Se fosse amor, não teria acabado

Se eu dissesse que tudo isso deixaria um de nós machucados, você teria embarcado nessa? Você teria segurando minha mão para eu não cair? Teria? Mas você preferiu solta quando teve a primeira chance, você lembra? E eu cair. Despedaçando inteira naquele chão frio. Doeu, ainda dói. Mas agora, consegui me reerguer. Lá no fundo eu sabia que, um dia chegaria ao fim – e mesmo assim, coloquei você em todos os meus sonhos e planos para o futuro. Só que, infelizmente, eu não tiver espaço nos seus. Até porque, o amor morreu antes mesmo de chegar ao fim.

Aliás, isso nunca foi amor. Se fosse amor, você não teria desistido da gente. Eu poderia fazer parte dessa papelada esparramada na sua mesa. Você poderia te comprado uma passagem de ida pra mim. Eu poderia atrasar meu relógio para a gente se encontrar na esquina daqui de casa. Ou talvez, agendasse um horário pra gente se vê de novo. Quem sabe me guardaria na sua medalhinha de foto, do lado do coração. Sei lá, só queria fazer parte da sua vida de algum jeito. Se fosse igual aos filmes, tudo se encaixaria e teríamos um bendito final feliz.

Olhando para o futuro, vejo que não vai ter mais lugar pra você. Estou tão ocupada comigo mesmo. Entrei na aula de violão. Sabe, do curso de desenho que eu te falava e, você achava perda de tempo? Pois é, comecei a fazer. É uma das melhores perda de tempo que estou tendo. Estou pensando em fazer uma viagem para um país diferente. E, graças a Deus, estou conhecendo pessoas novas. Tem caras legais aparecendo na minha vida. Não vai se por sua causa, que desistirei do amor. E, adivinha? Eu tenho que te dá parabéns, porque são pessoas iguais a você que a gente aprender a se blindar – e acabar percebendo o que vale a pena correr atrás.

Se fosse amor, você teria segurado a minha mão. Poderíamos cair, mas no final, estaríamos juntos. Dessa história, uma parte minha acreditou que existiu amor e a outra finge que nada aconteceu. Por isso, te digo: se fosse amor, todo universo iria conspirar ao nosso favor.

O último adeus

Acordei como qualquer outro dia. Tomei um banho rápido, me arrumei e preparei um café forte para enfrenta mais uma rotina do dia a dia. Resolvi ir a pé para o trabalho, já que a caminhada duraria meia hora. Só que, eu estava tão distraída, que nem prestei atenção em uma circunstância, em que eu estava passando em frente ao seu prédio – prometi a mim mesmo, que cortaria quarteirões para não passar naquele lugar, do nosso último adeus.

Ainda sou covarde. Não quero reviver nada daquilo. A pior parte de todas, acabei parando em frente a sua janela. Até porque, um pequeno detalhe me deixou feliz: as flores que eu cultivava ainda estavam na sacada. De uma forma ou de outra, eu ainda pertencia aquele lugar, mesmo sabendo que não fazia mais parte da sua vida. É claro, ainda dói saber que, o seu amor não me pertence mais.

Aliás, naquela mesma sacada, foi o nosso último beijo. O último abraço e também o último adeus. Acabei fazendo questão de exala o cheiro do seu perfume, que talvez, seja uma das últimas lembranças que levarei comigo. E com o tempo seu rosto vai desaparece da minha memória, em doses pequenas, o som da sua voz, vou acabar me esquecendo.

Eu não queria que tivesse acabado – sei que existia amor de ambas as partes. Mas sabe de uma coisa? É melhor assim, acabou nós dois ainda se amando, sem raiva, mágoa ou culpar. E também não estávamos preparados suficientemente para algo mais sério, precisamos nós descobrir. Ou, pelo menos, essa foi uma das melhores desculpas para terminamos.

Eu precisava voltar para minha rotina monotonia, mesmo desejando passar o dia todo em frente a sua janela. A vida tem que continuar, preciso seguir sem olhar para trás, está ciente, que o amor virou saudade. Se eu pudesse te disse algo, agora, seria somente: Obrigada, você me mostrou o significado do amor. Além disso, que o importante, o importante mesmo, foi eterno enquanto durou.

Sabe, não terminou como conto de fadas

Eu costumava ficar os observando. Todos sabiam que eles eram amigos. Ou melhor, dizendo, melhores amigos. Porém, o que todos sabiam mesmo era que, eles se amavam. Só eles que ainda não haviam percebido. Encontravam-se quase todos os finais da tarde na lanchonete da esquina. Conservam sempre dando atenção um para o outro. Sem mexer no celular, como se nada mais tivesse importância. Curtiam apenas o momento.

Ele, uma calmaria. Ela, uma grande tempestade. Totalmente opostos. Porém, ao mesmo tempo se completavam.

O rapaz, acabei percebendo, era muito centrado. Guiava-se pela razão, jamais pela emoção. Tinha os pés no chão. Sempre com um bom humor. Mas eu, identifiquei em seus olhos, um medo. Desconfio que, até ele mesmo desconheça.

E a moça, carregava quase sempre algum livro de Shakespeare. E também outros livros. Decorava, provavelmente, alguma peça de teatro. Em sua pele existia tatuagens enigmáticas. Constelações. Rosas. Borboletas voando. Lua. Unicórnio. De alguma forma todos os desenhos poderia ser uma grande definição sobre ela. Confesso que imaginava o significado de cada um deles em sua vida. Aliás, a primeira impressão dela é, uma garota sonhadora que viver com a cabeça nas nuvens.

Em um fim de tarde, como todos os outros, clientes já tinham ido embora e os dois continuavam sentados na mesa e, então, algo que todos imaginavam que ia acontecer. Aconteceu, eles se beijaram – não literalmente, porque quem teve a iniciativa do beijo foi ele. E ela correspondeu, mas depois saiu correndo, deixando ele sozinho. E não acabou, antes de ir embora, ele deixou um bilhete singelo na mesa “Desculpe pelo beijo, mas eu prometo não te incomodar mais”.

Nos dias seguintes, ela continuava o esperando no mesmo lugar. Ele não apareceu mais. Nem na segunda, terça e todo resto do mês. De telespectadora, fiz parte daquela história, entreguei o bilhete que ele havia deixado. Seus olhos lacrimejavam, enquanto lia mais de duas vezes aquele pequeno bilhete. Depois, guardou na bolsa o pequeno papel e foi embora se misturando no meio da multidão. Nunca mais ninguém os viu por ali.

Pena que, aquela história não terminou iguais aos contos de fadas. Cada  um seguiu o seu caminho.

Quem sabe, um dias eles se reencontram e descubram, o amor foi um dos sentimentos que mais os ligavam. Talvez, pode ser tarde. Além disso, quero que eles sejam felizes, mesmo não estando juntos. Pode ser que acabou, mas se foi bom, guardem as melhores memórias, porque são essas que merecem fazer parte das lembranças que viveram juntos. Até o fim.

Que ainda exista amor pra recomeçar

que-exista-amor-pra-recomecar-textoEu não acreditei quando você disse que iria embora –, para mim você estava blefando. De madrugada você me enviou uma mensagem se despedindo. Corri para suas redes sociais e lá encontrei uma penca de mensagens dos seus amigos. Meu corpo gelou naquele instante. Então você tinha feito sua escolha. Nem fez questão, de se preocupar com o que eu ia sentir. Durante alguns minutos queria que um meteoro caísse na sua cabeça. Que nada desse certo. E que você percebesse que era um erro, um grande erro, talvez um dos maiores da sua vida. Em fração de segundo, me sentir egoísta em querer prender você aqui comigo.

Olhei pela janela e calculei quantos lençóis eu tinha que amarrar pra tentar fugir de madrugada. Queria sair correndo até sua casa e pedir que não fosse embora. Iria falar que você é um estúpido, idiota e um bobo, que ninguém conseguiria viver longe de você, principalmente eu. Se fosse preciso sairia correndo até o aeroporto impedindo que você pegasse um voo, iguais essas cenas clichês dos filmes.

No entanto, você fez uma decisão e, eu não vou te impedir. Se essa for sua escolha então, vá. Eu só tenho que respeita. Sei que seus sonhos não estão aqui. Vai conquistar o mundo. Espero que encontre o que você tanto procurar. Vou ficar aqui torcendo por você. Eu só quero que você saiba que eu te amo e continuarei te amando. Estou abrindo mão da minha felicidade só pra te ver feliz. Acho que essa é uma grande prova de amor, né? Abrir mão da pessoa que amamos e ficar observando ela ir embora (…)

Talvez, por uns dias ou quem sabe pra sempre.

Por isso, que vou ficar desejando tudo de melhor na sua vida, mesmo não fazendo mais parte dela. E que nessa sua nova fase, venha conhecer pessoas incríveis, que te ensine coisas novas e que você possa ensiná-las também. Que tenha dinheiro, mas que não mude o seu caráter, apenas te dê mais aprendizagem e conhecimento. Bem, o que eu mais te desejo é: amor. Em todos os dias da sua vida. Desejo simplesmente amor. Que encontre alguém que te faça fica, porém, se ainda não encontrar esse alguém, que ainda exista amor pra você recomeçar. Somente isso.

Quando o amor acaba

texto732Você sabia o que acontecia depois que o amor acabava. Eu também sabia, mas mesmo assim mergulhamos nesse mar de ilusões. Fizemos tantas juras, declaramos nosso amor em voz alta e fora todos os sonhos que sonhamos juntos. Esquecemos de que um dia tudo isso poderia acabar. Quem vai pensar no fim quando se está amando, né? E você sabia que o meu plano era, um vestido branco e você me esperando no alta. Sim, essa era a minha meta. Você sabe acabei fazendo o papel de trouxa.

Aconteceu o que eu mais previa, o castelo de areia tinha se desmanchado. E o amor tinha acabado. Igual quando o café esfria. As músicas que me fazia lembrar de você. Hoje elas não fazem nem sentido. Não consigo ouvir mais, acabou se tornando enjoativas.

Quando nos encontramos você vai fingir que não me conhece. Eu vou olhar para o outro lado fingindo que não te vi. Vou passar a mão no cabelo pra tentar disfarçar. Vamos passar um do lado do outro. Vou sentir o cheiro do seu perfume que, um dia me enlouquecia e hoje só é mais um perfume qualquer. Você vai fazer aquele penteado que eu acho ridículo e aquilo não vai me incomodar mais. Vou lembrar de quando seus dedos das mãos se entrelaçavam nos meus. Ou quando nos abraçávamos e também quando beijávamos. Era como se aquilo não fizesse mais sentido. O amor que eu tinha medo de perde, hoje não significava mais nada para mim.

Ah, se meus travesseiros pudessem falar o tanto de lágrimas que derramei por você. Quantas vezes não consegui dormi pensando onde você poderia está e com quem. E todas as noites que eu sonhei com você. Perdia aos anjos que te protegesse. E quantas vezes peguei o celular para te ligar. Mas algo me dizia para fazer aquilo. Então, eu cair na real e vi que tudo acabou. Enxuguei as lágrimas do meu rosto. Passei o batom vermelho e sair por ai.

É porque quando o amor acaba, é assim, lembranças virá passado. O amor se torna indiferença. E você, se tornou apenas um desconhecido…

O desconhecido que, um dia eu amei.

Garota, não sofra por um idiota

texto-amigas-amizadeEncontrei com ela depois de alguns meses sem vê-la. Ela estava sozinha, suas lágrimas escorriam pelo seu rosto, triste como já de costume. Aquela garota alegre tinha indo embora, dando lugar a uma garota infeliz. Depois da nossa última briga e ter nos distanciado. Eu sabia que a culpa era daquele idiota, que sempre a magoava e conseguia fazer ela a garota mais infeliz do mundo. Mesmo ela ter trocado nossa amizade por um babaca, eu sentia muita pena dela. Desejei de verdade que ele a fizesse feliz. Quantas vezes a noite eu queria que o julgamento sobre ele fosse realmente errado. Só queria ver a felicidade dela, não me importava com quem fosse.

Acabei sentando ao seu lado. Não perguntei por que chorava, mesmo sabendo o motivo. Ela me abraçou bem forte. Senti as lágrimas caindo sobre mim e, aquele soluço que doía até a alma. Ela me olhou, vi que em seus olhos me perdia perdão, mas como perdoar quem a gente já perdoou? Abracei ainda mais forte.

Me perguntei como uma garota consegue viver em um relacionamento onde o amor era o último sentimento que existia? Era algo que eu tentava entender mais nunca conseguia. Como você amar alguém que só te faz sofrer? Que quando estão juntos só acontecer brigas? Como viver em um relacionamento que não existe afeto, não existe amizade e o amor talvez nunca existiu? Me diga garota, como viver assim?

Eu só queria poder tirar você do fundo desse poço garota. Acabou se perdendo em um capricho, seu. Isso nunca foi amor, o que você sentiu por ele, talvez fosse paixonite. Não sei, o que foi. Só, não foi amor.

O amor não te faz chorar, garota. O amor vai fazendo transbordar aos pouquinhos. Você vai sentir ele lá na alma, vai ter trazer tranquilidade e a paz. Vai ter fazer sentir como nas nuvens. Você vai querer aquela pessoa sempre por perto. Isso que é o sentido do amor, garota. Se sentir amada.

Ela olhou pra mim e sorriu. Não um sorriso de tristeza, mas de agradecimento, amigas servem pra isso – fiquei pensando enquanto ela segurava minha mão. Ela começou enxugar os olhos. Viu que nenhum babaca merecia uma gota de suas lágrimas. Não importa o que ela estivesse passando. Ou vivendo. Sempre eu ia está do seu lado, mesmo quando ela não quisesse. Amigas é pra isso, quando uma cair, a outra ajuda a se levantar.

Então, por favor, para com isso garota, não sofra por um idiota. Ele não merece o seu amor e nunca mereceu. Só acho, que você precisa encontrar alguém que te ame de verdade e que valorizar o seu amor. Dar a volta por cima, e mostrar que por amor ninguém morrer, e sim, aprender a viver.

Eu não fui o amor da sua vida

texto415Foi ali que tudo acabou. Bem onde tudo tinha começado. Eu o conheci pela primeira vez. E foi ali naquele mesmo lugar que eu o vir pela última vez. Ainda consigo me lembrar das suas últimas palavras que me disse antes de ir embora – que o amor que ele sentia por mim, acabou. Que o que ouve foi uma grande ilusão, foi um erro. Somos diferentes igual yin yang. E o pior ele teve coragem de dizer que não me merecia. Eu queria sumir sem deixar rastro nenhum. Só queria sair correndo. Ou apenas evaporar igual partículas. Eu desejava que aquilo tudo fosse um sonho, mas era a minha realidade. Não sair correndo, eu a enfrentei.

Foi difícil conte as lágrimas, conforme cada palavra que eu lembrava que ele tinha dito. Sentia que cada lágrima que escorria era o meu coração se despedaçando. Acabei depositando amor demais e acabei esquecendo que o amor pode acabar… Esse foi um dos meus piores problemas cresci achando que o amor pode ser eterno. Algumas pessoas tem sorte, ás vezes ele dura meses, anos e até décadas.

Acabei percebendo que tudo que ele tinha me dito fazia sentido. Eu não era o amor da sua vida. Talvez eu soubesse disso, mas acabava tampando o sol com uma peneira. Só queria acreditar que era ele. No fundo eu sabia que não, ele não era o amor da minha vida. Mas eu o amava, e queria insistir nesse amor. Esse é o maior erro que possa existir, querer insistir em algo que não existe mais, que talvez não tenha existido.

Já tem um tempo que não ouço mais falar dele. Desconectei dele. Excluir de todas as minhas redes sociais. Hoje eu não lembro nem mais do sorriso dele e muito menos do cheiro do perfume. Não o odeio. E também não o desprezo, mas essa foi à melhor forma de esquecer ele.

Evito passar por esse lugar. Porque tenho medo de encontrar com ele de novo. Não que eu não tenha perdoado. Eu o perdoei. É difícil pra mim cumprimentar com um sorriso ou um simples “oi”. Alguém que um dia eu amei.

O pra sempre, sempre acaba

texto46Eu jurei que teríamos um final feliz. Acreditei que viveríamos o nosso amor por toda vida. Imaginava eu e você fazendo juras de amor em frete ao mar e colocando nos nossos dedos alianças. Eu sonhava em morar de frente pro mar. E ter um cachorro e dois gatos. E ter três filhos. E foi assim acabei fazendo tantos planos para nossa vida que acabei me esquecendo. Esqueci que nem tudo é pra sempre, mesmo quando queremos. Tudo tem um fim, por mais que queremos eternizar aquele momento. Aquele dia. Ou aquele amor.

Todas aquelas suas juras de amor foram em vão. Você jurou que me amaria até quando seu coração deixasse de bater. Mandava-me flores, cartas e escriva em todas as redes sociais que me amava. Foram tantas declarações. E no final restou apenas uma grande decepção. Você me fez senti tão especial, que achei que você era diferente de todos os homens que existia na fase da terra.

Faz exatamente dois meses que você me enviou aquela mensagem terminando tudo. Senti-me como uma criança que faz um lindo castelo de areia. E vem um infeliz e destrói tudo. Criei expectativa demais. Em quem tinha amor de menos. No fundo eu sabia que um dia tudo iria acabar. Eu queria acreditar com a gente tudo seria diferente. Esqueci que não vivia em um conto de fadas onde o roteirista escrever e “viveram felizes pra sempre”. Bem que eu queria que minha vida fosse um roteiro. Pelo menos lá eu teria um “felizes”. Mas a minha história não vai pra o lado clichê dos filmes. A minha história é diferente igual de muitas pessoas que existe apenas o “viveram”, o felizes – para – sempre deixar para os contos de fadas.

Eu vi que por mais que eu quero que aquela pessoa permaneça na minha vida um dia ela tem que ir. Não adianta eu tentar impedir. Não adianta eu acorrenta para que fique. Você não me pertencia. Nem tudo me pertence. Nada nós pertence. Nem o amor que um dia alguém disse que sentia. E foi assim que eu aprendi, que todo começo tem que ter um fim.

12 Passos para superar o fim do namoro

texto16 (1)Os relacionamentos não vêm com um manual de instrução, de como dar certo. É algo que você vai te que ser jogar, ás vezes vai dá certo, mas muitas vezes não. E como o mundo não é colorido, todos um dia vão passar pelo um término de namoro. Terminar um namoro é dar a voltar por cima não costuma ser uma tarefa fácil, você vai ter que passar por muitas coisas pra consegui superar. Quando eu penso em um fim de um namoro, me lembro dos filmes americanos sobre o choro pós-namoro, com direito a lenços de papel espalhados pela cama, potes de sorvetes e tabletes de chocolates, não você não precisar passar por isso. Para quem está decidida em por um ponto final no romance, a principal dica é manter o pé firme e aguentar qualquer tentativa de volta. Caso esteja complicado seguir adiante e o término foi recente, segue algumas dicas para superar o fim do namoro.

1 – Desligue-se dele

“Quem não é visto, não é lembrando”, eu sempre levo isso comigo. É uma das melhores formas para você esquece o seu ex, é desligando dele. Eu sei que no começo vai ser difícil! Você vai querer saber tudo que está acontecendo com ele, vai viver stalkeando as redes sociais dele. Então, o melhor jeito é bloquear, exclua todas as redes sociais que você tem dele, principalmente o número de telefone, se puder bloquear também. Isso ajudará a mantê-la longe de você. Não tenha, de forma alguma, conversas rápidas, recaídas, ou fique com ele, após o término… você poderá se sentir bem na hora, mas quando perceber que isso não o trará de volta, vai fazê-la sentir péssima!

2  Não guarde nada

É difícil, mas você tem que fazer isso. Se livre de todos os presentes, cartões, cartas, etc, que são sentimentais e podem fazer você se lembrar de seu ex. Não os devolva para ele… jogue fora, dê à caridade, venda (se forem valiosos), mas não os mantenha com você. Desapegue!

3  Leia um livro

O que induz você lembrar o seu ex? Para quem respondeu a mente, acertou, e não o coração, por-favor gente! Coitado do coração só faz pulsar mesmo! Ocupe-a mente é uma das melhores maneiras possível. A leitura é uma ótima pedida, afinal, dá para desencanar do roteiro real e viver outra história e até mesmo entender melhor o que se passa na própria vida, baseada nas histórias fictícia.

4  Desabafe com uma amiga

Se você estiver se sentindo particularmente fraca, querendo telefonar, mandar mensagem, ou fazer qualquer outra coisa do tipo, faça tudo isso com uma amiga e desabafe se ela for próxima e de confiança. Prefira aquela que acompanhou o relacionamento por mais tempo e que vai entender sem julgamentos o que se passa no momento. Desabafe mesmo, ela vai entender perfeitamente seu lado. Só não vale ligar todos os dias, afinal ela não é sua psicóloga, mas sim, sua amiga.

5  Não se jogue em outro relacionamento

Não há problema em sair e conhecer pessoas novas, talvez casualmente. Mas outro relacionamento? Imediatamente? De jeito nenhum! Isso não só será injusto para seu novo parceiro, como também pra você mesma. Às vezes, aparece aquele amigo legal que de repente nem se sente atraída, mas por estar fragilizada acaba se envolvendo demais. Depois do fim de um namoro é normal ficar frágil e assim se apaixonar facilmente também. O ruim disso é substituir as emoções e até comparar as atitudes do atual, com o ex. Não é saudável, seja verdadeira consigo mesma. Nada de trocar uma paixão antiga, por uma nova paixão. Durante este tempo, é bom passar algum tempo sozinha pra aprender mais sobre si mesmo.

6  Lembre-se, não tenha medo de ficar sozinha.

Não é o fim do mundo, e você vai sempre encontrar alguém no caminho. É normal ficar sozinha, e ás vezes é até necessário! Aproveite o momento para fazer uma auto-reflexão sobre o porquê você não quer ficar sozinha. Vai te ajudar muito.

 Faça uma reavaliação do namoro

As pessoas terminam por uma razão. Muitas vezes, quando passamos por isso, e não foi de nosso desejo, pensamos em todos os bons momentos. Mas, faça uma lista intitulada “boas razões pelas quais não estamos mais juntos” ou “coisas sobre meu ex que eu não gostava.” Isso vai ajudá-la a colocar todos os pontos nos “i” que faltava. Veja quais foram os pontos mais frágeis e como agiria se fosse atualmente. Lembre-se que não é para cair na tristeza, ou nostalgia. A autoavaliação está longe de ser um túnel do tempo ao antigo namoro.

8  Não tente ser amiga de seu ex

A menos que você esteja realmente bem com a situação! Mas, se você ainda gosta dele, estiver desconfortável com a situação, ou triste, e mesmo assim continuar mantendo contato, você não terá condições de superar o término (será um círculo vicioso clássico). Deixar ir é necessário para a superação. Além disso, será mais difícil ainda superar, se ele começar a namorar outra pessoa, e você tiver que ouvir isso naturalmente, simplesmente porque agora são apenas amigos… Acho que seria muito pior para você!

9   Não se iluda

O pior de tudo é criar uma falsa ilusão em imaginar que o namoro poder voltar, e o pior imaginar que poder voltar a se como era antes. Apenas, não iluda. Aquela ligação de madrugada, a mensagem no celular que o ex mandou só para saber se está tudo bem, pode ser até fofo, mas deve acabar ali, sem resposta. Isso vale também para você, mocinha! Nada de ficar pedindo ajuda para ele, ou ligando quando bater a saudades. Enquanto, os dois lados não estiverem prontos para se ver, qualquer olhar 43 é uma bomba relógio.

10  Quem foi culpado?

O fim do relacionamento não tem como sair colocando a culpa apenas no parceiro, se acabou não foi apenas por “ele”. Tentar remoer o que já aconteceu só piora as coisas. No namoro, só o casal realmente sabe o que aconteceu durante o período juntos. Se existiu alguma coisa a qual te magoou, supere e continue a vida para frente. Não adianta ficar tentando saber quem errou e esclarecer mais ainda o que já acabou. A vida continua…

11  Escreva seus pensamentos e sentimentos

Eu sei que para muitas pessoas é difícil, consegui escrever sobre os seus próprios sentimentos. Mas eu vou dar um dica, finja estar escrevendo uma carta para seu ex (escreva, mas não entregue a ele, claro). Escrever seus pensamentos e seus sentimentos (raiva, mágoa, traição, tristeza) pode ser muito construtivo, além de uma forma de desabafo, e você se sentirá mais leve! Depois, rasgue a carta, queime, enfim, mas jogue fora ou livre-se dela. Não compartilhe isso de forma alguma com seu ex, não ligue para ele para falar sobre essas coisas, não envie por e-mail ou correio, o que for!

12 – O tempo curar tudo

Seja amável, gentil e paciente consigo mesma. Não se culpe pelo fim. Este é um momento de auto-reflexão, e não auto-flagelação. Às vezes, você pode acabar nem encontrando uma razão para o término, e o melhor será sempre encontrar conforto em si mesmo… como diz a canção “se você quiser alguém em quem confiar, confie em si mesmo”. O fim de um relacionamento não é o fim do mundo. Aliás, é apenas um novo começo. Tenha certeza, que com o tempo muitas coisas, maravilhosas, vão vir em sua vida.

Já curtiu a página do blog no FacebookCurte aí!