o seu óculos fica escorregando

Seja por atividade física, calor ou pele oleosa. Você sempre ajeitando no seu rosto, numa tentativa de não deixá-lo escapar do rosto. E o pior: acaba fazendo várias vezes ao dia, por habito mesmo.

  • Se virar como pode quando seus óculos quebram

Até conseguir um par de óculos novos e muitas vezes é necessário usar a criatividade.

  • Ei, segura meu óculos?

Mas, por faaavor, não toca na lenteeee! Porém, acaba triscando na lente (espero que seja sem querer).

  • Cadê meu óculos???

A sensação em não encontrar ele é a mesma sensação de quando você coloca a mão no bolso, cadê o meu celular? Mas ele sempre surge, ou não.

  • Aquela sensação quando o grau não aumentou

Quando você vai no oftalmo e ele diz: “que seu grau NÃO aumentou, ou ainda melhor, diminuiu o grau”. Dá vontade de sair pulando de alegria! Com certeza, é maravilhoso ouvir isso.

  • Ouvir pessoas te aconselhando a usar lentes de contato (Nãooo!)

Algumas pessoas ficam falando constantemente para você usar lentes de contato, como se fosse à coisa mais fácil do mundo enfiar uma coisa no seu olho.

  • Ou ouvir as pessoas dizendo “você fica melhor sem óculos”.

Acontece quando você esquecer de usá-los, ou tira para limpa e, ás vezes, você saiu em uma foto sem óculos, por estes motivos o comentário foi feito. Não se importe com esses tipos de comentários. Óculos também significar personalidade.

No final das contas, a gente ama muito eles e não consegue viver sem! <3 E aí, se identificou com algum desses dramas? Qual deles? Colocaria mais algum na lista? Já pode ir contando tudo nos comentários!

O amanhã não nos pertence

texto2A gente nunca saber quando vai ser o último adeus. Encontramos com as pessoas que amamos e esquecemos de dizer o tanto que são especiais nas nossas vidas. De uma forma bem difícil, eu vivi isso, quando vi o meu pai em um leito de U.T.I., acabei percebendo que não estamos preparados para perder quem amamos. São tantos planos que, você só começar a viver de incertezas.

Acabei refletindo que estamos vivendo uma vida atrás de bens materiais, bom emprego, status, aquele curso dos sonhos e, acabamos esquecendo-se das pessoas que são especiais. E logo, acostumamos com a rotina do dia-a-dia. Saímos sem dizer o tanto que a pessoa é importante, esquecendo que aquele pode ser tornar o último momento juntos. O pior é saber que aquelas conversas pode se tornar lembranças do passado. E aquele último abraço de manhã, talvez, seja um adeus. E todas as fotografias vão acabar se tornando nostalgia.

Sabe qual é o nosso pior erro? Esquece que o dia do amanhã não nos pertence. Aproveite e diga “eu te amo”. Abrace como se a sua vida dependesse desse abraço. Veja como sua família e amigos são importantes pra você. Reflita e pense: e se hoje for o último dia das nossas vidas? Então, viva intensamente e, curta cada momento.

Descobri que no final do túnel sempre há uma luz. E graças a Deus, hoje faz cinco dias que meu pai saiu da U.T.I., e o melhor de tudo, sem nenhuma sequela. Aprendi que mesmo que as coisas estejam péssimas, pensamento positivo e emitir coisas positivas. Você vai acabar começando a atrair coisas positivas pra sua vida, e que, dias melhores virão, se não for hoje ou amanhã, será depois, mas chegará, confie em Deus, ele não faz nada em vão. 

Enquanto estou terminando esse texto. Eu só quero tomar um pote de sorvete com o meu pai e, com muita cobertura de chocolate. Porque são momentos pequenos assim, que se tornam inesquecíveis.