felicidade

A vida é feita de escolhas

texto340A vida é feita de escolhas e elas vão te levar para o destino que você escolher. Desde criança somos obrigados a fazer escolhas. Se você vai comprar o brinquedo “a” não pode comprar “b”, e assim a gente vai aprendendo como escolher. E quando crescemos vemos que é pior ainda, o que escolhemos vai nós levar para certos destinos.

Hoje você resolve sair de casa e não sabe do que ir, de ônibus ou táxi! No final escolhe ir de ônibus. Conhece um garoto no ponto de ônibus e vocês começam a conversa sobre vários assuntos. Você pegar o número do telefone dele, e ele o seu. Ele pode vir ser tornar o seu melhor amigo, apenas um conhecido, ou quem sabe o seu namorado. Vocês podem vir se casar, ter filhos, morar em uma casa de quatro cômodos e ter um cachorro chamado Marley. Não importa, á sua escolha te levou até ele. Se você tivesse resolvido ir de táxi, o caminho de vocês não tinha se cruzado! Essas são simples escolhas que pode te levar a destinos incríveis. Quando sair de casa preste mais atenção, nas pessoas que vai cruzar o seu caminho, pense, pode ser que você vai encontrar o amor da sua vida na fila do supermercado ou na fila de um banco. Na biblioteca. Em uma festa. Em uma troca de olhares no elevador. Em uma esquina qualquer, o amor pode estar nos lugares que você menos imaginar. E caso você encontre, foi a escolha que você tomou que te levou a até ele.

Fazer faculdade de medicina ou astronomia? Ficar em casa ou ir à balada? Aprender inglês ou alemão? Viajar para os Estados Unidos ou Canadá? Pegar um ônibus ou ir de metrô? Comprar um livro ou um vestido? Perdoar ou guardar rancor? Ser feliz ou ficar triste? Voltar com seu ex ou dá um chance ao novo amor? Certas opções que você vai escolher, te levará para vários caminhos.

Comece a prestar mais atenção nas suas escolhas, muitas vezes pode ser uma escolha boba, mas elas podem afetar  o seu destino. Escolha o que te faz bem. O que te fazer sorrir, e tenha a certeza que vai ter levar a caminhos que você jamais imaginou conhece.

Encontrar o meu lugar

texto218Às vezes da vontade de fugir para muito longe sem sequer olhar pra trás. Sem ser despedir de ninguém, larga tudo, nem deixar uma carta de despedida. Apenas arrumar a mochila e colocar o que coube, e o resto guarda dentro do coração. De me aventurar pelo mundo e de conhecer cada cidade e pode conhece pessoas incríveis que jamais imaginei que conheceria na vida. Às vezes tenho vontade de me encolher num cantinho do mundo e ficar ali por dias, quietinha, sem ouvir ninguém, apenas os meus pensamentos.

Ás vezes dá vontade de sair da rotina e quebrar todas as barreiras que me prender. Sabe quando você vê que não pertence onde você viver, você sente que aquilo não é o seu lugar, sentir como um peixe fora d’água. É isso, eu quero descobrir o meu caminho, eu quero me descobrir. Atravessa a linha do horizonte, e mostrar para todos que horizonte existe sim, apenas para quem acreditar. Sentir meus pés tocando no mar. Embarcar num trem veloz, que me leve ao destino da felicidade. Entrar em um avião pegar o primeiro voo, sem saber para onde, apenas para um lugar bem longe. Rompe os laços que me ligar onde estou. Mas logo sou dominada por uma eterna gratidão pela vida que tenho. E então, o meu sonho se desmoronar de sair pelo mundo. Eu vejo que não posso me prende em um lugar só. E de novo me vem à vontade de ir para longe. Não importa como eu vá, pode ser de pé, bicicleta, carro, avião o que for, o importante é eu ir… Só sair daqui e aproveitar a vida. Mas eu não esquecerei todos os que eu amo, eles são os que eu levo no lado esquerdo do peito.

Talvez eu ainda não saiba para aonde ir, mas é isso, eu quero ir para qualquer lugar, não importa onde seja o que importa é eu me encontrar. Me descobrir, sentir que ali é meu lugar. Sentir que é o lugar que eu procurava por toda a minha vida.

Talvez demore eu encontrar o meu lugar, mas vou correr o risco, me arriscar. E depois olhar para trás e ver que tudo valeu à pena.

Eu quero apenas ser feliz

texto104
– Toc, toc.
– Quem é?
– É a felicidade!
– Oi felicidade seja bem vinda, estou surpresa com a sua visita, você nem sempre aparecer por aqui.
– Me desculpe não vir muito aqui. Mas sempre quando eu batia na sua porta quem me atendia era a tristeza, e ela sempre me disse: que você não precisa de mim.
– Ah, é que todos me abandonaram e ela foi à única que continuou comigo.
– Será que foram todos que te abandonaram, ou foi você que os trocou pela tristeza?
(Silêncio)
– Eu vir que a tristeza e a melancolia saíram logo cedo hoje! Então, resolvi te visitar.
– É as duas acordaram bem cedo, nem ficaram para o café. Mas que bom que você está aqui!
– Vejo que você precisa muito de mim…
(Suspiro)
– Não conseguir deixar de reparar os seus pulsos. Eles estão tão automutilados!
– Ah, foi à tristeza que me ajudou com a automutilação. Ela vem-me sugerindo a tomar um remédio que poder acabar com todo o meu sofrimento. Mas, pretendo não tomar!
– Me desculpe por te ter abandonado!
– Não se desculpe. Talvez foi eu que te abandonei. Apeguei-me tanto com a tristeza…
(Silêncio logo)
– Sabe felicidade o que dói não são essas automutilações, não é essa dor externa, e sim, a dor que eu carrego por dentro, a dor interna. Nenhum remédio resolver. Apenas quando adormeço as coisas melhoram.
– Mas eu estou aqui. Eu quero te ajudar e devolver toda a felicidade que você precisa. Irei ajudar você a cicatriza essas feridas que você carregar por dentro, e por fora.
(Silêncio com choros)
– Prometo que não vou deixar a tristeza entrar pela aquela porta. E caso ela resolver voltar irei dizer: “que aqui agora viver a felicidade, e quando ela consegue entrar, não tem espaço suficiente para a tristeza”.
– Por favor, não me abandone!
– Não irei te abandona. Eu nunca abandono, são as pessoas que acabam me trocando pela tristeza!
– Mas caso você resolver me deixar, às portas sempre vai ta aberta para você voltar, só não sei ser vai ser eu, ou tristeza que vai abrir a porta.
– Digo e repito “quando a felicidade entrar a tristeza não consegue voltar”.
– Promete!
– Eu prometo. Que de hoje em diante eu sempre estarei com você!
– Toc, toc!
– Quem é?
– Sou eu a tristeza! Posso entrar?
– Não. Estou com a felicidade, e não tem espaço para você mais aqui!
(Silêncio)
– Tristeza diga pra mim porque você tem tanta dor?
(Continuar em silêncio)
– Então, por favor, tristeza esqueça meu endereço quero ver você partir, e não volte nunca mais. Esqueça tristeza de mim. Eu, não te quero mal, apenas não te quero mais.
– Eu vou indo, mas quero que você saiba que eu posso voltar!
– Ah, tristeza não é querendo ser chata, mas levar a melancolia junto com você.

E que venha a felicidade.

Imagem

Nunca é tarde demais ou cedo demais para ser feliz! A felicidade temos que construir. Correr atrás arrisca enfrenta todos os obstáculos para encontra. Espero, que quando encontra tire o máximo proveito dela, nem que dura um dia, uma hora, uma semana, alguns meses ou quem sabe uma vida inteira, mas aproveite cada segundo quando encontra a felicidade. Não deixe que ela vai embora da sua vida. Espero que quando a felicidade chegar sinta coisas que nunca sentiu antes!

Sinta a alegria o amor e a paz tudo junto de uma só vez. E que ela chegue a qualquer dia, qualquer hora, em qualquer lugar, mais que chegue. E quando chegar espero que fique comigo e nunca me abandone, esperei ela por muito tempo. Esperei ela por tempo demais achando que nunca chegaria e não vou deixar ela ir embora assim tão fácil, ela não sabe o tanto que esperei ela, não sabe o que passei ou vou passar a procurar dela. Sei que o dia vai chegar quando menos esperar ela ira aparecer. Mas essa tal felicidade pode te certeza haja o que houver, venha o que vier, ela não vai escapar de mim nunca mais se é que um dia ela escapou! Mais ela pode ter certeza que nunca vou deixar ela ir embora da minha vida.