O amor chegar sem avisar

O amor bateu na porta. Corri para abrir. Ele entrou sem pedir licença e nem fazer barulho algum. Deixando um buquê de gérberas no centro de mesa. Sentou-se na poltrona de frente para a janela. Depois, ofereci um pouco de café. Ele acabou recusando. Sua presença fazia o meu coração acelerar e as minhas mãos suarem. Então a gente se encarar, como se acabássemos de nos conhecer. O mais assustado é que sempre esteve escondido em algum canto destas paredes. Em seguida, ele vai em direção à vitrola em cima da estante e colocar uma música romântica para tocar. Fecho meus olhos para sentir ainda mais aquela canção. O silêncio pairava na sala. A música tinha terminado e o amor havia ido embora.

Antes de partir, deixou borboletas voando por todos os cantos. Textos esparramados pela escrivaninha e uma paz dentro de mim.

O amor não vai aparece quando você estiver esperando. Ele é sorrateiro. Entra pelas frestas da janela ou qualquer lugar que puder. Nos deixa desorientada, sem rumo e com uma felicidade que não consegue explicar de onde vêm. Ele nos ensina a voar mais alto e segurar a nossa mão, para não cair. É recíproco. Não dói. Te faz se sentir em êxtase e você viajar em seus próprios devaneios. Consegui sentir isso!? É você fechar os olhos e mesmo com medo da escuridão, sabe que está seguro.

Por isso, que as histórias de amor fazem sentido. E o final feliz, não nada é clichê. Com o amor sua vida é mais colorida, o céu é ainda mais azul e as flores são ainda mais perfumadas. As estrelas vão está ainda mais brilhantes. Porque o amor sempre traz o melhor pra nos. Então mais uma vez, não tenha medo do amor, quando ele chegar. O abrace e convide-o para entrar. Dê preferência ofereça um chá.

As citações mais lindas de: “Como Eu Era Antes de Você”

frases-me-before-youVocê alguma vezes já leu um livro que emocionou e marcou a sua vida com a história? Pois então, o livro “Como Eu Era Antes de Você” escrito pela autora Jojo Moyes, me fez refletir muito. A história em si, tem um tema bem reflexivo e emocionante. Acabou fazendo a venda dos meus olhos caírem e me fez ter outra visão sobre as pessoas. E uma coisa que marcou muito o livro, com certeza, foi os as citações, que são sempre inspiradoras e apaixonantes. Olha só!

frases-favoritas-como-eu-era-antes-de-você-1“Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.”

♡ “Alguns erros… apenas têm consequências maiores que outros. Mas você não precisa deixar que aquela noite seja aquilo que define quem você é.”

♡ “Ser atirada para dentro de uma vida totalmente diferente – ou, pelo menos, jogada com tanta força na vida de outra pessoa a ponto de parecer bater com a cara na janela dela – obriga a repensar sua ideia a respeito de quem você é. Ou sobre como os outros o veem.”

♡ “Se ele amar, sentirá que pode seguir em frente. Sem amor, eu já teria afundado várias vezes.”

♡ “Existem horas normais e horas inúteis, nas quais o tempo para e escorre e a vida – a vida real – parece distante.”

♡ “Que todos nós éramos parte de um grande ciclo, algum tipo de arranjo cuja finalidade só Deus poderia entender.”

♡ “A primavera chegou durante a noite, como se o inverno fosse um hóspede indesejado que de repente resolveu vestir seu casaco e desaparecer sem se despedir.”

♡ “Senti a música como se fosse algo físico que não entrava só pelos meus ouvidos, mas fluía dentro de mim, me cercava, fazia meus sentidos vibrarem.”

♡ “Dizem que só é possível se admirar um jardim depois de certa idade, e acho que existe alguma verdade nisso. Provavelmente tem algo a ver com o grande ciclo da vida. Parece que há algo de miraculoso em ver o inexorável otimismo de um novo broto após a desolação do inverno, uma espécie de alegria na diversidade a cada ano, a forma como a natureza escolhe mostrar diferentes partes do jardim.”

“Você é a única coisa que me faz querer levantar todas as manhãs.”

frases-favoritas-como-eu-era-antes-de-você “Poucas coisas ainda me fazem feliz, e você é uma delas.”

♡ “Seu corpo era apenas uma parte do pacote completo, algo para se lidar de vez em quando, em intervalos, antes de voltarmos a conversar. Para mim, tinha se tornado a parte menos interessante dele.”

♡ “Você só pode ajudar alguém que aceita ajuda.”

“Onde há vida, há esperança, não é assim?”

♡ “E sabe o quê? Ninguém quer ouvir esse tipo de coisa. Ninguém quer ouvir você falar que está com medo, ou com dor, ou apavorado coma possibilidade de morrer por causa de alguma infecção aleatória e estúpida. Ninguém quer ouvir sobre como é saber que você nunca mais fará sexo, nunca mais comerá algo que você mesmo preparou, nunca vai segurar seu próprio filho nos braços. Ninguém quer saber que às vezes me sinto claustrofóbico estando nesta cadeira que tenho vontade de gritar feito louco só de pensar em passar mais um dia assim.”

frases-favoritas-como-eu-era-antes-de-você-2♡ “Sei que essa não é uma história de amor como outra qualquer. Sei que há motivos para eu nem dizer isso. Mas eu amo você. De verdade.

♡ “Eu me tornei uma pessoal totalmente diferente por sua causa.”

“Percebi que estava com medo de viver sem ele.”

♡ “Tentei não pensar em nada. Tentei apenas ficar ali, absorver o homem que eu amava por osmose, guardar em mim o que sobrava dele. Não falei nada. Ouvi então sua voz. Eu estava tão perto que, quando ele falou, a voz pareceu vibrar suavemente em mim.”

“Não pense muito em mim. Não quero que você fique toda sentimental. Apenas viva bem. Apenas viva…”

♡ “É isso. Você está marcada no meu coração, Clark. Desde o dia em que chegou, com suas roupas ridículas, suas piadas ruins e sua total incapacidade de disfarçar o que sente. Você mudou a minha vida muito mais do que esse dinheiro vai mudar a sua.”

E aí, qual é a sua frase favorita? Só com as citações, já deixar coração de gente em pedacinhos… Agora, imaginar a história completar! Recomendo muito para quem adorar amores impossíveis e com um pouquinho de humor. Quem já leu o livro ou assistiu ao filme? O que achou? Conta nos comentários!

Quando a gente se perde

texto-amor-por-acasoJá se passava da meia noite a estação do metrô estava completamente vazia. Havia algumas pessoas sentadas no banco esperando o último trem. Ela era uma garota do interior, estava sentada no banco sozinha com uma mochila nas costas e um fone de ouvido. Seus olhos estavam inchados de tanto chorar. Ela queria ir embora daquele lugar. O trem já deveria estar lá, porém, insegurança dos olhos prendia no trilho. Talvez devesse ficar. Só que ela sabia que não pertencia aquele lugar. Mesmo ela desejando pode fazer parte de tudo aquilo. Mas que razão havia para permanecer entre o nada? Sabia que sua família e amigos ficaram para trás. Só que ela não pertencia a nada daquilo. Encostou sua cabeça na janela. Fechou os olhos. Lágrimas escorrem. Sentia um aperto tão grande no seu coração. O trem parou na estação da capital. De repente um rapaz com um mochila nas costas sentou-se do seu lado. Os dois se olharam. Ela desviou os olhos dele, ele continuava a observando. Tirou de dentro da mochila um lenço. E, em seguida, disse algo.

– Aceita esse lenço, moça? – disse ele, enquanto segurava aquele lenço preto nas mãos.

Ela ficou sem reação, quando viu aquele lenço em suas mãos. Não sabia se pegava ou ignorava. Ela pegou o lenço sem olhar para ele, sem dizer nada, apenas aceitou.

– Vai pra onde? – Perguntou ele, enquanto observava ela enxugando as lágrimas.

– Qualquer lugar que o mundo puder me levar. – Ela disse em seguida, com a voz embargada, querendo que aquela conversa não se alongasse. Ela só queria tem um momento dela. Não queria ouvir ninguém. E muito menos um desconhecido.

– Porém, o mundo é tão grande… Tenho certeza, que você procurar algum lugar no horizonte. Cada um de nós procurar, apenas poucos consegue encontrar, o seu lugar ao sol.

– Parece que você gosta de decifrar as pessoas? – Ela perguntou confusa.

– Eu vejo o que só a alma consegue enxergar. Eu vejo tristeza no seu olhar. – Ele disse aquilo em conto olhava pela janela do trem.

– E o que mais você vê?

– Eu vejo o amor entre seus olhos. Eu vejo alguém que tem vontade de abraça o mundo. Alguém que está fugindo dos problemas. Eu me vejo em você.

Ele ficou observando o chão pra não te que olhar nos olhos dela. Ela ficou sem reação não sabia o que dizer. Tinha encontrado alguém que estava fugindo dos problemas da vida igual ela.

Em meio a tanta confusão da vida. Sentiu como se tivesse encontrado o amor.

Em seguida, ela sorriu pra ele. – Estou cansada das pessoas não me compreender. Quero apenas poder viver. Sem rotina, sem paradigmas. Já que o mundo é tão grande. Eu quero me perder nele.

Foi quando o trem parou na estação. Ela tinha chegado à cidade que queria(…) ou quem sabe em uma das cidades. Eles não tinham visto o tanto que o tempo passou rápido. Ele pegou sua mochila no chão, enquanto ela descia do trem. De repente sentiu alguém segurando a sua mão. Quando olhou para trás, era ele. Antes dela dizer algo, ele falou sem esperar.

– Dizem que quando a gente se perde, a gente se encontra. Deixa eu perder junto com você? – Ele continuou segurando a mão dela. Ele sentia que ela era especial. Ela olhou para ele e sorriu. Continuaram segurando a mão um do outro. Dava pra ver apenas suas sombras, os dois foram sumindo em meio aquela multidão.

Não sei como essa história termina, só sei, que ela começou…

Um amor de barzinho

texto372Sentei em uma mesa em um barzinho de esquina bem social, não tinha quase ninguém bebendo a maioria das pessoas estava apenas conversando. Achei melhor sentar bem no canto aonde eu pudesse ficar sozinha. Logo que você entrou no bar a maioria das mulheres ficaram te olhando. Você sentou a mesa do meu lado a minha direita. Eu estava conversando com um grupo de amigas pelo Whatsapp, não conseguia presta atenção no que elas estavam falando. Era algo sobre o menino que uma delas estava afim, já estava ficando com outra menina. Acho que era esse o assunto que estava rolando no grupo, não tinha muito importância.

Você pediu vodka com limão e muito gelo, sim, eu estava prestando muita atenção em tudo que você fazia, era algo irresistível, eu não conseguir para de olhar pra você. Com essa pintar de ator americano com barba por fazer e de terno. Você pegou um cigarro e logo colocou na boca. Ai Jesus ele fumar. Nada contra quem fumar, só penso que é tão prejudicial à saúde. Mas deixar pra lá. Você ficar tão “sexy” fumando. Deu apenas três tragadas e já colocou o cigarro dentro do cinzeiro.

O garçom chegou com sua vodka. E você olhou em minha direção deu um leve sorriso. Ai meu Deus, será que ele sorriu pra mim? E me veio àquela leve paranoia e se ele sorriu pra mim ou para as paredes? Vai que ele é dessas pessoas que sorrir por qualquer coisa. Não eu não queria criar uma ilusão em imaginar que ele sorriu pra mim. Ele é apenas um desconhecido que eu nunca vi em minha vida, e não posso me apaixonar por uma pessoa que eu não sei nem o nome. Eu queria sabe seu tipo sanguíneo, descobrir qual o seu signo para ver ser nós dois combinamos. Eu queria apenas descobrir quem é você.

Entro dentro do bar uma mulher alta e loira, parecia que o rosto dela resplandecia de tão linda e ela foi em sua direção e o comprimento. Sentou lá na frente em outra mesa, por um instante pensei que fosse sua namorada, mas logo me veio aquele alívio. Ufa! Pior do que se apaixonar por um desconhecido é ver que ele tem uma namorada. Acabar com todas possibilidades que existia.

Algo caiu no meu pé quando olhei era caneta que você estava procurando. Eu me agachei e peguei. Não sabia o que dizer. Se eu gaguejar na hora  de falar. Respirei fundo e dizer.

Moço sua caneta.

Obrigado.

Como a voz dele é linda era igual uma melodia. Eu deveria ter puxado papo. Poderia ter dito algo sobre a caneta dele. Deus, como sou idiota. Porque não perguntei o nome dele? Não ele ia me achar muito atirada. Ele se levantou guardou todos os papéis que estava escrevendo dentro da pasta. E olhou para mim e sorriu. Nunca tinha visto um sorriso tão lindo assim.

Deixou o dinheiro em cima da mesa e um papel. Quando o garçom chegou até a mesa abriu o papel e leu. O garçom veio na minha direção e me entrego o papel que ele tinha escrito. Abrir o papel e estava escrito.

Por favor, seu garçom entregue esse papel para a moça sentada a mesa a minha direita. “Não consegui deixar de ter olhar. Desculpe-me, se na hora que você me entregou a caneta eu fui rude com você. São problemas no trabalho. Quem sabe um dia a gente não se encontrar por aí”. Peguei aquele pedaço de papel e guardei dentro da minha bolsa. Por que ele não colocou o nome, endereço, número do seu celular?

Estava tão distraída que nem vi que a Alemanha tinha ganhado a copa do mundo. Várias pessoas no bar comemorando. Eu ali parada não sabia o que fazer. Estava apaixonada por um desconhecido, que talvez nunca mais ia ver em minha vida. Alguns dias depois. Fui naquele mesmo barzinho na esperança de te ver. Olhei para toda direção no bar e não te vi. Fiquei sentada no balcão, pedir apenas uma água, tava tocando Ellie Goulding. A porta do bar abriu e fazia muito frio. Era noite de quinta feira. Quando eu olhei logo reconheci. Era você.

Você sentou ao meu lado no balcão. Sorriu pra mim. Eu não sabia o que fazer. Eu apenas dei um sorriso de lado. Você colocou as suas mãos sobre as minhas. E falou bem baixinho “eu não disse que um dia a gente ia ser encontrar?”. Eu apenas olhei em seus olhos e sorrir.

É que eu sonhei contigo

texto450Leia o texto escutando:

Era um sorriso angelical, ele tocava as minhas mãos, e beija os meus lábios. Rodopiava comigo para um lado e pra outro. Abraçava-me bem forte, e eu batia no meio dos peitos dele e dava para ouvir a batida do seu coração. Ele dizia que me amava, e queria que aquele momento se eternizasse, e me segurava pela cintura e continuava rodopiando de um lado para o outro. Eu também desejaria que aquele momento nunca mais se acabasse.  Mas havia algo estranho, eu não o conhecia ele, nunca tinha visto antes. Começou a tocar um barulho, era parecido com um despertador.  E ele ia desaparecendo, eu não conseguia mais vêlo. E apareceu uma forte neblina, e tudo ficou escuro. Aquele barulho ficava mais forte. Era tudo um sonho, ele não existia. Queria gritar minha voz não saia. Fechava os olhos e tentava volta naquele sonho, mas era tudo em vão.

O despertador continua tocando, de nada me adiantaria continua deitada naquela cama. Era tudo um sonho.  Me arrumei já estava atrasada. Peguei o ônibus, e mais um dia se passou. Voltei a dormi amanhã seria o dia da minha formatura. Porém não me preocupava! O que eu queria era poder voltar no sonho daquela noite, eu queria volta a ver o rosto dele. Senti suas mãos segurando as minhas, e senti os seus doces beijos. O que eu queria era poder dançar de novo com ele, e ouvir a batida do seu coração.

Todas as garotas estavam entusiasmadas com a formatura, mas eu não. Eu queria poder voltar para casa, e tenta voltar naquele sonho. Havia muitas pessoas na festa, a maioria eu não conhecia. Quando revirei meu rosto avistei um garoto alto e moreno, eu o conhecia de algum lugar, mas não consigo me lembra. Começo a tocar a música do meu sonho, e ele veio se aproximando em minha direção.

– Aceita dança comigo? – Disse ele.

Era ele. Fitei os olhos com os dele. O meu coração disparou muito rápido, não sentia minhas pernas, estava fora de mim. E ele ficava me olhando fixamente, não sabia o que fazer. Fiquei com medo que tudo fosse apenas um sonho. O meu medo é que ele fosse o fantasma dos meus sonhos.

– É você?

Ele não conseguia entender o que eu estava dizendo. Apenas continuava me observando.

– Eu! – Respondeu ele.

– Ah, me desculpe, estava um pouco distraída. Claro que eu aceito.

Ele envolveu seus braços na minha cintura e os meus no pescoço dele, como num laço ou enforcamento desastrado, e eu não conseguia pensar em nada. Nada mesmo. Apenas queria que aquele momento nunca mais acabasse.

– Eu te conheço de algum lugar? – Pergunto ele.

– Vai ver que foi em algum sonho?! – Respondi.

Ele sorriu para mim com um sorriso de uma criança que acaba de descobrir o mundo. O sorriso dele parecia que ele sabia que era ele, o garoto dos meus sonhos. E ele fixou seus olhos com os meus, e respondeu:

– Pena que não consigo me lembra desse sonho.

Os nossos olhos ainda continuaram fixos um com o outro, ele deu um leve sorriso. A música já tinha acabado e nós continuávamos dançando sem música. E todos na festa ficavam nos olhando.

Ele segurou minhas mãos e rodopiou comigo. Ele puxava-me e cobria-me de beijos. E começou a tocar outra música, e continuávamos dançando. E eu apenas fechei meus olhos, tinha medo que aquilo tudo podia ser apenas um devaneio. Queria pode eternizar aquele momento para sempre.

E ele continuava me rodopiando…

Personagens da Disney na Universidade

di1Personagens da Disney na Universidade! Já Imaginou? Pegando carona no clima do filme  Universidade Monstros, que estreou no Brasil recentemente, o artista  Hyung  ilustrou personagens da Disney como estudantes universitários. Dá pra imaginar os personagens que fizeram parte da nossa infância na universidade? Dá só uma olhada em como eles ficaram!disneyFicou muito incrível! Qual personagem que vocês mais gostaram?