futuro

Seis metas para começar 2020 com mais equilíbrio emocional e mental

Seja muito bem-vindo, ano novo! Depois de um 2019 complicado (mas sobrevivemos, certo?) para todo mundo, estávamos precisando de um pouco de calmaria! Agora vamos focar no presente (e também no futuro) ter mais otimismo e emanar boas energias – para que estas mesmas good vibes voltem em dobro para nós! E nada melhor do que metas totalmente alcançáveis e que podemos criar para nós mesmas. Metas saudáveis e que vão impactar no nosso ano de várias formas, sabe? Que vão dá um equilíbrio para nossa saúde emocional e mental! Então vem com a gente e vamos fazer de 2020 um ano incrível juntas. Dicas de amiga para amiga!


Seja sua prioridade

E se a gente se tratasse como tratamos quem mais amamos? Uma vez que você descobre o amor próprio não tem como voltar atrás! Precisamos aprender a nos aceitar, respeitar e amar. Faça de 2020 um ano sobre autoconhecimento. Se priorize, pare de colocar a necessidade dos outros antes das suas – você só pode ajudar alguém se estiver bem. Não é um processo fácil ou rápido, mas uma vez que você realmente entende seu valor, você nunca mais será a mesma. Não custa tentar se colocar em primeiro lugar na sua própria vida, não é? É o começo do caminho de quem se ama pra valer.


Faça planos que depende de você

Não coloque os seus sonhos nas mãos de outras pessoas! Tem uma frase do poeta Rumi e tenho tentado levar para a minha vida: a sua estrada é somente sua. Outros podem acompanhá-lo, mas ninguém pode andar por você. Certo? Entretanto, tem um caminho que inclui outras pessoas e outros fatores no meio disso tudo, e outro que depende apenas de você. Parta sempre daquele que mais te envolve e liberte-se o máximo possível de influências alheias. As pessoas são plurais e as coisas mudam o tempo inteiro, inclusive você. Por isso mantenha o seu ponto de foco voltado para as coisas que estão sob o seu controle e não deixe, jamais, o seu futuro nas mãos de outras pessoas!


Tenha empatia pelas pessoas

Coloque-se sempre no lugar das pessoas  – mesmo que ninguém faça isso por você! Pratique o amor ao próximo, ajude ser você pode ajudar (ou até mesmo, quando não poder). Então, se você semear o bem… Ele vem de novo pra você! Porque “what goes around, comes all the way back around” (aquilo que vai faz o caminho de volta). Ok?


Não se cobre tanto

Você tem feito o melhor que pode. Antes de deixar a ansiedade tomar conta, respire fundo e lembre-se de que você é totalmente capaz. Vai dar tudo certo! Você já sabe o que esperam e tem total ciência das suas responsabilidades, mas não deixe isso te afogar. Cada um tem o seu tempo e o importante é não parar completamente. Se você seguir adiante, mesmo que leve um tempinho a mais, já está tudo bem. Se durante o mês bater um desespero em alguns momentos, tente se lembrar disso e dizer a si mesma que você está no controle de tudo.


Recomeços fazem parte da vida

Quando tiver que recomeçar não tenha medo – ás vezes, pra alcançar os seus sonhos ou suas metas tem que voltar para o começo. Quantas pessoas tem recomeços e durante a caminhada acabar se descobrindo e encontrando o seu verdadeiro horizonte. Recomeços, significar:  É o ato de recomeçar, dar o reinício a algo, mudar, voltar a fazer as mesmas coisas, mas de uma nova e diferente perspectiva.


Nunca desista de si mesmo

Coisas ruins acontece com todo mundo! Uns sofrem mais e outros menos – mas todos passam por dias e momentos difíceis. Quando você sentir que não pode sequer suportar mais, não desista! Porque de dores ser vêm aprendizagem – como diz um poema do Rumi: “Tristeza prepara você para a alegria. Ela violentamente varre tudo para fora de sua casa, de modo que uma nova alegria pode encontrar espaço para entrar. Ela sacode as folhas amarelas do galho do seu coração, para que, folhas verdes podem crescer em seu lugar. Ela puxa as raízes podres, de modo que novas raízes escondidas embaixo tenham espaço para crescer. Qualquer que seja a tristeza, sacuda-a de seu coração, coisas muito melhores tomarão o seu lugar.


Vamos juntas nessa? Pratique algumas dessas dicas, sua saúde mental e emocional, agradece! Tenho certeza de que vai dar tudo certo, viu? E aí, qual suas metas para 2020? Conta tudo nos comentários!

Sobre ser adulta de primeira viagem

comportamento-textoQuando eu era mais nova eu achava que a vida ser tornava melhor a partir do momento que você virá adulta. Não conseguia compreender o porquê do Peter Pan, insistia em continuar sendo criança. Agora eu entendo. Será que dá tempo de me levar para terra do nunca, Peter? Acho que não né? Sei que não tem como fugir e nem se esconder. É seguir em frente, ponto. No começo é como estiver perdida em um labirinto sozinha e você tem que achar a saída, mesmo cansada e assustada.

Ser adulta não é quando você começa a trabalhar ou quando vai para a faculdade. É a partir do momento que você tem que assumir as suas próprias responsabilidades. É quando você começar a sentir saudades dos problemas de matemática do ensino médico – descobre que era tudo fichinha comparada aos problemas da vida adulta. Começa a construir sua própria personalidade. Aliás, mudar de opinião como se trocasse de roupa. Percebe que, nem tudo é certeza. Assim vai evoluindo-nos próprios pensamentos. Então você ver que cada dia é uma grande aprendizagem. E com certeza, os mais velhos vão ter os melhores conselhos para te dar.

Saber mais o que? O seu tempo vai ser mais precioso do que um diamante. Você vai querer ficar mais com a sua família e com seus amigos, poucos, mas verdadeiros. Valorizará todos os momentos vividos, porque, cada um será único. E não vai sentir mais medo de está sozinha, talvez seja, a melhor forma de descobrir um pouco mais sobre você. Cada um dos sonhos, os medos e todos os objetivos.

Crescer é isso ver além do horizonte. Descobri que sempre vai haver novas possibilidades, mesmo que a jornada seja longa, mas vai vale a pena cada esforço. Por que ser adulta é descobrir o novo, sempre estiver disposta para novas aprendizagens. É querer ver além, querer conhecer o desconhecido.

Segure a minha mão

texto845Moço venha comigo, não tenha medo. Segure forte a minha mão. Juro que não vou soltar a sua. Sei que o seu coração é frio, que ai dentro não tem moradia para ninguém. Sei que todos os seus amores nunca deram certos, mas eu quero ser diferente. Eu não quero ser como o resto. Eu quero fazer parte da sua vida. Dividir momentos bons e ruins – espero que dividimos mais momentos bons. Quero está nos planos do seu futuro e fazer parte de todo o seu passado. E que você faça parte dos meus.

Não, eu não te culpo. Infelizmente a vida não vem com um manual de instruções, e nem com uma bula de remédio, e muito menos com dicas de como aprender a amar. Seria muito bom se fosse assim, né?, só peço que não tenha medo de amar, não feche as portas do seu coração para um novo amor. Não é porque não deu certo com alguém antes, que não pode dar agora. Acabamos aprendendo com o tempo. Quebramos a cara. Arriscamos em amores errados. E aprendemos, que nem todos relacionamentos são duradores. Mas esse não é um motivo para você desistir do amor.

Eu vou está do seu lado para segurar sua mão. Venha sem medo. Sem receio. Segure a minha mão o mais forte que você puder. Te levarei comigo. O mundo pode ser nosso se você quiser? Podemos viver o nosso mundo. Onde o nosso amor nada e nem ninguém vai conseguir destruir. Prometo que eu nunca vou te magoar. Vou te mostrar que vale muito a pena se apaixonar.

Eu só te peço, por favor, não tenha medo de amar.

Saudade…

texto359 Saudade… Não consigo entender como uma palavra tão simples, só de ouvir é tão dolorida. Nada nesse mundo tem mais toneladas do que a saudade, nada. Saudade é uma dor imensurável e sufocante presente em cada hiato. É sentimento que esmaga o peito como se fosse concreto. A saudade é a vírgula quilométrica, sem ponto final. Se existe algo pior que saudade, por favor, não me apresente. Eu não quero conhecer. É algo difícil de explicar quando você menos pensar já está com saudades de algo ou alguém. Não importa de quem seja. De um ex- namorado, de um amor que já partiu, de uma amiga que não conversa mais, de um parente que se foi, dos amigos de infância, dos momentos que não vão existir nunca mais. E tudo resolver ir embora, menos a saudade, ela fica. Não tem como ela insiste em ficar, é algo que não conseguimos nós livrar. Ela é persistente, vai insisti em ficar, e vai sempre fazer lembrar de momentos que nunca mais vai existir.

Ela é devastadora, quando você menos imaginar ela vai entrar na sua casa sem ser convidada, vai te fazer abrir álbuns de fotografia, sentir cheiro do perfume de alguém, lembrar de sorriso, e um abraço, até um simples “oi” ela é capaz de te fazer lembrar. A saudade transforma qualquer música em motivo para pensar naquilo que partiu. Ela é assim, não ligar para o que você irá sentir. Ela doer, destrói, não, ela não ligar se vai te fazer sofrer. Talvez ela não seja a vilã da história, com a saudade aprendemos a dar valor nas coisas e pessoas. Ela nos ensina da forma mais dolorida, que em um minuto nós temos, e em segundos podemos perder. Ela mostrar que quando não sabemos valorizar virar apenas lembrança. E lembranças, lembrar saudade. Saudade ela relembrar o passado, desfocar o futuro e congela o presente. Desconheço alguém que não tenha sofrido com a saudade.  Não tem como proteger dela, ela sempre ira existir, queira você, ou não. 

Só não se afete com a saudade, sinta ela, mas lembre – se, que se foi para nunca mais voltar, apesar de tudo junto dela sempre vem recordações boas. O passado ficou lá atrás, e a saudade ficou junto com ele. Ela é persistente sempre vai querer voltar. Mas lembre – se, quem tem a chave de casa é você, e não ela.

A vida é feita de escolhas

texto340A vida é feita de escolhas e elas vão te levar para o destino que você escolher. Desde criança somos obrigados a fazer escolhas. Se você vai comprar o brinquedo “a” não pode comprar “b”, e assim a gente vai aprendendo como escolher. E quando crescemos vemos que é pior ainda, o que escolhemos vai nós levar para certos destinos.

Hoje você resolve sair de casa e não sabe do que ir, de ônibus ou táxi! No final escolhe ir de ônibus. Conhece um garoto no ponto de ônibus e vocês começam a conversa sobre vários assuntos. Você pegar o número do telefone dele, e ele o seu. Ele pode vir ser tornar o seu melhor amigo, apenas um conhecido, ou quem sabe o seu namorado. Vocês podem vir se casar, ter filhos, morar em uma casa de quatro cômodos e ter um cachorro chamado Marley. Não importa, á sua escolha te levou até ele. Se você tivesse resolvido ir de táxi, o caminho de vocês não tinha se cruzado! Essas são simples escolhas que pode te levar a destinos incríveis. Quando sair de casa preste mais atenção, nas pessoas que vai cruzar o seu caminho, pense, pode ser que você vai encontrar o amor da sua vida na fila do supermercado ou na fila de um banco. Na biblioteca. Em uma festa. Em uma troca de olhares no elevador. Em uma esquina qualquer, o amor pode estar nos lugares que você menos imaginar. E caso você encontre, foi a escolha que você tomou que te levou a até ele.

Fazer faculdade de medicina ou astronomia? Ficar em casa ou ir à balada? Aprender inglês ou alemão? Viajar para os Estados Unidos ou Canadá? Pegar um ônibus ou ir de metrô? Comprar um livro ou um vestido? Perdoar ou guardar rancor? Ser feliz ou ficar triste? Voltar com seu ex ou dá um chance ao novo amor? Certas opções que você vai escolher, te levará para vários caminhos.

Comece a prestar mais atenção nas suas escolhas, muitas vezes pode ser uma escolha boba, mas elas podem afetar  o seu destino. Escolha o que te faz bem. O que te fazer sorrir, e tenha a certeza que vai ter levar a caminhos que você jamais imaginou conhece.