16 situações pelas quais passam quem sofre de ansiedade

Porque a ansiedade não entra nas nossas vidas pedindo licença e perguntando se agora é uma boa hora… Aliás, quantas vezes você já passou por momentos difíceis, por causa, da sua ansiedade? Fique calma, eu sei como você se sente – e não é pouco! Se por acaso, você sofrer de ansiedade, com certeza, viveu algumas destas situações, vai se identificar. Quer ver?

1. Quando você não para de pensar em alguma coisa!

Acredite! As coisas ficam rodando na sua cabeça em looping infinito… Oh, meu Deus! Acho que vou ficar louca!


2. “Mandei mensagem tem quinze minutos e não me respondeu. Será que aconteceu algo?”.

Cérebro: Noticia ruim voar, NÃO aconteceu nada… Oi? Sou eu sua ansiedade, linda? Vai que o roubaram? Desmaiou na rua? Quem sabe foi sequestrado? Xôoo, TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada).


3. Também tem aquela hora que você tem que esperar! Seja alguém ou alguma coisa.

Quer saber? Eu não vou esperar nada, cansei! Mentira. Te que esperar é a morte para qualquer ansioso. Aff!


4. O que acontece quando você faz algum tipo de prova importante e ficar esperando o RESULTADO?

Hello, para que fazer isso com a gente? Moço, eu não paro de pensar nisso…


5. Afinal, tem o cansaço constante e sua cabeça parece que vai explodir.

Plmdds é praticamente impossível se desligar para dormi… Tipo, meu cérebro é um computador, que nunca é desligadooo. 


6. Oi? Você vai ter que falar em público.

Mesmo faltando uns três meses para acontecer, você já vai preparando o que vai dizer… E desejando, que o mundo acabe antes… Heeelp!


7. Que tal a ligação de um número desconhecido?

Não vou atender… “E se for alguma coisa importante?”. Mais um ponto para você ansiedade. #omg


8. E ter que resolver alguma pendência POR TELEFONE.

Já existe chat, e-mail, WhatsApp e também pode enviar por carta!


9. Sentindo alguma dor estranha? ESTOU MORRENDO, SOCORRO!

Alguém chama o SAMU, pelo amor de Deus.


10. “Será que eu tranquei a porta? E se eu não tranquei?”

Oh! Um ladrão vai entrar em casa e rouba tudo. Não leve a minha gatinha, por favor, moço!


11. Qualquer momento que exija decisão, mesmo que seja sobre coisas pequenas, pode ser bastante doloroso.

“E se for à escolha errada, isso pode afetar toda minha vida?”.


12. É fazer centenas de listas e não cumprir nenhuma

Aaah, eu juro… que mês que vem eu vou fazer qualquer coisa escrita nelas.


13. É precisar fazer tudo, mas não querer fazer nada.

Já tô indo! Mas… eu vou descansar só mais um pouquinho!


14. Se preocupa 24 horas com o futuro…

“E se?, eu não consegui realizar meus sonhos?”.


15. …E esquece de viver o presente!

Já passamos da metade do ano, e eu não fiz quais nada até aqui. Só falta cinco meses para o ano terminar? JESUUUS!!!

16. Você fica ansioso sobre ansiedade

Qual ansioso não sofre com sua própria ansiedade? Eu por exemplo, tento se proteger contra grandes picos de ansiedade (o que é bem louco), o que gera muito estresse. Ai meu Deus!!!

É não fácil para quem sofrer de ansiedade, mas não podemos deixar ela controlar nossas vidas. E claro, se está atrapalhando a sua vida, procure ajudar de um profissional!

E aí, você se identificou com algumas destas situações? Se sim, qual delas? Conta tudo nos comentários!

Dez livros legais para você ler nestas férias

Ahhhh, férias! <3 <3 <3 Chegou o tempo de descansar e tentar fugir da rotina. Só curtir o momento! Nesses dias, tem coisa melhor do que ter a companhia de um ótimo livro? Por isso separei um post com dicas de títulos legais pra ler durante período afastado da escola ou faculdade. Tem romance, drama e fantasia. Diversas opções pra todos os gostos! Com vocês, dez livros legais para ler nestas férias!

Objetos Cortantes – Gillian Flyn

Sinopse: Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida. Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado. Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas. Compre aqui!

Caixa de Pássaros – Josh Malerman

Sinopse: É um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão. Compre aqui!

O Garoto do Cachecol Vermelho – Ana Beatriz Brandão

Sinopse: Uma história comovente, recheada de drama, suspense e romance. Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Melissa se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor. Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho… Compre aqui!

O Céu Noturno Em Minha Mente – Sarah Hammond

Sinopse: Com certo ar de O estranho caso do cachorro morto, esta é uma incrível história de mistérios e descobertas. Mikey Baxter tem 14 anos, mas muitas coisas o diferenciam dos outros garotos da sua idade. Para começar, o pai está na prisão e a mãe se recusa a falar sobre o assunto. Ele sabe que, de alguma forma, isso está ligado à cicatriz em sua cabeça e ao fato de ele parecer ter mais dificuldade em entender certos assuntos do que os outros. Quando um misterioso assassinato ocorre em sua cidade e Mikey é o primeiro a chegar à cena do crime, ele não sabe o que pensar. O que o levou até ali? Quem teria matado o morador de rua da cidade, que parecia nunca ter feito mal a ninguém? E quem era o homem caipira que estava nos arredores? Agora, ao mesmo tempo em que tenta entender a confusão em sua própria cabeça, Mikey precisa desvendar o que ocorre do lado de fora. Compre aqui!

Com Todo Amor do Mundo – Monaliza Nunes

Sinopse: Um minuto para uma criança que está na escola, ansiosa para brincar, vale o mesmo que uma senhora de oitenta anos que está cansada da vida. Um minuto para uma mãe que acaba de perder um filho é o mesmo que um dia para um soldado em campo de guerra. Um minuto para um homem de negócios, cheio de assuntos para resolver é igual há quinze minutos que uma adolescente tem para chegar em casa na hora.Então mesmo sem ser considerada uma grande aluna de física e química, acho que este negócio de tempo não tem importância de verdade, porque muitas vezes o momento mais importante da nossa vida durou dez segundos o que em nossa mente vale por dez minutos, ou dez vidas ou cinco segundos, isso depende de cada um.Talvez o tempo dependa mais nós, do que nós dependemos dele. Talvez o tempo seja uma lenda criada pelos índios antigos, o que importa de verdade é garantir que nosso tempo está sendo usado de forma correta. Compre aqui!

Um Presente da Tiffany – Melissa Hill

Sinopse: Véspera de Natal na Quinta Avenida: dois homens estão comprando presentes para as mulheres que amam. Gary quer dar para a namorada, Rachel, uma pulseira de berloques. Em parte, como agradecimento por ela ter pagado a viagem a Nova York durante as festas de fim de ano, mas principalmente porque ele deixou, como sempre, tudo para a última hora. Enquanto isso, Ethan está procurando algo mais especial — um anel de noivado para Vanessa, a mulher que conseguiu levar felicidade à sua vida e à de sua filha depois da morte da primeira esposa, que ele amava tanto. A vida desses dois casais acaba se cruzando por acidente. Quando as sacolas de compras dos dois homens se misturam sem que ninguém perceba, Rachel ganha o anel de noivado que seria de Vanessa, e encontrar a joia para entregá-la à sua legítima dona revela-se uma tarefa mais complicada do que Ethan imaginava. Será que o destino tem algo inesperado reservado para os casais? Ou será a magia da Tiffany que está no ar? Compre aqui!

A História de Nós Dois – Dani Atkins

Sinopse: Emma tem 27 anos, é linda e inteligente e vive cercada de pessoas que ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de escola, ela não poderia estar mais empolgada. Mas o que deveria ser o momento mais feliz de sua vida de repente vira uma tragédia. Emma sofre um acidente e é salva por um estranho minutos antes que o carro em que ela viajava explodisse. Abalada, ela decide adiar o casamento. E nesse meio-tempo descobre segredos que a fazem questionar as pessoas nas quais sempre confiara – a ponto de duvidar se deve se casar afinal. Para complicar, ela se sente cada vez mais ligada a Jack, o homem que a salvou e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo, gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu. Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou… Uma mulher, dois homens, tantos destinos possíveis. Como essa história vai terminar? Compre aqui!

O Menino Que Desenhava Monstros – Keith Donohue

Sinopse: Jack Peter é um garoto de 10 anos com síndrome de Asperger que quase se afogou no mar três anos antes. Desde então, ele só sai de casa para ir ao médico. Jack está convencido de que há de monstros embaixo de sua cama e à espreita em cada canto. Certo dia, acaba agredindo a mãe sem querer, ao achar que ela era um dos monstros que habitavam seus sonhos. Ela, por sua vez, sente cada vez mais medo do filho e tenta buscar ajuda, mas o marido acha que é só uma fase e que isso tudo vai passar. Não demora muito até que o pai de Jack também comece a ver coisas estranhas. Uma aparição que surge onde quer que ele olhe. Sua esposa passa a ouvir sons que vêm do oceano e parecem forçar a entrada de sua casa. Enquanto as pessoas ao redor de Jack são assombradas pelo que acham que estão vendo, os monstros que Jack desenha em seu caderno começam a se tornar reais e podem estar relacionados a grandes tragédias que ocorreram na região. Padres são chamados, histórias são contadas, janelas batem. E os monstros parecem se aproximar cada vez mais. Na superfície, O Menino que Desenhava Monstros é uma história sobre pais fazendo o melhor para criar um filho com certo grau de autismo, mas é também uma história sobre fantasmas, monstros, mistérios e um passado ainda mais assustador. Compre aqui!

O último turno – Stephen King

Sinopse: Brady Hartsfield, o diabólico Assassino do Mercedes, está há cinco anos em estado vegetativo em uma clínica de traumatismo cerebral. Segundo os médicos, qualquer coisa perto de uma recuperação completa é improvável. Mas sob o olhar fixo e a imobilidade, Brady está acordado, e possui agora poderes capazes de criar o caos sem que sequer precise deixar a cama de hospital. O detetive aposentado Bill Hodges agora trabalha em uma agência de investigação com Holly Gibney, a mulher que desferiu o golpe em Brady. Quando os dois são chamados a uma cena de suicídio que tem ligação com o Massacre do Mercedes, logo se veem envolvidos no que pode ser seu caso mais perigoso até então. Brady está de volta e, desta vez, não planeja se vingar apenas de seus inimigos, mas atingir toda uma cidade. Em Último turno, Stephen King leva a trilogia a uma conclusão sublime e aterrorizante, combinando a narrativa policial de Mr. Mercedes e Achados e perdidos com o suspense sobrenatural que é sua marca registrada. Compre aqui!

A Melhor Coisa Que Nunca Aconteceu na Minha Vida – Laura Tait e Jimmy Rice

Sinopse: Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados? Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso. Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância? Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor? A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas. Compre aqui!

Poxa, são tantos livros legais, que é até impossível querer ler apenas um, hein? Agora conta nos comentários: E qual destes que aparecem aqui é o seu favorito? Quero sabeeer! \o/

Não chore por quem não te ama

Bau6 (3)Ei menina, porque derrama lágrimas por alguém que não te ama? Que não valorizar esse sentimento tão lindo que você carregar ai dentro do peito, que é o amor. Sei que não é fácil esquecer um amor, mas será que vale a pena sofrer assim? Jamais se esqueça que o seu coração é como um jardim, quando pisam nele acabam machucando as flores existentes. Eu tenho certeza, que você não deseja isso para você, não é mesmo?

Talvez o seu erro seja pensar que precisa de alguém para ser feliz, não pense assim. Você precisa apenas está de bem com você mesmo, e nada mais. Não pense que não vai encontrar um cara como ele, esse é o propósito, encontrar alguém totalmente diferente dele. Por mais, que você não vê – você é incrível. Todos os seus defeitos na verdade são suas grandes qualidades. Antes de tudo, não mude quem você é por ninguém. Se ame mais um pouquinho. E nunca mais deixe nenhum idiota, pisa em suas flores, que é o seu coração – acalenta-o, com mais amor próprio.

Então, deixe esse amor no passado. Que tal viver mais o seu presente? Conhecer novos amores, aprender coisas novas e curtir mais a vida. Faça coisas que sempre sonhou em fazer.

E um dia o verdadeiro amor vai bate na sua porta. Vai tocar o seu coração e te puxar pela mão. E vai te mostrar que quem amar não faz ninguém sofrer. Porque o verdadeiro amor não é egoísta. E se por acaso, você sentir medo de amar de novo: tem amores que nós dar uma lição e outros ajudar a reviver.

Ei, menina. Enxugue essas suas lágrimas, de a volta por cima. E saia por aí, colorindo a sua  vida.

Não tente decifrá – la

texto287Ela era tímida não costumava olhar as pessoas nos olhos e, sempre desviava o olhar para não te que encarar. Ela era uma quebra cabeça, ninguém conseguia decifrar o que ela sentia – tenho certeza que nem ela mesma sabia. Ela escondia o melhor dela dentro de uma camisa e uma calça jeans. E sempre com um fone de ouvido. E todos os dias ela colocava sua armadura – para muitos é um sorriso, mas para ela é uma grande armadura. Ela não demostrava sentimentos, muitas das pessoas achava que ela era fria, mas ela nunca ligou para o que as pessoas pensava dela. O garoto que ela gostava nem sabia de sua existência. Sentia que era invisível para o mundo. Às vezes ela queria evapora, dar um tempo, sair por aí!

Tinha poucos amigos, talvez um ou dois, mas para ela significava muito. Ela nunca ligou de ter vários amigos, para ela o importante era a qualidade e não quantidade. Guardava a sua tristeza dentro do bolso para fazer os amigos felizes. Ninguém sabia quando ela estava triste, sempre tinha um lindo sorriso que contagiava todos. Ela era um enigma. Misteriosa como uma ventania, você nunca sabia da onde ela surgia. Sentia que carregava o mundo nas costas (me diga quem nunca sentiu assim antes?). Porém, com toda a sua fragilidade ela era muito forte mais do que as pessoas imaginava. Ás vezes o mundo dela desmoronava e, então, corria para um lugar que ninguém fizer ela chorando, mas logo ela se recompõe. E está de novo com um lindo sorriso no rosto.

Nunca diga que ela é fraca, você não sabe quantas vezes o mundo dela desmoronou e ela continuava sorrindo. Você não sabe quantas vezes ela quis ser desligar do mundo, e continuava lutando. Porque ela acreditar nela, acredita que todos os seus sonhos no final vão se realizar. Ela aprendeu a cair e se levantar em um segundo. Ela aprendeu que sempre as pessoas que significa muito, podem decepcionar muito também, mas do que possa imaginar. Aprendeu que não é porque ela gosta de alguém, que essa pessoa vai se apaixonar por ela. Aprendeu que a jornada vai ser longa, o universo vai conspirar contra ela, mas vai seguir firme e em frente. Por favor, só não diga que ela é fraca.

Mas encanto isso ela continua com sua camisa e seu jeans surrado. E com fone de ouvido, e assim, ela vai ser desligando das pessoas em sua volta. Ela é comum, cheia de defeito, porém diferente. E que poucos vão te o prazer de conhecer. Mas se um dia você a conhece – não tente decifrá – la, ela é indecifrável.

DEIXA DE ORGULHO, E VEM!

texto56Não vou começar esse texto com promessas. Que fique claro que não é que eu não tenha vontade de te prometer toda felicidade e amor do mundo, mas é que hoje, só hoje, quero focar nos fatos reais e cotidianos. Sinto sua falta. Pensou que eu nunca admitiria isso, não é? É que a saudade me acorda toda madrugada com um tapa na cara e eu apanho quieta. Tem seu lugar vazio no outro lado da cama, seus vestígios espalhados pelo quarto e eu me sentindo sufocada no meio de tanto espaço. Eu sei que nunca fomos perfeitos juntos e na verdade, eu nem quis que fôssemos. Não, porque eu gostava (e ainda gosto) do seu jeito meio inconsequente que batia sempre de frente com a minha razão. Desde o gosto musical a um ser mais caseiro e outro amante da balada, entende? As diferenças são complementares. E a beleza disso tudo era evidente, porque cada um fazia um esforço sob humano para se encaixar na rotina, no peito e no coração do outro. 

Cá entre nós, eu não quero mais ficar sozinha. E faço questão de remeter minhas palavras a você, porque a minha saudade é específica demais. Tem nome, sobrenome, endereço, telefone e um gosto musical horrível. Mas o sorriso encantador compensa todo o resto. Você sabe, meu amor por você é enorme e minha preguiça por coisas novas também. O novo nunca é o suficiente, nem preenche por muito tempo. E a culpa nem é dele, é minha, que só aceito um velho amor como consolo. Não quero encontrar novas saídas e caminhos, mas ficaria feliz em refazer nossas trilhas de mil modos diferentes. Quero amanhecer, dormir e enrolar uns minutos na cama ao teu lado. Quero você. Faz assim, esquece tudo o que passou e vem. Volta para o lugar de onde você nunca deveria ter saído e a gente esquece tudo de uma vez. 

Eu falto do trabalho, levo um atestado na faculdade e sumo do mapa com você. Dou-nos uma semana, só nossa, sem interrupções, que é pra gente refazer nossos planos e nos amarmos sem medidas. Aprendemos a cozinhar coisas novas. Vamos dar risada até a barriga doer e esquecer a falta de tempo que nos rouba tanto de nós mesmos. Vem, coloca teu orgulho naquela estante empoeirada da sua casa que é pra você olhar futuramente e se orgulhar de tê-lo abandonado. Não demora não, sua cerveja ainda tá na geladeira, seu cigarro na cabeceira e eu ainda estou aqui, tudo continua do jeitinho que você deixou.
Viu só? Eu poderia jurar que não falaria sobre promessas neste texto, mas como sempre, você me fez repensar minhas falas, atitudes e tudo mais. Então, abaixe suas armas de combate e levante a bandeira branca. Segundas chances são sempre bem vindas aqui, querido. Vem que eu te dou mil beijos, te faço um carinho e um poema. Vem, que já passou muito tempo e nosso destino foi escrito há vidas atrás. Aproveita que ainda é cedo e não se esqueça de que o nosso infinito começou há muito tempo. Aproveita essa segunda chance, e vem!
Sobre a autora: Raiane Ribeiro, 20 anos, publicitária em formação, psicóloga de amigas com relacionamentos frustrados. Leia o seu blog!