Seis séries para quem ama o mundo da moda

Ei, amantes do mundo da moda! Você é interessada por todos os assuntos relacionados a este tema, nada melhor do boas inspirações, né? Aliás, nada melhor do que bons seriados sobre tudo relacionado ao assunto. Por isso, selecionei seis séries que vai te ensinar a ter mais estilo e expandir ainda mais o seu conhecimento sobre a moda. Talvez tem alguma que você já andar assistindo, o post vai te ajudar, para que você consiga priorizar algumas na sua listinha ou então descobrir a nova série na qual se apegar. Se você está apaixonado pelo mundo da moda – sim, você precisar assistir uma dessas para se tornar uma super mestre da moda. Vem ver?

  • Gossip Girl

Este drama adolescente é um dos favoritos, a série gira em torno da vida de alguns jovens em Nova York. O enredo principal é que Gossip Girl, é um blog de confrontos, amor e conflitos familiares desses jovens milionários de Elite Young. Além da rotina de moda que aparece brevemente em algumas temporadas por meio do trabalho da mãe de Blair, diretora criativa de uma marca. O cenário é Manhattan, compras e muitas festas na vida de luxo das meninas do Upper East Side.

  • Sex and the City

Esta série da década de 90 que se tornou um clássico é baseada no livro de Candace Burhnell. Pode ser considerada uma comédia sobre a vida e os amores de quatro bons amigos: Carrie, Charlotte, Miranda e Samantha. O enredo é muito bom, com problemas que todas as meninas têm. Sem mencionar que eles falam sobre o mundo da moda de forma excepcional.

  • The Carrie Diaries

É a história da adolescência de Carrie Bradshaw de Sex and the City nos anos 80. O cenário ainda é Nova York e mostra as aventuras de Carrie na descoberta da sexualidade e da carreira, com figurinos inspiradores que mostram a influência de moda na vida da protagonista desde jovem.

  • Girlboss

As ruas de Los Angeles nunca mais foram as mesmas depois que Sophia Amoruso pisou nelas. A estilista, fundadora da Marca Natsy Gail, publicou em 2014 uma autobiografia e anos depois conquistou o publico com a série GirlBoss. Sua vida nunca foi fácil: sem emprego e prestes a ser despejada de casa, a fashionista encontra nos brechós sua grande paixão pela moda e passa a comprar peças, customizá-las e vende-las no Ebay e, a partir daí, descobre sua grande paixão. E nos mostra que também podemos ser líderes do nosso tempo, economia e vida sem depender de ninguém.

  • America’s Next Top Model

A série comandada pela top model Tyra Banks começou em 2003 e teve 22 temporadas até 2015. O reality retrata a disputa entre jovens que sonham em ser modelo e almejam o contrato com uma renomada agência, o prêmio principal. A roupa, a maquiagem e o estilo existem como aulas para todos os amantes da moda.

  • Atelier

A série, produzida em parceria com a televisão japonesa, conta a história de Mayuko, uma jovem estudante recém-formada  que começa a trabalhar em uma exigente empresa de lingerie. Mayuko não entende NADA de moda e acaba sendo tirada de tonta pela chefe Mayumi Nanjo (a Miranda Priestly da série). A iniciante acaba passando por uns apuros e a força de vontade para melhorar acaba chamando a atenção da chefe. Logo em seguida, ela percebe que precisará de muita ajuda para sobreviver o dia a dia em seu novo emprego. E a série mostra bastante como o ramo pode ser difícil de entrar e é cheio de intrigas.

Gostou das dicas? E você, tem mais séries que está na sua listinha para dividir com a gente, deixe-a aqui nos comentários!

Dez livros legais para você ler nestas férias

Ahhhh, férias! <3 <3 <3 Chegou o tempo de descansar e tentar fugir da rotina. Só curtir o momento! Nesses dias, tem coisa melhor do que ter a companhia de um ótimo livro? Por isso separei um post com dicas de títulos legais pra ler durante período afastado da escola ou faculdade. Tem romance, drama e fantasia. Diversas opções pra todos os gostos! Com vocês, dez livros legais para ler nestas férias!

Objetos Cortantes – Gillian Flyn

Sinopse: Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida. Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado. Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas. Compre aqui!

Caixa de Pássaros – Josh Malerman

Sinopse: É um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão. Compre aqui!

O Garoto do Cachecol Vermelho – Ana Beatriz Brandão

Sinopse: Uma história comovente, recheada de drama, suspense e romance. Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Melissa se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor. Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho… Compre aqui!

O Céu Noturno Em Minha Mente – Sarah Hammond

Sinopse: Com certo ar de O estranho caso do cachorro morto, esta é uma incrível história de mistérios e descobertas. Mikey Baxter tem 14 anos, mas muitas coisas o diferenciam dos outros garotos da sua idade. Para começar, o pai está na prisão e a mãe se recusa a falar sobre o assunto. Ele sabe que, de alguma forma, isso está ligado à cicatriz em sua cabeça e ao fato de ele parecer ter mais dificuldade em entender certos assuntos do que os outros. Quando um misterioso assassinato ocorre em sua cidade e Mikey é o primeiro a chegar à cena do crime, ele não sabe o que pensar. O que o levou até ali? Quem teria matado o morador de rua da cidade, que parecia nunca ter feito mal a ninguém? E quem era o homem caipira que estava nos arredores? Agora, ao mesmo tempo em que tenta entender a confusão em sua própria cabeça, Mikey precisa desvendar o que ocorre do lado de fora. Compre aqui!

Com Todo Amor do Mundo – Monaliza Nunes

Sinopse: Um minuto para uma criança que está na escola, ansiosa para brincar, vale o mesmo que uma senhora de oitenta anos que está cansada da vida. Um minuto para uma mãe que acaba de perder um filho é o mesmo que um dia para um soldado em campo de guerra. Um minuto para um homem de negócios, cheio de assuntos para resolver é igual há quinze minutos que uma adolescente tem para chegar em casa na hora.Então mesmo sem ser considerada uma grande aluna de física e química, acho que este negócio de tempo não tem importância de verdade, porque muitas vezes o momento mais importante da nossa vida durou dez segundos o que em nossa mente vale por dez minutos, ou dez vidas ou cinco segundos, isso depende de cada um.Talvez o tempo dependa mais nós, do que nós dependemos dele. Talvez o tempo seja uma lenda criada pelos índios antigos, o que importa de verdade é garantir que nosso tempo está sendo usado de forma correta. Compre aqui!

Um Presente da Tiffany – Melissa Hill

Sinopse: Véspera de Natal na Quinta Avenida: dois homens estão comprando presentes para as mulheres que amam. Gary quer dar para a namorada, Rachel, uma pulseira de berloques. Em parte, como agradecimento por ela ter pagado a viagem a Nova York durante as festas de fim de ano, mas principalmente porque ele deixou, como sempre, tudo para a última hora. Enquanto isso, Ethan está procurando algo mais especial — um anel de noivado para Vanessa, a mulher que conseguiu levar felicidade à sua vida e à de sua filha depois da morte da primeira esposa, que ele amava tanto. A vida desses dois casais acaba se cruzando por acidente. Quando as sacolas de compras dos dois homens se misturam sem que ninguém perceba, Rachel ganha o anel de noivado que seria de Vanessa, e encontrar a joia para entregá-la à sua legítima dona revela-se uma tarefa mais complicada do que Ethan imaginava. Será que o destino tem algo inesperado reservado para os casais? Ou será a magia da Tiffany que está no ar? Compre aqui!

A História de Nós Dois – Dani Atkins

Sinopse: Emma tem 27 anos, é linda e inteligente e vive cercada de pessoas que ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de escola, ela não poderia estar mais empolgada. Mas o que deveria ser o momento mais feliz de sua vida de repente vira uma tragédia. Emma sofre um acidente e é salva por um estranho minutos antes que o carro em que ela viajava explodisse. Abalada, ela decide adiar o casamento. E nesse meio-tempo descobre segredos que a fazem questionar as pessoas nas quais sempre confiara – a ponto de duvidar se deve se casar afinal. Para complicar, ela se sente cada vez mais ligada a Jack, o homem que a salvou e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo, gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu. Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou… Uma mulher, dois homens, tantos destinos possíveis. Como essa história vai terminar? Compre aqui!

O Menino Que Desenhava Monstros – Keith Donohue

Sinopse: Jack Peter é um garoto de 10 anos com síndrome de Asperger que quase se afogou no mar três anos antes. Desde então, ele só sai de casa para ir ao médico. Jack está convencido de que há de monstros embaixo de sua cama e à espreita em cada canto. Certo dia, acaba agredindo a mãe sem querer, ao achar que ela era um dos monstros que habitavam seus sonhos. Ela, por sua vez, sente cada vez mais medo do filho e tenta buscar ajuda, mas o marido acha que é só uma fase e que isso tudo vai passar. Não demora muito até que o pai de Jack também comece a ver coisas estranhas. Uma aparição que surge onde quer que ele olhe. Sua esposa passa a ouvir sons que vêm do oceano e parecem forçar a entrada de sua casa. Enquanto as pessoas ao redor de Jack são assombradas pelo que acham que estão vendo, os monstros que Jack desenha em seu caderno começam a se tornar reais e podem estar relacionados a grandes tragédias que ocorreram na região. Padres são chamados, histórias são contadas, janelas batem. E os monstros parecem se aproximar cada vez mais. Na superfície, O Menino que Desenhava Monstros é uma história sobre pais fazendo o melhor para criar um filho com certo grau de autismo, mas é também uma história sobre fantasmas, monstros, mistérios e um passado ainda mais assustador. Compre aqui!

O último turno – Stephen King

Sinopse: Brady Hartsfield, o diabólico Assassino do Mercedes, está há cinco anos em estado vegetativo em uma clínica de traumatismo cerebral. Segundo os médicos, qualquer coisa perto de uma recuperação completa é improvável. Mas sob o olhar fixo e a imobilidade, Brady está acordado, e possui agora poderes capazes de criar o caos sem que sequer precise deixar a cama de hospital. O detetive aposentado Bill Hodges agora trabalha em uma agência de investigação com Holly Gibney, a mulher que desferiu o golpe em Brady. Quando os dois são chamados a uma cena de suicídio que tem ligação com o Massacre do Mercedes, logo se veem envolvidos no que pode ser seu caso mais perigoso até então. Brady está de volta e, desta vez, não planeja se vingar apenas de seus inimigos, mas atingir toda uma cidade. Em Último turno, Stephen King leva a trilogia a uma conclusão sublime e aterrorizante, combinando a narrativa policial de Mr. Mercedes e Achados e perdidos com o suspense sobrenatural que é sua marca registrada. Compre aqui!

A Melhor Coisa Que Nunca Aconteceu na Minha Vida – Laura Tait e Jimmy Rice

Sinopse: Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados? Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso. Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância? Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor? A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas. Compre aqui!

Poxa, são tantos livros legais, que é até impossível querer ler apenas um, hein? Agora conta nos comentários: E qual destes que aparecem aqui é o seu favorito? Quero sabeeer! \o/

O BTS vai dominar o mundo? Quatro músicas deles para você curtir

Se você é antenado no mundo da música, pode já ter visto o nome da banda BTS, na verdade é uma abreviação de Bangtan Boys. A boyband sul-coreana que é presença constante nos trending topics do Twitter está conquistando cada vez mais espaço na indústria. O grupo BTS se formou em 2013 e é composto por sete integrantes: Jin, Suga, J-hope, Rap Monster, Jimin, V e Jungkook. Além de cantarem, eles também dançam muuuito e são uns fofos! Considerada uma das maiores bandas de K-Pop da história, o grupo é um fenômeno que conquistou uma base sólida de fãs espalhada pelo mundo com a sua mistura única de hip-hop, eletrônica e elementos mais suaves. Confira alguns dos maiores sucessos do grupo. Ouça só:

Dope subiu para o seu pico no número 3 no Quadro Digital Mundial da Billboard apesar de ter sido lançado dois meses antes. Dope foi um grande sucesso! Afinal, como não se apaixonar pela batida e coreografia dessa música? <3

Lançado em 2016 o single ”Fire” ganhou 3 prêmios consecutivos. Esta é uma música intensa. O começo imediatamente o puxa com o forte cântico de “Fogo” apoiado por um instrumental enérgico. O vídeo clipe é bem legal, com fogos e com uma coreografia que é tão rápida, perfeitamente combinada com o ritmo da música. É a dança que continua sem interrupção até o fim. É tão épico e cheio de energia.

“Blood Sweat & Tears” é a música principal do álbum WINGS. O videoclipe quebrou o recorde de clipes da categoria K-Pop mais visto em 24 horas, com mais de 6,3 milhões de acessos em um único dia. As cenas do vídeo mostrar algo assombrado que explora ideias de destino, realidade, vida e também morte. O clipe de seis minutos mostra os membros do BTS perambulando por um corredor ecoante repleto de esculturas clássicas e anjos chorando e, alternativamente, mantidos em espaços escuros, amarrados e presos sem saída. Misturado com as imagens mais clássicas se encontram cenas brilhantes e referências ao pós vida, como sudários e véus.

Como previamente anunciado, o lançamento de ‘DNA’ também coincide com o novo mini álbum do BTS, ‘Love Yourself: Her’, o primeiro deles a ter uma maior distribuição fora da Coréia. Dirigido por YongSeok Choi, o vídeo traz a banda em um clima ainda mais pop do que já conhecido. Ele tem uma vibe divertida, cheia de cores e ainda conta com looks maravilhosos. Aprovadíssimo!

E ao contrário do que se possa imaginar, eles não cantam somente em coreano, mas muitas de suas faixas são em inglês e outros idiomas.

A ascensão em nível mundial do grupo de K-Pop ficou comprovada em 2017, quando a boyband não só foi indicada na prestigiada premiação da Billboard Music Awards na categoria Top Artista Social, como levou o prêmio, desbancando Justin Bieber, Ariana Grande, Selena Gomez e Shawn Mendes. Vale lembrar que eles foram o primeiro grupo de k-pop a ser premiado no Billboard Music Awards. É muito lacre! Desde então, as mais diversas publicações americanas e europeias se curvaram à popularidade dos meninos e os incluíram no painel de artistas que merecem atenção a cada novo lançamento e novidade.

 E aí, curtiu o som deles? Já tinha ouvido algumas dessas músicas? Espero que vocês tenham curtido conhecer o BTS. Me contem nos comentários qual vídeo vocês mais gostaram!

Oito livros que falam sobre amizade que você precisa ler

Você adora ler um bom livro? Então prepare o coraçãozinho, porque este post vai ser só amor! O assunto é sobre: livros que falam de amizade! Até mesmo na literatura, nos ensinando como é importante ter amigos para compartilhar, felicidade e também dias difíceis. Aprendemos sobre lealdade, honestidade e companheirismo. É aquele velho ditado né? “Quem tem amigos tem tudo”. Até porque, os amigos são uma das maiores dádivas que podemos ter na vida. Por isso, resolvi listar oito livros que falam sobre amizade que você precisa ler. Olha só!

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus.Também não faz ideia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos de que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e, para além dela, centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com um frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel,um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. ‘O Menino do Pijama Listrado’ é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade – até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente – convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras – são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.

Peter e sua raposa são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas. Alternando perspectivas para mostrar os caminhos paralelos dos dois personagens centrais, Pax expõe o desenvolvimento do menino em sua tentativa de enfrentar a ferocidade herdada pelo pai, enquanto a raposa, domesticada, segue o caminho contrário, de explorar sua natureza selvagem. Um romance atemporal e para todas as idades, que aborda relações familiares, a relação do homem com o ambiente e os perigos que carregamos dentro de nós mesmos. Uma história que celebra a lealdade e o amor.

O romance narra a tocante história da amizade entre Amir e Hassan, dois meninos que vivem no Afeganistão da década de 1970. Durante um campeonato de pipas, Amir perde a chance de defender Hassan, num episódio que marca a vida dos dois amigos para sempre. Vinte anos mais tarde, quando Amir está estabelecido nos Estados Unidos, após ter abandonado um Afeganistão tomado pelos soviéticos, ele retorna a seu país de origem e é obrigado a acertar as contas com o passado.

Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos. Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa. À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou. E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava (ou sabe definir), eles percebem que falam tudo um para o outro… exceto o que mais importa.

Um piloto forçado a aterrissar no deserto do Saara encontra um pequeno príncipe, recém-chegado de um planeta distante. As sábias, encantadoras e inesquecíveis histórias contadas pelo pequeno príncipe falam de seu próprio planeta, com seus três vulcões e uma flor presunçosa. Uma história maravilhosa e profunda, para todas as idades, e ilustrada pelo próprio autor.

A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai… bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine. O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden. Early, um nome que poderia ser traduzido como precoce, é uma descrição muito adequada para um prodígio como ele, que decifra casas decimais do número Pi como se lesse uma odisseia. Mas, por trás de sua genialidade, há uma enorme dificuldade de se relacionar com o mundo e de lidar com seus sentimentos e com as pessoas ao seu redor. Quando chegam as festas de fim de ano, a escola fica vazia. Todos os alunos voltam para casa, para celebrar com suas famílias. Todos, menos Jack e Early. Os dois aproveitam a solidão involuntária e partem em uma jornada ao encontro do lendário Urso Apalache. Nessa grande aventura, vão encontrar piratas, seres fantásticos e até, quem sabe, uma maneira de trazer os mortos de volta – ainda que talvez do que Jack mais precise seja aprender a deixá-los em paz.

E você? Ficou interessada por algum desses títulos? Sabe de mais algum interessante para indicar pra gente? Conta tudo nos comentários!

Seis músicas da Dua Lipa para adicionar aos seus favoritos

Se você ainda não conhece a Dua Lipa, trate de conhecer agora! Ela é uma cantora, compositora e modelo inglesa de origem albanesa. Como a filha de um músico, Lipa cresceu rodeada pela música. Sua carreira musical começou aos 14 anos, quando ela começou a fazer covers de músicas de artistas como Christina Aguilera e Nelly Furtado no Youtube. Em 2015, ela assinou com a Warner Bros e lançou seu primeiro single.

Atualmente com seus 22 anos, estreando seu álbum autointitulado com o seu próprio nome. Dua é uma das grandes apostas da música pop contemporânea, que vem conquistando cada vez mais espaço com suas letras e ritmos contagiantes. Provavelmente você já ouviu algum hit, só não sabia que era dela. Duvida? Então continue lendo para saber mais sobre ela e também para você dançar e cantar muito! Ouça só:

Em agosto de 2015, Dua lançou seu primeiro single autoralNew Love, produzido por Emile Haynie (conhecido por trabalhar com Lana Del Rey e Bruno Mars) e Andrew Wyatt (Miike Snow e Florence + The Machine). O vídeo já acumula mais de 15 milhões de visualizações no YouTube. O sucesso da música também fez com que a cantora figurasse na lista BBC Sound of 2016, da rede britânica. Aliás, o clipe não é cheio de efeitos visuais, mas tem uma simplicidade bem legal e uma fotografia incrível.

Seu segundo single, a música “Be The One”, foi lançado em outubro de 2015 e atingiu o Top 10 em charts na Alemanha, Áustria, Reino Unido, Bélgica e Suiça. O videoclipe da faixa já possui mais de 100 milhões de visualizações no YouTube. Lipa ainda disse que “Be The One” é a única faixa do álbum que não escreveu “[mas] eu não poderia descartá-la; é uma de minhas favoritas.”(é a minha preferida também). O refrão, sem dúvida, é o ponto máximo e vai ficar por alguns dias na sua cabeça (e será prazeroso, acredite).

Mas é em “Hotter than Hell” que ela aposta com mais força a sua chegada triunfal ao cenário fonográfico. De que forma? Investindo no estilo que vem contagiando todos nós há alguns meses, o tropical house. Dua Lipa surge maravilhosa em um barracão na companhia de amigos. O tom monótono é puro disfarce, enquanto a artista suplica pela atenção do amado.

Canção que se tornou sua primeira entrada na parada Hot 100, da Billboard norte-americana. A faixa ainda culminou a parada Dance Club Songs. Tendo o vídeo filmado em torno da arquitetura de Londres, o clipe conta com Dua Lipa e seu esquadrão feminino em meio a skates, casacos, cartazes e uma vibe ativista positiva. Há inclusive placas em que promovem a candidatura fictícia da cantora para presidente, além de uma referência a Meninas Malvadas com um “You Can’t Sit With Us”.

E como todo bom cantor, começou a fazer partições, como essa musica do Martin Garrix. O DJ tem a sorte de ter chamado Dua Lipa, que transformou a canção por meio de sua voz grave e sua personalidade que já conhecemos bem.

“New Rules” é uma canção derivada dos gêneros tropical house, EDM e electropop cuja instrumentação incluiu o uso de bateria e trompa. Liricamente, apresenta Lipa indicando uma lista de regras para terminar com um ex-namorado. E o vídeo traz toda essa temática: para esquecer o boy, Dua conta com a ajuda de várias amigas que passam a dar “novas regras” em sua rotina. O resultado ficou bem teatral, com cenas bem marcadas e com uma coreografia genial e impecável, contando coma uma sororidade feminina. New Rules não tinha como dar errado, né? E no final, Dua aprende a lição e passa a ensinar essas regras para outra amiga.

Em algumas entrevistas Lipa, disse: “Tive altos e baixos tentando me encontrar”, disse ela sobre o processo de descobrir o seu som… “Você tem que trabalhar muito, muito duro – não apenas para a música, mas para qualquer coisa que você faça na vida”, Lipa disse sobre o seu vir-a até a estrela pop. “Eu não acho que ter uma carreira como esta em meu alcance”, ela continuou. “Não há descanso para os maus. Sonhos tornam-se realidade”, ela diz na última linhas do documentário, sabendo que isso é apenas o começo.

E aí, curtiu o som dela? Já tinha ouvido algumas dessas músicas? Então vamos torcer para que venha muito mais hits bons por aí!

Instagram para seguir: perfis para quem ama papelaria

Não tem como resistir ao universo da papelaria, né? É um lugar repleto de magia e que faz a gente se encantar com tudo que possa existir lá. Mas o melhor é que, não precisamos mais sair de casa e nem visitar lojas online pra ficar olhando esses itens tão fofos. Dá pra acreditar? Você pode ver fotos de perfis no Instagram. Se você apaixonada por papelaria, vai amar este post! Por isso, vale o muito a pena da follow nesses perfis: vai deixar o seu feed mais bonito, colorido e inspirador. Olha só a listinha que selecionei no post de hoje!

Começamos com esse monte de belezinhas! A Ruthie tem um perfil que mostrar organização dos seus planners. Você acabar ficando até com vontade de começar a fazer o seu próprio – de tão lindos e coloridos que são.

Um mundo cheio de itens e objetos lindíssimos! Christy tem um perfil de loja virtual de papelaria e ainda postar como decorar as agendas… Tudo muito incrível!

Momo é outro perfil que encanta e dá vontade de ficar pra sempre: deu para notar olhando um pouco dos seus trabalhos, né? Além do mais, tem diversas inspirações de bullet journal e uma bagunça enorme com tantos itens maravilhosas de papelaria. Coisa linda demais!

Olha que lindeza, gente! A Sam é a dona de uma das lojas mais fofas da internet e ela mesmo cria boa parte dos impressos. Lá em seu perfil, você encontrar ideias novas de como usar adesivos ou organizar informações.

Meg & Meg é uma loja virtual que produz seus próprios produtos – são coisinhas fofas e dá um toque em nossa criatividade. Tudo muito gracinha, né? É de deixar qualquer feed muito mais encantador!

E finalizamos com a Rachel – tem um perfil daqueles em que as fotos combinar entre si, em um tema bem clean. Maravilhoso!

Já conhecia algum desses? Conhece mais algum perfil do tipo? Conta pra gente nos comentários!

Covers incríveis para você ouvir de “Sign of the Times”, do Harry Styles

“Sign of the Times” é a primeira canção solo do cantor inglês Harry Styles. É o primeiro single do cantor fora da boy band One Direction. Não podemos negar que o seu primeiro single, é um verdadeiro sucesso em todo o mundo, no Brasil não é diferente. Tanto é, que acabou se tornando uma das minhas músicas favoritas e, todos os dias preciso ouvir. Com todo esse sucesso os covers começaram á surgir, aliás, as versões são todas incríveis! Vem ouvir: tenho certeza de que você vai curtir muito! 😀

  •  Jasmine Thompson e Sabrina Carpenter

Esse dueto ficou perfeito, né?! ♥ Além, do piano dando ainda mais um destaque em suas vozes, acabar deixando a canção com uma pegada mais emocionante e deixando ainda mais linda! O que falar, quando no final elas soltam o timbre?

  • ROllUpHills

A música já é perfeita por si só, mas essa interpretação, faz a gente cada vez mais viajar em cada estrofe! É incrível como ele mudar o timbre, deixando a canção com um ar mais apaixonante. É impossível, não se apaixonar, por essa voz tão suave e envolvente!

  • Samantha Harvey

Como não viajar com essa voz tão angelical? A forma como ela torce as notas no coro é algo muito épico. É um grande talento que todos devem ouvir!

  • Annie Pattison

Não poderia faltar uma versão em acústico! E, simplesmente, eu adorei! Annie tem um timbre tão calmante: deixando a gente com uma leveza na alma.

  • Tiffany Alvord & Future Sunsets

E, para finalizar, com esse excelente cover. Tem uma abordagem perfeita – ainda mais com esse arranjo tão incrível. Com uma misturar vocal bem produzida, deixando a música mais fantástica! <3

Just stop your crying. It’s a sign of the times

Welcome to the final show. Hope you’re wearing your best clothes

You can’t bribe the door on your way to the sky. You look pretty good down here

But you ain’t really good…

E aí, qual é a sua versão favorita? Já conhecia algum? Conta pra gente nos comentários! 

Nostalgia: músicas que vale a pena ouvir de novo

A internet é um meio de divulgação mais usada atualmente. E disso ninguém discorda, certo? Hoje em dia é um grande “empurrãozinho” para bandas e cantores independentes. Porém, antigamente não era bem assim, os artistas batalhavam muito para ter suas músicas reconhecidas e tocadas em rádios que, ás vezes, com sorte entrava nas paradas de sucesso do mundo inteiro. E, provavelmente, essas músicas seus pais ouviram muito durante a juventude. Quem sabe você não acabou ouvindo algumas delas? Com o intuito de ouvir canções que um dia fez tanto sucesso e marcou vida de muitas pessoas, resolvi fazer um breve flashback! Olha só, alguns clipes que valem a pena ouvir, dançar e cantar de novo. <3

  • Cher – Believe

Cher é uma das maiores ícones da música pop! <3 Believe foi um dos primeiros hits pop a usar auto tune e correção de tom para efeitos na voz. Cher pediu para o co-produtor Mark Taylor para introduzir um elemento semelhante em “Believe” e ele mexeu nas máquinas do estúdio, criando aquele som robótico da faixa. Cher ficou satisfeita, mas encontrou resistência na gravadora, que hesitou em lançar uma música que mascarava a sua voz tão reconhecida. O mais legal é que a música alcançou o 1º lugar (RAINHA!) do Hot 100. Também se tornou a música de 1999 e ganhou um Grammy por Melhor Gravação Dance.

  • Cyndi Lauper – Girls Just Want To Have Fun

Girls Just Want To Have Fun é uma música anos 80 interpretada pela cantora americana Cyndi Lauper. está no álbum de estreia de Cyndi Lauper She’s So Unusual (1983) e foi a canção de maior sucesso de Cyndi Lauper. A música foi escrita e cantada por Robert Hazard. Foi originalmente escrita a partir de um ponto de vista do sexo masculino. Para sua versão, Cyndi Lauper modificou ligeiramente a letra, sintetizado-a como um “hino” sobre o papel feminino na sociedade, e é considerado um clássico da era feminista.

  • Roxette – It Must Have Been Love

“It Must Have Been Love” é uma música composta por Per Gessle e lançada pela dupla pop sueca Roxette. Comercialmente, é seu single mais bem-sucedido nos Estados Unidos. Embora originalmente não fizesse parte de qualquer álbum do Roxette, “It Must Have Been Love” foi lançado como single em 23 de novembro de 1987 apenas na Suécia com o título “It Must Have Been Love (Christmas for the Broken Hearted), em seguida, lançada internacionalmente, em 1990, a partir da trilha sonora do filme Pretty Woman (Uma Linda Mulher).

  • Always – Bon Jovi

O sucesso do single fez com que a banda gravasse um videoclipe da canção. O clipe pode ser considerado um clichê do hard rock, por mostrar no decorrer do vídeo um casal dentro do carro dirigindo para o além e passando por diversas situações. Always é um clássico do gênero e fez muito sucesso na época. Foi incluída no álbum Cross Road (1994). Dizem que Bon Jovi escreveu essa música para o filme Romeo is Bleeding (de 1993, não assistir), mas parece que o Jon Bon Jovi, não curtiu o filme e decidiu manter a música na prateleira até que lembrou dela ao lançar o álbum. Always, que foi e, ainda é, um hit instantâneo. Uma canção com a letra romântica, dramática e gruda na sua cabeça. E muito gostosa de ouvir, claro!

  • 4 Non Blondes – What’s Up

Foi escrita por Linda Perry, a vocalista da banda, enquanto que a produção ficou a cargo de David Tickle. A sua gravação decorreu em 1992. Deriva de origens estilísticas de rock alternativo e blues rock. Liricamente, o tema descreve alguém que está entediado, esperando que algo aconteça, e reza para Deus por uma revolução em sua vida. A canção obteve um grande sucesso em países da Europa. E também fez parte de um cena da série da Netflix: Sense 8.

  • Madonna – Like A Prayer

Um dos singles mais controversos e brilhantes da carreira da Madonna. Lançado 1989, foi mais uma parceria de sucesso entre Madonna e o produtor Patrick Leonard, que já havia produzido várias faixas do álbum “True Blue”. A letra foi inspirada na criação católica que Madonna teve, embora deixe muitas dúvidas se fala sobre sua relação com Deus ou sobre o amor, aliada com uma mistura de guitarras, teclados e um coral de igreja, foi a fórmula perfeita para que música estourasse nas paradas de sucesso do mundo todo. Aclamada pelo público e pela crítica, a música é considerada uma das melhores de toda a carreira da Madonna, e prova disso é que ela está sempre presente nas turnês da cantora, e mesmo na era digital, virou um best seller, vendendo mais de 400 mil downloads.

Muita música boa, né? São clássicos atemporais – não importa quantos anos passem, nunca vão deixar de fazer sucesso, passando de geração em geração. Já sentiu saudades de uma época, que você não viveu? Pois é, sinto assim quando ouço cada uma dessas músicas. Se você tiver mais alguma pra indicar, é só conta nos comentários!

Das páginas para as telas: filmes baseados em livros que deram certo

Tem algo que eu gosto muito é vê o meu livro favorito se transformando em um filme incrível! É tão legal, você ficar imaginando os personagens e depois os atores escolhidos são bem parecidos do que você fantasiou, ou ás vezes, não. Mas, o mais importante é atuação, né? 😛 Sei, que muitas vezes o filme deixar a desejar, já que o livro sempre é mais cheio de detalhes e que algumas passagens não estarão presentes nas telonas dos cinemas. O engraçado é que alguns filmes acaba me surpreendendo tanto quanto ou até mais que os livros nos quais foram inspirados. Por isso, gosto quando as artes se misturam. Muitas vezes, o resultado pode ser incrível e foi o que aconteceu comigo e assistindo a esses filmes. Vem ver:

  • A Menina que Roubava Livros

O filme é baseado no best-seller do autor Markus Zusak e já vendeu milhões de cópias ao redor do mundo. O filme se passa durante a Segunda Guerra Mundial e narra à história de uma jovem garota chamada Liesel, que sobrevive fora de Munique através dos livros que ela rouba. Ajudada por seu pai adotivo, ela aprende a ler e partilhar livros com seus vizinhos, incluindo um homem judeu que vive na clandestinidade.

  • Um dia

Baseado no livro de David Nicholls – que se tornou um best-seller mundial – “Um Dia” mostra a vida de um casal (interpretado por Anne Hathaway e Jim Sturgess) que se conhece em sua formatura, no dia 15 de julho. Então, pelos próximos 20 anos, eles se encontram sempre na mesma data. Muitas coisas acontece com esses dois, viu?

  • O Lado Bom da Vida

Esse filme foi inspirado no livro de Matthew Quick, que leva o mesmo título do filme. Por conta de algumas atitudes erradas que deixaram as pessoas de seu trabalho assustadas, Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) perdeu quase tudo na vida: sua casa, o emprego e o casamento. Depois de passar um tempo internado em um sanatório, ele acaba saindo de lá para voltar a morar com os pais. Decidido a reconstruir sua vida, ele acredita ser possível passar por cima de todos os problemas do passado recente e até reconquistar a ex-esposa. Embora seu temperamento ainda inspire cuidados, um casal amigo o convida para jantar e nesta noite ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma mulher também problemática que poderá provocar mudanças significativas em seus planos futuros.

  • Marley & Eu

É uma história real escrita pelo jornalista John Grohan. No filme John (Owen Wilson) e Jenny (Jennifer Aniston) resolvem adotar um cachorro. Marley, como é batizado o labrador, se revela um cão bagunceiro e incorrigível, mas também um grande companheiro da família durante toda a sua vida.

  • As Vantagens de Ser Invisível 

Uma história escrita e dirigida para as telonas do cinema pelo, Stephen Chbosky. Na história, Charlie (Logan) tem um relacionamento conturbado com sua família e está se recuperando de depressão. O garoto se sente tão isolado que se corresponde por cartas anônimas com uma pessoa. Mas tudo muda quando ele chega ao novo colégio e conhece Sam (Emma) e Patrick (interpretado pelo fofo Ezra Miller). Juntos o trio passará por várias descobertas. Tem dramas sobre a primeira vez, envolvimento com drogas e desilusão amorosa. Ao longo do filme Charlie ainda se apaixona pela Sam. É impossível não se amar a história.

  • Querido John

Foi baseado no livro de Nichollas Sparks, onde um jovem soldado, John (Channing Tatum), tira licença do trabalho e conhece a jovem Savannah (Amanda Seyfried). Quando ele precisa voltar ao exército, o casal de namorados passa a ser corresponder por cartas. Claro, o livro tem mais detalhes, mas o filme conseguiu ser bem fiel a história

  • O Diabo Veste Prada

É um livro best-seller, escrito por Lauren Weisberger. Ganhou uma adaptação cinematográfica de mesmo título em 2006. Conta a história de Andrea Sachs (Anne Hathaway), uma garota do interior recém-saída da faculdade, que consegue o emprego que seria o sonho de consumo de milhões de mulheres. é contratada como assistente de Miranda Priestly (Meryl Streep), lendária editora da revista Runway. Mas é aí que começa seu real pesadelo, pois sua chefe é um verdadeiro demônio. Além de fazer toda a sociedade nova-iorquina temê-la por seu poder de erguer ou destruir uma carreira, transforma a vida de seus subordinados em um verdadeiro inferno, exigindo as tarefas mais absurdas 24 horas por dia.

  • Na Natureza Selvagem

No livro “Na natureza selvagem” lançado em 1996, o autor, Jon Krakauer refaz a trajetória de Chris McCandless. Em 2007 é lançado o filme homônimo, dirigido por Sean Penn. Início da década de 90, Christopher McCandless (Emile Hirsch) é um jovem recém-formado, que decide viajar sem rumo pelos Estados Unidos em busca da liberdade. Durante sua jornada pela Dakota do Sul, Arizona e Califórnia ele conhece pessoas que mudam sua vida, assim como sua presença também modifica as delas. Até que, após dois anos na estrada, Christopher decide fazer a maior das viagens e partir rumo ao Alasca. Como é inspirador em uma história real, é ainda mais interessante.

Desta vez a listinha ficou bastante variada, né? Lembrando que, já teve um post aqui no blog de filmes que foram inspirados em livros. Sim, são tantos livros que foram adaptados para o cinema que são incríveis, pretendo trazer no próximo post! E aí, já leu ou assistiu alguns desses? O que acharam?! Conta tudo nos comentários! 

Livros de autores nacionais que você vai amar ler

Esse post é feito especialmente para quem ama livros e autores nacionais! É incrível vê que os nossos autores brasileiros, vem ganhando espaço nas estantes e prateleiras por aí e o preconceito está indo embora. Até porque, temos muitos livros e autores bons, que merece todo o reconhecimento do mundo. Pensando nisso, selecionei os que mais fazem os olhinhos de qualquer leitor brilharem muito para que vocês possam conhecer (e claro, ler!). Se interessou? Então é só continuar lendo!

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos…

O Theatro José de Alencar estava prestes a passar por uma grande reforma. Marcelo, um arquiteto especialista em construções antigas, foi contratado para coordenar a obra. Sua missão era fazer com que a casa de espetáculos ficasse exatamente como era no dia da inauguração. Marcelo era viúvo e tinha uma filha, Anabela, que logo no primeiro dia de reforma viveu um encontro assustador com o fantasma de uma jovem bailarina que aparecia no teatro há muitos anos. Mesmo contra sua vontade, Anabela embarcou em uma viagem pelo passado daquele lugar e envolveu-se completamente em uma história de amor, medo e muito mistério, conduzida pelo hálito gelado e a presença diáfana da bailarina fantasma, que só poderia ir embora quando resolvesse, com a ajuda de Anabela, algo muito importante que mudaria a vida de várias pessoas.

Viver esse amor na prática, no entanto, nem sempre é fácil. E é exatamente sobre felicidade, vida e amor que Ique Carvalho fala neste livro. O autor, que começou escrevendo em seu blog e já tocou o coração de milhares de pessoas que se envolveram e se emocionaram com suas palavras, descreve com perfeição o amor que muitos procuram e poucos realmente encontram. E ele fala do amor em todas as suas expressões: desde o romântico entre duas pessoas até o mais puro e verdadeiro dos laços familiares, que ele tem com seu pai e mentor. Como as relações humanas são frágeis e complicadas, os relacionamentos tornam-se difíceis, o que nos faz buscar a felicidade nos lugares ou nas pessoas erradas. Mas o autor nos faz enxergar a vida de forma diferente. Faça amor, não faça jogo é um lembrete de que, no jogo do amor, não é necessário haver ganhadores ou perdedores. Basta olhar e aceitar novos paradigmas e acreditar no que diz seu coração. E vivenciar isso de verdade.

Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz. O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa… O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes… Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.

Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal per-fei-to! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.
Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado.

Por que alguém escolheria uma orquestra se pode ter uma banda de rock? Essa sempre foi a dúvida de Valentina Gontcharov. Entre o trabalho como gerente do mercado do bairro e as tarefas de casa, o sonho de viver de música estava, aos poucos, ficando em segundo plano. Até que, ao descobrir que tem ouvido absoluto e ser aceita na Academia Margareth Vilela, o conservatório de música mais famoso do país, a garota tem a chance de seguir uma nova vida na conhecida Cidade da Música, o lugar capaz de realizar todos os seus sonhos.No conservatório, Tim, como prefere ser chamada, terá que superar seus medos e inseguranças e provar a si mesma do que é capaz, mesmo que isso signifique dominar o tão assustador piano e abraçar de vez o seu lado de musicista clássica. Só que, para dificultar ainda mais as coisas, o arrogante e talentoso Kim cruza seu caminho de uma forma que é impossível ignorar. Em um universo completamente diferente do que estava acostumada, repleto de notas, arpejos, partituras, instrumentos e disciplina, Valentina irá mostrar ao certinho Kim que não é só ele que está precisando de um pouco de rock’n’roll, mas sim toda a Cidade da Música.

Uma releitura da história da Pequena Sereia, com a marca de Paula Pimenta, uma das mais importantes autoras brasileiras da atualidade Arielle Botrel é uma nadadora famosa, prestes a viver o maior desafio de sua vida: participar das Olimpíadas pela primeira vez. Porém, ao contrário do que todos pensam, ela não possui tudo que deseja. Por ser a filha caçula de uma grande família, a garota é muito protegida e, apesar das medalhas e dos troféus, sonha com uma vida diferente, onde possa ser livre. Até que um dia um acidente faz tudo mudar. Arielle é apresentada a um mundo diferente… E nele existe alguém que vira sua vida de cabeça para baixo. Porém, para conquistá-lo, ela terá que abrir mão de sua voz. Será que Arielle vai conseguir conquistar esse príncipe sem palavras? E se no coração dele já existir outra princesa?

Bernardo é um excelente jornalista e suas matérias investigativas são sempre muito elogiadas. Ele só tem uma limitação: odeia trabalhar em equipe. Uma grande decepção amorosa fez com que ele se tornasse fechado e antipático. Por isso a incumbência de levar Rafaela, a nova estagiária do jornal onde trabalha, para todos os lugares, pode parecer a receita certa para uma desgraça. Mas, com o passar dos dias, Bernardo e Rafaela descobrirão que têm muito mais em comum do que a paixão pelo jornalismo.

Após as férias de verão, Zeca se olhou no espelho e não reconheceu o garoto ali refletido. Ele tinha crescido e mudado muito. Parecia outra pessoa! Estava mais alto, com a voz mais grave, e o que mais causava espanto: seu repentino sucesso com as garotas! Então veio uma descoberta bastante confusa: ser adolescente não é nada fácil. Não é mais criança, mas também não é adulto ainda. E ali, no meio do caminho, um bocado de coisas novas (e bem estranhas!) passaram a acontecer. Além de lidar com a nova aparência e a popularidade, algumas perguntas começaram a provocar confusões na cabeça de Zeca…
Por que suas irmãs gêmeas viviam se arrumando, tirando selfies e falavam sem parar? Por que certas coisas que antes eram tão legais não tinham mais a mesma graça? Por que o perfume que a Júlia deixou no rosto de Zeca mexeu tanto com ele? E a principal questão: Por que ele não consegue parar de pensar nela?

Em “Depois do fim”, Daniel Bovolento conta a trajetória de todo mundo que terminou alguma coisa e tem que aprender a lidar com as diferentes dores e superações de quem perdeu um amor. São 50 textos em que se misturam crônicas e desabafos sobre recomeço, aprendizado e a esperança de um novo final feliz. “Cada um de nós encontra uma maneira diferente de encarar o fim. Cada um de nós passa por fins diferentes, por mais que tenhamos tido histórias parecidas.”

Às vezes, a gente insiste em viver um relacionamento que já chegou ao final faz tempo. Tentamos resistir, fazer de tudo para durar mais, lutando para trazer de volta os momentos mágicos do início. Mas, quando o amor acaba, no lugar do conforto e do carinho que existiam só restam feridas que vão doer por um bom tempo e deixar cicatrizes que não desaparecerão. Porque o amor nem sempre é para sempre. Com o fim vem a tristeza, a saudade, a mágoa, o desespero e a vontade de nunca mais sentir aquela dor. Aí fechamos as portas ao perigo de sermos machucados outra vez, mas também à chance de sermos amados de novo. Um belo dia, quando as lágrimas já secaram e nos esquecemos do desconforto, com muito cuidado abrimos uma fresta só para ver a vida lá fora. E, assim como um raio de sol que entra por qualquer brecha, de repente uma vontade de recomeçar nos invade e tudo volta a fazer sentido. E, sem nem saber como, no meio do caminho avistamos novamente o amor ¿ e a certeza de um novo começo!

Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação — em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números —, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando Alina decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa.

Tantas dicas legais! Tem algum livro de autor brasileiro que não está aqui na lista e você recomendaria: qual é? E aí, já conhecia todos esses livros? Ficou com vontade de ler algum em especial? Compartilhar com a gente nos comentários!