Tarde demais

texto580E você acordou mais um dia sem uma mensagem dela de “Bom dia meu amor. Eu te amo”. Tomou banho e arrumou-se para a sua rotina estressante. Sentou-se a mesa para tomar seu café – que estava frio. O silêncio aparava pelo cômodo. Reparou como o silêncio doía. Olhou para a porta com a esperança que ela entrasse saltitante e com um sorriso contagiante. Suspiro forte que fez com que os seus pulmões ardessem. Sabia que tudo eram momentos que não voltaria mais. Deu um sorriso amargo enquanto bebericava seu café. Isso fazia doer a sua alma.

Voltou de novo ao quarto para terminar de ser arrumar. Colocou a camiseta que ela havia dado no dia do seu aniversário. Acabou lembrando que naquele dia ela fez um bolo de chocolate, era o seu sabor predileto. Ligou o rádio para se distrair um pouco e, foi quando a música que ela mais gostava começou a tocar. Era como se tudo que ele fizesse lembra-se dela. O pior de tudo aconteceu. Sentiu o cheiro do perfume dela impregnando o seu quarto. Olhou em volta para ver se encontrava algum vestígio dela. Como havia de se esperar, não encontrou nada. 

Ele pensou que não sentiria falta dela. Porém, viu que perdeu amor verdadeiro. Estava sempre ao seu lado, em todos os momentos. Sabia que já era tarde pra se arrepender. Se ainda tivesse alguma chance detê-la de volta, faria qualquer loucura. Só pra poder sentir de novo os beijos dela, mesmo que fosse pela última vez.

O pior de tudo, ele ainda guardava uma foto 3×4 dela na carteira – assim conseguiria sentir ela mais perto de si. Mesmo sabendo que nada disso adiantaria, porque o que ele mais queria não teria de volta, o o amor dela. Antes, você teve ela nas mãos. Hoje ela tem a liberdade para voar como um passarinho.