Eu queria ter sido mais do que sua amiga

inspiraçãonamorados11Me diziam que amizade e o amor não poderia nunca se misturar. Então, você chegou revirando o meu mundo de cabeça para baixo. Tinha todas as qualidades de um cara perfeito. Cada dia íamos se aproximando mais e mais. Quando não era pessoalmente, era por telefone ou mensagens. Eu sabia de todos os seus segredos e você dos meus. Rimos por qualquer idiotice. Aliás, você até dizia que minha gargalhada era a mais engraçada de todas. Até mesmo em dias difíceis você me fazia rir.

Eu odiava a forma que você conseguia desvendar cada um dos seus sentimentos, igual quando se ler um pergaminho. O que me fazia odiar ainda mais era quando você falava da nossa amizade. No fundo, meu coração se despedaçava.

Aquela vez que o seu namoro havia acabado. Então, você veio correndo buscar um ombro amigo para chorar. Com certeza, eu estava ali para te socorrer, afinal de contas, eu sempre estava. E para ter alegrar fazia brigadeiro de panela. E depois, eu ligava o som no último volume e ficávamos dançando qualquer coisa. Até o amanhecer. E por fim, eu adormecia em seus braços. Ali sentia que estava no lugar mais seguro do universo.

Cada vez que os dias iam passando eu queria dizer o tanto que eu te amava. Houve vezes em que eu quase declarei o meu amor, mas não tiver coragem suficiente. Eu tinha medo de perder você. E toda essa cumplicidade que havia entre a gente. Acho que nossos amigos incomuns sabia que eu sentia algo muito forte por você, que não era apenas amizade. Estava tão na cara, só você não via.

Eu só queria que você tivesse prestado atenção, quando olhava nos meus olhos, havia muitos sentimentos guardados ali. Cada um deles era pra você.

E naquela noite de sexta-feira corri até sua casa. Você estava com cara de sono, com os cabelos todos desgrenhados. E aí fiquei em silêncio, apenas olhando pra você, pela última vez. Apenas o abracei forte. Quis falar tudo que eu sentia, quis dizer que não queria ser só sua amiga. Não disse nada, apenas me afastei dos seus braços. Aquele seria o nosso último adeus, mesmo você não entendendo nada. Sei bem que não deixaria que eu me afastasse da sua vida.

Depois de algum tempo, vi que eu fiz foi o mais certo: ter me afastado de você. Ninguém saiu ferido. Doeu? Claro. Mas doeria ainda mais, se eu continuasse guardando tudo isso pra mim. Hoje, vejo que ter me afastado, foi como se eu tivesse me libertado. De que adianta ter você por perto, mas ao mesmo tempo estava longe. Te tocava, mas você não me pertencia. E como você sempre afirmava: eu era só sua amiga, nada, além disso.

Te guardei nas minhas memórias

inspiraçãonamorado4Havia um envelope na caixinha de correios, estava escrito algo:

Abra o envelope com cuidado! 

Você vai encontrar algo, que um dia, fez parte das nossas vidas. Essas vão ser as últimas lembranças, que deixarei com você.

Quando eu abrir, havia dezenas de fotografias… Fotos que eu nem lembrava que existia. Os meus dedos foi deslizando em cada uma delas.

Estava escrito algo atrás de cada uma:

Andei pensando como podemos magoar pessoas que amamos e, depois deixar partir das nossas vidas –, sem ao menos lutar pelo amor. Ou pedir perdão. E foi isso, que aconteceu com a gente. Eu poderia ter ido atrás de você. Ter pedido desculpas, me ajoelhando pra você, enviado todos os dias flores no seu trabalho. Eu poderia ter escrito uma música, e também, feito um outdoor espalhado pela cidade. E tudo que eu fizesse ainda era pouco.

Quando vejo cada uma dessas nossas fotografias consigo sentir você por perto. Ao mesmo tempo isso me deixar feliz – é o único jeito de ter você aqui comigo, depois bater a tristeza, porque não consigo ouvir o som das suas risadas, sentir o cheiro do seu perfume. Ou não poder entrelaçar os meus dedos aos seus. Se eu soubesse que aquele seria o nosso último beijo, não teria deixado você ir.

Sei que é tarde pra isso, mas eu ainda acreditava que, um dia poderíamos voltar a ser como antes. Hoje tive certeza, eu tinha que me desfazer do que me ligava a você. E uma das maiores lembranças que me restavam eram todas as nossas fotografias. Na primeira vez não tive coragem, nem depois, eu precisava deixar você ir, dizer um adeus, mesmo sabendo o tanto que isso ia doer em mim. Mas não poderia conviver com a sua ausência pra sempre. Essa é uma das maiores provas de amor, – desfazer do que a gente amar… Então, peguei todas as nossas fotos e coloquei nesse envelope. E o que eu sinto por você, vai está pra sempre nas minhas memórias, perto das batidas do meu coração, onde você sempre vai estar.

Eu só te faço um pedido! Me guarde no seu coração, nas suas memórias e nas suas lembranças. Por favor, guarde o que vivemos. Não me importa o que você faça com as fotografias: queimas, jogue fora, ou mesmo, rasgue cada uma delas! Só não se esqueça de cada momentos felizes que vivemos, lembre-se, só desses.

E o que um dia existiu entre a gente, nem o tempo e, nem ninguém vai conseguir apagar e muito menos rasgar, é do fundo da alma.

Eu te deixei para trás

texto536Você me olhou e disse: – Eu te amo.

E eu disse: – Adeus.

Você me deu um longo beijo.

E eu me afastei devagarinho.

Você me puxou para perto.

E eu recuei.

Você dizia que me amava e resolveu parti. Naquele dia eu andei sem rumo, não tinha a menor ideia para onde ir. Fiquei meses pensando o que eu tinha feito que não deu certo. Cortei cada fio do cabelo, deixando na nuca e pintei as portas de azul. Liguei o som no último volume sem se importa com os vizinhos, eu só queria que o mundo sofresse junto comigo. Escrevi textos enormes sobre você e depois apaguei cada um deles. Na roda de amigas eu só sabia falar de você. Achei que nunca ia te superar. E um dia o céu estava tão lindo, as flores perfumadas e consegui ouvir até os cantos dos passarinhos. Eu tiver certeza que eu não sentia mais nada por você.

Depois de meses recuperando com a sua ausência você resolver voltar como um fantasma. Jurei pra mim mesma se um dia te encontrasse me jogaria em seus braços como todas às vezes. Só que quando você apareceu foi como se eu tivesse encontrando um desconhecido, tropeçado sem querer e pedido desculpas – como um tanto faz ou tanto fez. Ou como um nada, foi isso que eu senti quando te vi.

Quando eu te deixei para trás. Voltei a me divertir com as minhas amigas. Viajamos lugares fantásticos. Vi o pôr do sol e observei as estrelas por um telescópio. Conheci pessoas novas e totalmente incríveis. Rimos e se divertimos muito. Estou até pensando em fazer um intercâmbio e passar uma longa temporada em um lugar totalmente diferente. Quero fazer coisas que eu não fazia quando estava ligada a você.

É por isso que hoje eu digo, sem você eu acabei descobrindo eu mesma. Vi que um dos amores que eu mais precisava, era o amor próprio, e você me ajudou a descobrir isso, obrigada! E acabei percebendo que não vivo de metades, e você mesmo sabe, um dia eu lhe dei a Via Láctea e você me deu Plutão. 

O que me restou foi apenas lembranças

texto36Aproveitei o fim da noite para organizar os álbuns de fotografias e acabei encontrando fotos antigas de bons momentos vividos. Fotografias que eu não lembrava. Algumas fizeram parte da minha infância e outras da adolescência. Acabei encontrando fotos dos amigos que imaginei que estaria comigo até hoje.

Comecei lembrar todos os momentos que vivemos juntos. São momentos que se eu pudesse eternizava! A maioria foram alegrias, mesmo passando por momentos de dores continuávamos sorrindo. E um desses momentos vividos, está à nossa professora da sexta série, mais doce que tivemos a chance de conhece, mas a vida teve outros planos pra ela. E um dia de sol ela partiu e deixou um grande legado pra gente: “que tudo se curar com um grande abraço, ainda mais das pessoas que te faz tão bem”. Aprendemos que um abraço é a melhor forma de conforto.

Quando fecho os olhos, consigo enxergar o sorriso de cada um deles. Lembro das discussões por tolices e no final acabava todo mundo rindo. Naquela época o nosso maior problema foi quando descobrimos as equações – olhar que nem imaginávamos o que esperaria por nós. Vivemos aqueles momentos tão intensamente e, esquecemos até que um dia tudo aquilo fosse acabar. As chuvas eram tão divertidas, brincávamos e saíamos correndo no meio daquela grama molhada. Hoje vejo se pudesse, teria aproveitado cada um dos pinguinhos que caiam do céu e me divertindo ainda mais. Sem se preocupar com nada, apenas em ser feliz.

Ainda consigo sentir o abraço de cada um deles. Só que na realidade, cada um seguiu o seu caminho. Muitos eu não sei o que aconteceu. Alguns casaram. Outros foram embora para outros estados e a quem resolveu ir embora para outros países. E teve os que tiveram filhos. Outros simplesmente sumiram. Sem brigas e nenhum receio. Só acabamos nos desencontrando por essas estradas com curvas da vida. Hoje vejo o que os adultos diziam era verdade: aproveite porque um dia vai restar só saudades.

Pois é, o que me restou não foi apenas saudades, e sim, lembranças.

Já passar da meia noite. Todos já foram dormi. O silêncio tomou conta da sala. Fecho o álbum e guardo na caixa. Uma lágrima cair. Daqui menos de um mês completo, 21 anos. E durante esses anos passou muitas pessoas na minha vida. A quem marcou e quem apenas passou sem fazer nenhum sentido. Nessas lembranças, vejo que todo mundo, teve um propósito na minha vida. Uns me ensinou a serem diferente deles, outros me ensinaram que podemos ser feliz com menos. E teve quem me ensinou o que é amizade e outros me ensinaram o que é cumplicidade. E vai ter aqueles que eu vou guarda pra sempre no lado esquerdo do peito, bem no fundo do coração, onde vai permanece eternamente em cada lembrança da minha vida.

Quando o amor acaba

texto732Você sabia o que acontecia depois que o amor acabava. Eu também sabia, mas mesmo assim mergulhamos nesse mar de ilusões. Fizemos tantas juras, declaramos nosso amor em voz alta e fora todos os sonhos que sonhamos juntos. Esquecemos de que um dia tudo isso poderia acabar. Quem vai pensar no fim quando se está amando, né? E você sabia que o meu plano era, um vestido branco e você me esperando no alta. Sim, essa era a minha meta. Você sabe acabei fazendo o papel de trouxa.

Aconteceu o que eu mais previa, o castelo de areia tinha se desmanchado. E o amor tinha acabado. Igual quando o café esfria. As músicas que me fazia lembrar de você. Hoje elas não fazem nem sentido. Não consigo ouvir mais, acabou se tornando enjoativas.

Quando nos encontramos você vai fingir que não me conhece. Eu vou olhar para o outro lado fingindo que não te vi. Vou passar a mão no cabelo pra tentar disfarçar. Vamos passar um do lado do outro. Vou sentir o cheiro do seu perfume que, um dia me enlouquecia e hoje só é mais um perfume qualquer. Você vai fazer aquele penteado que eu acho ridículo e aquilo não vai me incomodar mais. Vou lembrar de quando seus dedos das mãos se entrelaçavam nos meus. Ou quando nos abraçávamos e também quando beijávamos. Era como se aquilo não fizesse mais sentido. O amor que eu tinha medo de perde, hoje não significava mais nada para mim.

Ah, se meus travesseiros pudessem falar o tanto de lágrimas que derramei por você. Quantas vezes não consegui dormi pensando onde você poderia está e com quem. E todas as noites que eu sonhei com você. Perdia aos anjos que te protegesse. E quantas vezes peguei o celular para te ligar. Mas algo me dizia para fazer aquilo. Então, eu cair na real e vi que tudo acabou. Enxuguei as lágrimas do meu rosto. Passei o batom vermelho e sair por ai.

É porque quando o amor acaba, é assim, lembranças virá passado. O amor se torna indiferença. E você, se tornou apenas um desconhecido…

O desconhecido que, um dia eu amei.

Hoje acordei sentindo sua falta

texto-passado-saudadesOlhei para o meu lado direito na cama e você não estava mais. Me bateu uma saudade de quando brigávamos pelo maior lado da cama. E sempre eu ganhava, não porque eu era mais forte, e sim porque você me deixava ganhar. Até o quarto está vazio e frio. A minha caixinha continuava em cima da escrivaninha. Aquela que você me deu de presente, e eu jurei pras minhas amigas que eu ia me desfazer dela. Acho que gosto de sofrer, talvez eu seja, como dizem, uma masoquista.

Havia tempo que eu não sentia a sua falta. Só que hoje a saudade aumento de verdade. A caixinha já está até empoeirada. Não lembrava que tinha tantas cartas dentro dela. Tantas fotos. Uma correntinha escrito “i love you”, lembra?  Isso é tão clichê, mas do que um filme de romance hollywoodiano. Pior do que isso, só se for esse estúpido anel, porém lindo, que você me deu de presente.

A gente viveu um amor, mas como qualquer começo, teve que ter um fim.

Eu às vezes fico esperando uma mensagem sua. Um sinal de fumaça. Cruzo os dedos para que você me ligue. Ou que me mande cartas dizendo que sente minha faltar. Cadê os farmacêuticos para criar um remédio para esquecer um amor? Talvez não seja uma das melhores ideias. Mas nessas circunstâncias qualquer coisa é válida.

O melhor que tenho que fazer é me desfazer das lembranças. Jogar para fora da janela e deixar que o vento carregue para bem longe daqui. E que nunca mais volte para me atormentar. Eu quero aprender a conviver com a sua ausência. Não quero quando me sentir sozinha a sua presença atormente o meu quarto. Igual a um fantasma.

Isso não deve se tão difícil, né? Apagar alguém dos nossos pensamentos. Eu sei que eu vou conseguir. De hoje em diante vai ser assim, quis ir embora, então vá, mas antes de ir leve todas as lembranças que deixar.

Porque a questão é, amores vêm e vão.

Segure a minha mão

texto845Moço venha comigo, não tenha medo. Segure forte a minha mão. Juro que não vou soltar a sua. Sei que o seu coração é frio, que ai dentro não tem moradia para ninguém. Sei que todos os seus amores nunca deram certos, mas eu quero ser diferente. Eu não quero ser como o resto. Eu quero fazer parte da sua vida. Dividir momentos bons e ruins – espero que dividimos mais momentos bons. Quero está nos planos do seu futuro e fazer parte de todo o seu passado. E que você faça parte dos meus.

Não, eu não te culpo. Infelizmente a vida não vem com um manual de instruções, e nem com uma bula de remédio, e muito menos com dicas de como aprender a amar. Seria muito bom se fosse assim, né?, só peço que não tenha medo de amar, não feche as portas do seu coração para um novo amor. Não é porque não deu certo com alguém antes, que não pode dar agora. Acabamos aprendendo com o tempo. Quebramos a cara. Arriscamos em amores errados. E aprendemos, que nem todos relacionamentos são duradores. Mas esse não é um motivo para você desistir do amor.

Eu vou está do seu lado para segurar sua mão. Venha sem medo. Sem receio. Segure a minha mão o mais forte que você puder. Te levarei comigo. O mundo pode ser nosso se você quiser? Podemos viver o nosso mundo. Onde o nosso amor nada e nem ninguém vai conseguir destruir. Prometo que eu nunca vou te magoar. Vou te mostrar que vale muito a pena se apaixonar.

Eu só te peço, por favor, não tenha medo de amar.

Eu não fui o amor da sua vida

texto415Foi ali que tudo acabou. Bem onde tudo tinha começado. Eu o conheci pela primeira vez. E foi ali naquele mesmo lugar que eu o vir pela última vez. Ainda consigo me lembrar das suas últimas palavras que me disse antes de ir embora – que o amor que ele sentia por mim, acabou. Que o que ouve foi uma grande ilusão, foi um erro. Somos diferentes igual yin yang. E o pior ele teve coragem de dizer que não me merecia. Eu queria sumir sem deixar rastro nenhum. Só queria sair correndo. Ou apenas evaporar igual partículas. Eu desejava que aquilo tudo fosse um sonho, mas era a minha realidade. Não sair correndo, eu a enfrentei.

Foi difícil conte as lágrimas, conforme cada palavra que eu lembrava que ele tinha dito. Sentia que cada lágrima que escorria era o meu coração se despedaçando. Acabei depositando amor demais e acabei esquecendo que o amor pode acabar… Esse foi um dos meus piores problemas cresci achando que o amor pode ser eterno. Algumas pessoas tem sorte, ás vezes ele dura meses, anos e até décadas.

Acabei percebendo que tudo que ele tinha me dito fazia sentido. Eu não era o amor da sua vida. Talvez eu soubesse disso, mas acabava tampando o sol com uma peneira. Só queria acreditar que era ele. No fundo eu sabia que não, ele não era o amor da minha vida. Mas eu o amava, e queria insistir nesse amor. Esse é o maior erro que possa existir, querer insistir em algo que não existe mais, que talvez não tenha existido.

Já tem um tempo que não ouço mais falar dele. Desconectei dele. Excluir de todas as minhas redes sociais. Hoje eu não lembro nem mais do sorriso dele e muito menos do cheiro do perfume. Não o odeio. E também não o desprezo, mas essa foi à melhor forma de esquecer ele.

Evito passar por esse lugar. Porque tenho medo de encontrar com ele de novo. Não que eu não tenha perdoado. Eu o perdoei. É difícil pra mim cumprimentar com um sorriso ou um simples “oi”. Alguém que um dia eu amei.

Caro alguém que eu amei

texto47Eu consegui te superar. Consegui esquece que um eu te amei. Ás vezes esqueço até a sua existência. Quando tudo entre nós acabou, jurei que ia morrer de amor, mas vi que de amor ninguém morrer. Você poderia me render bons textos, quem sabe até um bom livro de romance ou melhor livro de auto ajuda. Sabe seria uma perca de tempo ficar contando esse amor fajuto, iria ser o mesmo que inverta um conto, algo que não existe. Você não me render bons  textos, mas aprendi muitas coisas com você.

Me afoguei em bebidas fui em várias baladas tentar te esquecer. Conheci  vários caras, mas você não saia dos meus pensamentos. Então, eu sempre voltava para casa na esperança de tudo entre nós voltar a ser como antes. O tempo ia passando e nada se ajeitava. Eu via que você tinha saído mesmo da minha vida. Espero que não volte nunca mais fazer parte dela, isso não é ressentimento, mais acho que depois de tudo vir que o melhor foi você ter ido.

Caro alguém que eu amei. Quando me encontrar não perca seu tempo tentando me cumprimenta se pude mude de calçada. Apenas não me comprimente. Se você olhar nos meus olhos tenha certeza que não vai ver minhas pupilas se tilando quando te olhar. E o meu coração não vai disparar quando te reencontrar. Caro alguém que um dia eu amei eu te agradeço por te passado pela minha vida. E principalmente me ensinado que nem tudo é amor.

Hoje estou feliz sem você do meu lado, não é que não gostava de você,  eu te amei demais e, é por isso que estou feliz. Vi que não preciso de ninguém do meu lado para me completa. Não preciso de ninguém para me fazer feliz. Aprendi que não existe nada melhor do que amor por si mesmo. Não existe nada melhor do que o amor próprio.

Caro alguém que um dia eu amei, estou aprendendo a amar. Eu achei que sabia, mas vi que de amor eu não entendo nada. Se eu tenho que agradece, eu te agradeço, foi por causa de você que aprendi valoriza quem me amar. Aprendi  que amor não se mendigar o amor se conquistar.

Saudade…

texto359 Saudade… Não consigo entender como uma palavra tão simples, só de ouvir é tão dolorida. Nada nesse mundo tem mais toneladas do que a saudade, nada. Saudade é uma dor imensurável e sufocante presente em cada hiato. É sentimento que esmaga o peito como se fosse concreto. A saudade é a vírgula quilométrica, sem ponto final. Se existe algo pior que saudade, por favor, não me apresente. Eu não quero conhecer. É algo difícil de explicar quando você menos pensar já está com saudades de algo ou alguém. Não importa de quem seja. De um ex- namorado, de um amor que já partiu, de uma amiga que não conversa mais, de um parente que se foi, dos amigos de infância, dos momentos que não vão existir nunca mais. E tudo resolver ir embora, menos a saudade, ela fica. Não tem como ela insiste em ficar, é algo que não conseguimos nós livrar. Ela é persistente, vai insisti em ficar, e vai sempre fazer lembrar de momentos que nunca mais vai existir.

Ela é devastadora, quando você menos imaginar ela vai entrar na sua casa sem ser convidada, vai te fazer abrir álbuns de fotografia, sentir cheiro do perfume de alguém, lembrar de sorriso, e um abraço, até um simples “oi” ela é capaz de te fazer lembrar. A saudade transforma qualquer música em motivo para pensar naquilo que partiu. Ela é assim, não ligar para o que você irá sentir. Ela doer, destrói, não, ela não ligar se vai te fazer sofrer. Talvez ela não seja a vilã da história, com a saudade aprendemos a dar valor nas coisas e pessoas. Ela nos ensina da forma mais dolorida, que em um minuto nós temos, e em segundos podemos perder. Ela mostrar que quando não sabemos valorizar virar apenas lembrança. E lembranças, lembrar saudade. Saudade ela relembrar o passado, desfocar o futuro e congela o presente. Desconheço alguém que não tenha sofrido com a saudade.  Não tem como proteger dela, ela sempre ira existir, queira você, ou não. 

Só não se afete com a saudade, sinta ela, mas lembre – se, que se foi para nunca mais voltar, apesar de tudo junto dela sempre vem recordações boas. O passado ficou lá atrás, e a saudade ficou junto com ele. Ela é persistente sempre vai querer voltar. Mas lembre – se, quem tem a chave de casa é você, e não ela.