A garota que aprendeu acreditar em si

Ela chutou o balde. Colocou o seu vestido favorito azul com estampas de margaridas. Soltou os cabelos e saiu pelas ruas da cidade. Passou na sorveteria da esquina e pediu um sorvete sabor chiclete. Sentiu uma leveza na alma, como se estivesse voltando na infância. Era uma sensação que ela não conseguia explicar a ninguém – aliás, nem ela mesma compreendia. Depois de tanto se esconder dos seus medos, já estava na hora de enfrentar cada um deles.

Foi naquele dia que ela começou a acreditar em si.

Pegou as coisas que estava atrasando a sua vida e jogou tudo pela janela a fora. Sem sentir culpa nenhuma. E todas aquelas coisas que ela não disse, acabou dando um nó em sua garganta. Ela gritar bem alto e acabar ecoando por toda casa. Ela está determinada a começar tudo de novo. Uma nova história e também com novos personagens, até mesmo com uma nova trilha sonora. Dessa vez, está disposta a seguir o seu coração, sem se importar com as opiniões alheias: porque ela cansou das pessoas querer decidir por ela.

Ela caiu tantas vezes, não tinha ninguém que ajudasse a se levantar. Mas, sabia que o seu lugar não era no chão. Então ela encontrou um jeito de se levantar. De agora em diante, ela tem um mundo para descobrir. E sair voando para novos horizontes – e, assim, descer deste carrossel que sua vida se tornou: sempre girando, sem sair do lugar, assistindo tudo e não vivendo nada.

Ela está com um novo brilho em seus olhos. Os deixando ainda mais lindos! Ela encontrou a felicidade que tanto desejava. Quem a conheceu no passado, não vai reconhecer essa garota forte que ela se tornou. Uns dizem que ela cresceu e amadureceu. Eu digo que ela se encontrou. Afinal, encontrou a liberdade de ser quem ela é. 

Liberte-se menina

texto66Liberte-se menina, dos seus amores não correspondidos, e de todas as suas desilusões. Liberte-se dos seus medos e de todas as coisas que não deixar você viver os seus sonhos.

Viva não tenha medo de viver. A estrada da vida ás vezes é curta, ás vezes tem paradas muitas vezes tem curvas, mas sempre tem um fim. Não temas o passado, e nem ser preocupe com o futuro, viva o presente. Se der vontade de dançar, dance, como jamais houvesse o amanhã. Não ligue para o que as pessoas irão pensar. Liberte-se de tudo e de todos. Brinque mais vez na chuva. Roube um beijo de alguém que você tanto gostar. Diga para alguém que você o amar. Abrace alguém como você gostaria que fosse abraçada. Sorria sempre que puder, não deixe que ninguém tire esse seu lindo sorriso. E se você for chorar, que seja de tanto rir, e ser não for, que seja de felicidade. Porque menina, ninguém merece suas lágrimas de tristeza. Liberte-se menina de tudo que faz mal para você.

Leia mais livros se encante com todas as histórias que você ler. Construa o seu “mundo”, e mostre para as pessoas que lá os sonhos podem virá realidade. Liberte-se dos seus sonhos que não conseguiu ser realizados, não fique frustrada muitas coisas não dão certo, porque haverá coisas melhor esperando por você. Descubra novas coisas, algo que ninguém imaginou que pudesse existir, mas que você acredita que existe. Descubra o horizonte mostre para o mundo que o horizonte existe, e que não é apenas uma utopia.

Sempre que ouve vontade de cantar, cante. Não ligue se as pessoas irão te chama de louca, o que menos importa é o que as pessoas irão achar. Não a nada melhor do que sair cantando ao vento.

Liberte-se menina, saia desse casulo que você está presa. Abra as asas e voei. Voe pelo mundo, e conheça novas pessoas, conheça novas culturas, descubra o seu verdadeiro. Apenas ser liberte-se.