sentimentos

E se a gente tivesse mais empatia?

Quando adolescente acabei dando muito ouvido para pessoas que me menosprezava – colocando defeitos na minha personalidade, no meu corpo, no meu cabelo e também no meu estilo. Sendo sempre subestimada. E tudo isso, acabou fazendo com que eu tivesse conflitos comigo mesmo, me tornando uma garota bem insegura e tímida. Até mesmo, me insolando das pessoas por causa da minha autoestima baixava, achava que conversavam comigo por pena. Quando percebi já estava até me auto-sabotando, e isso, começou afetar a minha vida em diversas formas. É muito complicado, quando você se tornar a sua pior inimiga, é algo muito exaustivo.

No fundo, eu sabia que o problema não era comigo, mas sim, com essas pessoas que tentava me diminuir. Então por que diabos eu dava ouvido para elas, eram pessoas tóxicas, que precisava inflar o ego para se sentir superior com a minha inferioridade. Veja só, com o passar do tempo parei de ligar com as críticas, elas sempre estão por aí. Eu vi que não adianta tentar ser perfeita, porque ninguém é, aliás, as pessoas se transformam constantemente. Tic tac tic tac.

Por que magoar alguém com palavras irracionais? Palavras machucam, ferem e sagram. Quando for dizer algo coloque no lugar da pessoa que vai ouvir, isso se chama empatia, quando você enxergar, além do seu umbigo. Aí você lembra, daquela velha frase que diz: “todo mundo está enfrentando uma batalha da qual não sabemos nada a respeito”. Ah, sabe de uma coisa? Não estamos aqui para ferir uns aos outros… Por que não ajudamos? 

Então, lá vai o meu conselho de hoje: Em vez de se incomodar com o que as pessoas dizem ou pensa sobre você, simplesmente ignore-as, talvez no começo, elas tentam te machucar, mas com o passar do tempo vão ver que não adiantar lança flechas contra você, porque elas vão atravessar o seu ser e nenhuma vai te ferir mais e, com isso, você vai sentir a sensação de liberdade.

16 situações pelas quais passam quem sofre de ansiedade

Porque a ansiedade não entra nas nossas vidas pedindo licença e perguntando se agora é uma boa hora… Aliás, quantas vezes você já passou por momentos difíceis, por causa, da sua ansiedade? Fique calma, eu sei como você se sente – e não é pouco! Se por acaso, você sofrer de ansiedade, com certeza, viveu algumas destas situações, vai se identificar. Quer ver?

1. Quando você não para de pensar em alguma coisa!

Acredite! As coisas ficam rodando na sua cabeça em looping infinito… Oh, meu Deus! Acho que vou ficar louca!


2. “Mandei mensagem tem quinze minutos e não me respondeu. Será que aconteceu algo?”.

Cérebro: Noticia ruim voar, NÃO aconteceu nada… Oi? Sou eu sua ansiedade, linda? Vai que o roubaram? Desmaiou na rua? Quem sabe foi sequestrado? Xôoo, TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada).


3. Também tem aquela hora que você tem que esperar! Seja alguém ou alguma coisa.

Quer saber? Eu não vou esperar nada, cansei! Mentira. Te que esperar é a morte para qualquer ansioso. Aff!


4. O que acontece quando você faz algum tipo de prova importante e ficar esperando o RESULTADO?

Hello, para que fazer isso com a gente? Moço, eu não paro de pensar nisso…


5. Afinal, tem o cansaço constante e sua cabeça parece que vai explodir.

Plmdds é praticamente impossível se desligar para dormi… Tipo, meu cérebro é um computador, que nunca é desligadooo. 


6. Oi? Você vai ter que falar em público.

Mesmo faltando uns três meses para acontecer, você já vai preparando o que vai dizer… E desejando, que o mundo acabe antes… Heeelp!


7. Que tal a ligação de um número desconhecido?

Não vou atender… “E se for alguma coisa importante?”. Mais um ponto para você ansiedade. #omg


8. E ter que resolver alguma pendência POR TELEFONE.

Já existe chat, e-mail, WhatsApp e também pode enviar por carta!


9. Sentindo alguma dor estranha? ESTOU MORRENDO, SOCORRO!

Alguém chama o SAMU, pelo amor de Deus.


10. “Será que eu tranquei a porta? E se eu não tranquei?”

Oh! Um ladrão vai entrar em casa e rouba tudo. Não leve a minha gatinha, por favor, moço!


11. Qualquer momento que exija decisão, mesmo que seja sobre coisas pequenas, pode ser bastante doloroso.

“E se for à escolha errada, isso pode afetar toda minha vida?”.


12. É fazer centenas de listas e não cumprir nenhuma

Aaah, eu juro… que mês que vem eu vou fazer qualquer coisa escrita nelas.


13. É precisar fazer tudo, mas não querer fazer nada.

Já tô indo! Mas… eu vou descansar só mais um pouquinho!


14. Se preocupa 24 horas com o futuro…

“E se?, eu não consegui realizar meus sonhos?”.


15. …E esquece de viver o presente!

Já passamos da metade do ano, e eu não fiz quais nada até aqui. Só falta cinco meses para o ano terminar? JESUUUS!!!

16. Você fica ansioso sobre ansiedade

Qual ansioso não sofre com sua própria ansiedade? Eu por exemplo, tento se proteger contra grandes picos de ansiedade (o que é bem louco), o que gera muito estresse. Ai meu Deus!!!

É não fácil para quem sofrer de ansiedade, mas não podemos deixar ela controlar nossas vidas. E claro, se está atrapalhando a sua vida, procure ajudar de um profissional!

E aí, você se identificou com algumas destas situações? Se sim, qual delas? Conta tudo nos comentários!

Razões pelas quais você precisa ter um diário

Na sua infância, com certeza, você deve ter tido um diário, era a coisa mais comum no universo. Mas, infelizmente, hoje esse hábito quase desapareceu, é uma verdadeira pena. Nesta era da tecnologia, parece que algo “simples” como um bullet journal não tem espaço em nossas vidas, mas pode ser a melhor coisa para sua saúde mental. Eu lhe darei um exemplo, que já tenha acontecido até mesmo com você, – é quando tem um problema ou algo legal para contar ao seus amigos, eles fingem que ouvir ou simplesmente te ignorar. Bem, é aí que entrar o diário. Experimente e posso assegurar-lhe que será a melhor coisa que você vai fazer em 2018.

  • Suas aflições serão mais suportáveis

Para remover tudo o que você carrega dentro do seu coração, é o primeiro passo para se sentir melhor. Mas nem sempre as palavras fluem bem, mas não tem importância, que é algo somente seu, apenas você precisar compreender o que está escrito ali, ninguém mais. Seu diário estará lá sempre que você precisar. A escrita servirá como uma libertação, você pode perceber coisas que talvez você não tenha notado. Você pode reler e ver as coisas de outra perspectiva quando estiver mais calmo.

  • Seus sonhos

Esta é a parte mais interessante de manter um diário. Você não está escrevendo para os outros, então, não precisa ter restrições no que vai escrever. Mas com um diário tudo pode e deve ser diferente. Escreva todos os seus sonhos, sem medo de reprovação. Aqui o céu é o limite.

  • Você não precisa mentir

Quando falamos com amigos ou com outras pessoas, sempre fazemos coisas, tentamos fazê-las parecer lindas ou esconder alguns detalhes. Mas com seu diário não há necessidade disso. Você pode escrever absolutamente tudo e como deseja.

  • Você resolverá seus problemas de uma maneira melhor

Quando estamos com raiva, triste, desapontada e até mesmo deprimida, costuma tomar decisões ruins porque está com a cabeça quente. Escrever o que acontece com você lhe dará a oportunidade de analisar em profundidade os eventos da sua vida e assim tomar uma decisão melhor.

  • Seu cérebro exercitará

Com toda a tecnologia que temos à disposição todos os dias, nosso cérebro está cada vez mais preguiçoso, perdemos a criatividade e a concentração. Escrever e ler manterá sua mente ativa.

  • Você não esquecerá detalhes de momentos especiais

As memórias que temos de nossa vida são como flashes, temos uma vaga ideia, mas sem muitos detalhes. Lugares e momentos especias fotografe e imprima-os em papel, em seguida, cole em seu diário, assim permitirá que você possa ver quantas vezes quiser com todos os detalhes aqueles momentos. É como voltar a viver.

  • Você se conhecerá melhor

Você perceberá que você é um escritor melhor do que pensou, você experimentará mais profundamente suas emoções e sentimentos. Você aprenderá a organizar suas ideias melhor e isso irá ajudar a conhecer melhor quem você é.

Caso queira se organizar melhor e colocar suas ideias no papel, uma ótima ideia é fazer um bullet journal, já até fiz um post aqui no blog sobre eles, ó. Aproveite e conheça mais sobre!

E você, escrever algum diário? Se ainda não, que tal começar neste ano que vai entrar? Já pode ir se organizando e colocando os sentimentos pra fora. <3

Que esse novo ano seja leve

Quando o relógio marcou meia noite o que você desejou? Aliás, você fechou os olhos e com fé pediu um ano com coisas positivas e repleto de felicidade?! Cada um de nós fez um pedido desejando: saúde, paz, amor, felicidade, esperança e tantas outras coisas boas. Além disso, resolvi aderir à força do pensamento e desejar com todo o meu ser somente coisas boas e positivas, para cada um de nós.

Desejo que você consiga vencer cada um dos obstáculos, que esteja no seu caminho, por mais complicado que seja. Que saiba preservar cada momento bom que viver e, os ruins, sirvam de aprendizagem. Que a gente consiga ser mais tolerante, buscando sempre está em harmonia com o próximo.

Desejo que saiba administrar os seus sentimentos. E que tenham o equilíbrio do amor e da razão. Porque não escolhemos o que vamos sentir, mas temos a obrigação de ter controle, sobre a forma que eles podem nos afetar.

Desejo que conserve as velhas amizades, até porque, partilhou com você diversas histórias. E que novas possam surgir e que te ensine coisas novas. Guiando na direção da felicidade com muito amor e fraternidade. O mais importante: esteja conosco em todos os momentos e que possamos confiar. E que saiba valorizar uma amizade, porque não é fácil despir a alma pras pessoas. São raros os que merecem ter um vislumbre dela.

Desejo que cada um dos nossos sonhos possam se concretizar, até mesmo aqueles que estavam guardados em alguma gaveta. Não devemos deixar que o medo os roubem e muito menos temer julgamentos alheios. Se o sonho está no seu coração, siga até a glória (mesmo que os caminhos sejam repletos de espinhos!), que cada dia, caminhe mais perto do que você tanto desejar. E, se não der certo, tomara que haja força e fé o suficiente para encarar, também, as derrotas.

E um dos meus maiores desejos é que sabemos receber e retribuir amor: da família que cuida da gente e nos proteger, quando o mundo parece desabar. Dos amigos que nos amparar em dias difíceis. E de amores que preenchem o nosso coração e, o melhor de tudo, que transborde.

Antes de terminar o texto: Daqui em diante, teremos 365 novas oportunidades de reescrever uma nova história para nossa vida. Que seja divertido, doce, acolhedor e cheio de coisas positivas. Porém, o mais importe: que seja leve como uma brisa. Combinado?

Solidão

tumblr_nnruxgCdW21ts1n9no3_540Sentou-se na janela e ficou observando as pessoas que passavam pela rua. Umas sorrindo, outras discutindo e muitas sozinhas. Tomou mais um gole de café. O vento frio batia em seu rosto e fazia queimar. Mas nada doía tanto que a solidão daquela casa. Ali era o único lugar que sentia-se acompanhada. Olhava para as pessoas e tentava desvendar o sentimento de cada uma delas. E sabia que cada uma tinha algum sentimento que queria esquecer.

Respirou fundo e pegou o celular, não havia nenhuma mensagem nele. Olhou dentro do quarto (sem sair da sacada da janela) viu que o silêncio era assustador. Não havia vestígio nenhum daquele que um dia ela amou. Doía! Porém, tinha que aprender a conviver com aquela ausência. Na vida às vezes, temos que abrir mão de um amor, por um sonho ou por um erro cometido. De uma forma difícil, essas escolhas fez doe cada fibra do seu corpo.

O anoitece ia deixando a rua ainda mais vazia. Sentiu um amargo no estômago. Estava ainda mais solitária. Não tinha nem mais os desconhecidos passando na rua, para imaginar o que acontecia na vida deles. Não tinha ninguém pra lhe ouvir, tantas coisas queria dizer. Poderia conversar com as paredes ou quem sabe o seu vizinho do lado, que havia perdido a esposa (depois de 50 anos casados), ele sempre falava o tanto que a amou, até mesmo quando encontrava-se no corredor do prédio. Mas não naquela noite, porque era apenas, ela e a solidão.

Deitou a li mesmo no chão e adormeceu. O quarto estava vazio e sombrio, ali era o único lugar mais aconchegante, até mesmo, com todo o frio que estava fazendo. Porque lá dentro, se encontrava a solidão: que doía e sufocava, até mais do que, qualquer dia de inverno.