cinema

Para viajar: filmes que se passam em Paris

Paris é considerada a cidade luz, do amor e também dos sonhos! Com cartões postais monumentais, pontos turísticos fascinantes, a capital francesa convida quem a visita a se desligar da realidade e embarcar em cenários dignos de filmes românticos! E falando em filmes, que tal conhecer um pouco mais da cidade luz e seus pontos turísticos assistindo a essas histórias incríveis e que nos transportam para Paris! Confira nossa listinha e vamos lá?


Meia Noite em Paris


Sinopse: Gil Pender é um jovem escritor em busca da fama. De férias em Paris com sua noiva, ele sai sozinho para explorar a cidade e conhece um grupo de estranhos que são, na verdade, grandes nomes da literatura. Eles levam Gil a uma viagem ao passado e, quanto mais tempo passam juntos, mais o jovem escritor fica insatisfeito com o presente.


O Fabuloso Destino de Amélie Poulain


Sinopse: Após deixar a vida de subúrbio que levava com a família, a inocente Amélie muda-se para o bairro parisiense de Montmartre, onde começa a trabalhar como garçonete. Certo dia encontra uma caixa escondida no banheiro de sua casa e, pensando que pertencesse ao antigo morador, decide procurá-lo ­ e é assim que encontra Dominique. Ao ver que ele chora de alegria ao reaver o seu objeto, a moça fica impressionada e adquire uma nova visão do mundo. Então, a partir de pequenos gestos, ela passa a ajudar as pessoas que a rodeiam, vendo nisto um novo sentido para sua existência. Contudo, ainda sente falta de um grande amor.


Antes do Pôr-do-Sol 


Sinopse: Um escritor e uma ambientalista, que se conheceram em um trem nove anos atrás, reencontram-se em Paris. Apesar de ambos estarem comprometidos com outras pessoas, percebem que ainda existe um forte sentimento entre os dois.


Lola 


Sinopse: A cantora e atriz Miley Cyrus dá vida a Lola, uma garota que vive em um mundo cada vez mais conectado pelas redes sociais e tem dificuldades em manter uma relação saudável com sua mãe. Em meio aos romances e amizades da escola, Lola e seus amigos acabam embarcando em uma divertida viagem para Paris.


Ratatouille


Sinopse: Paris. Remy é um rato que sonha se tornar um grande chef. Só que sua família é contra a ideia, além do fato de que, por ser um rato, ele sempre é expulso das cozinhas que visita. Um dia, enquanto estava nos esgotos, ele fica bem embaixo do famoso restaurante de seu herói culinário, Auguste Gusteau. Ele decide visitar a cozinha do lugar e lá conhece Linguini, um atrapalhado ajudante que não sabe cozinhar e precisa manter o emprego a qualquer custo. Remy e Linguini realizam uma parceria, em que Remy fica escondido sob o chapéu de Linguini e indica o que ele deve fazer ao cozinhar.


Cinderela em Paris


Sinopse: Depois de muita busca, o fotógrafo Dick Avery encontra Jo Stockton, sua modelo perfeita. Ela é uma jovem tímida e linda, que é levada para Paris para brilhar e deixar o rival do fotógrafo morrendo de inveja.


Pelas Ruas de Paris

Sinopse: Anna é uma jovem parisiense que, depois de ter uma experiência que a aproxima da morte, enfrenta uma crise em seu relacionamento. Entre tensões sociais e protestos, misturando sonhos e a realidade, a cidade se torna um espelho para o sentimentos de Anna.


A Invenção de Hugo Cabret


Sinopse: Hugo Cabret é um menino órfão que vive em uma estação de trem de Paris onde cuida dos relógios. Hugo adora consertar objetos quebrados, porém, Hugo tem um segredo e tudo o que ele quer é consertar um autômato que seu pai lhe deu um pouco antes de morrer e pra conseguir consertar esse objeto, no entanto Hugo só tem o auxilio de um caderno como algumas anotações sobre o autômato.


A Bailarina


Sinopse: Uma sonhadora menina órfã toma uma atitude arriscada: fugir para Paris e realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Lá, ela decide se passar por outra pessoa, e consegue uma vaga no Grand Opera, onde vai aprontar muitas aventuras.


O Código Da Vinci


Sinopse: Baseado no livro de Dan Brown, a história do filme segue Robert Langdon, um famoso simbologista que é convocado a comparecer no famoso Museu do Louvre após o assassinato de um curador. A morte deixou uma série de pistas e símbolos estranhos, os quais Robert precisa decifrar. Enquanto ele tenta solucionar o caso, o personagem passa por alguns pontos turísticos da cidade e deixa a gente com ainda mais vontade de ir correndo pra França.


Monte Carlo


Sinopse: Não poderia deixar de fora da listinha o filme Monte Carlo. A história gira em torno da Grace, filme estrelado pela Selena Gomez. Grace consegue realizar o sonho de viajar para Paris com as amigas Meg e Emma, mas o passeio revela-se um tanto decepcionante. O trio anda meio desanimado até o dia em que Grace é confundida com uma milionária inglesa chamada Cordélia e resolve assumir o papel. Muito luxo – e confusão – as espera em Monte Carlo.


Paris, Te Amo


Sinopse: O filme vai levar você a um verdadeiro passeio por Paris sem precisar sair de casa. A história é composta por 21 curtas e cada um se passa em um bairro diferente da cidade. O legal é que cada curta foi feito por um diretor diferente e tem como tema principal o amor. Impossível não amar!


Passaporte Para Paris


Sinopse: Gêmeas viajam à França para visitar o avô, embaixador dos EUA no país. A princípio elas não se interessam pelo passeio nem pela cidade, mas quando conhecem dois franceses encantadores, as coisas mudam e elas começam a apreciar Paris.


Os Sonhadores


Sinopse: Em 1968, o jovem Matthew vai estudar em Paris, onde conhece os gêmeos Isabelle e Theo. Os três logo se tornam amigos, dividindo experiências e relacionamentos, enquanto Paris vive a efervescência da revolução estudantil.


Maria Antonieta


Sinopse: A princesa austríaca Maria Antonieta é enviada ainda adolescente à França para se casar com o príncipe Luis XVI, como parte de um acordo entre os países. Na corte de Versalles ela é envolvida em rígidas regras de etiqueta, ferrenhas disputas familiares e fofocas insuportáveis, mundo em que nunca se sentiu confortável. Praticamente exilada, decide criar um universo à parte dentro daquela corte, no qual pode se divertir e aproveitar sua juventude. Só que, fora das paredes do palácio, a revolução não pode mais esperar para explodir.

Outros filmes que se passam em Paris são Corcunda de Notre Dame, Paris-Manhattan, 2 Dias em Paris, Á Francesa, Canções de Amor, Sabrina, Piaf: Um Hino ao Amor e entre outros filmes.

Você viajar sem SAIR de casa, acabar conhecendo cenários incríveis de Paris! E aí, qual desses filmes já assistiu? Conta tudo nos comentários! 

LEIA TAMBÉM:

Inspiração: Fotos em Paris

Já ouviu falar da cantora Indila?

Seis coisas que você deve fazer sozinha pelo menos uma vez

Quantas vezes você saiu sozinha para ir nos lugares? É algo bastante inevitável, né? Sempre procuramos chamar uma amiga, namorado ou ir com os pais para se sentir mais sociável… enfim, talvez você possa se sentir meio alone, por exemplo, em ir ao cinema ou viajar desacompanhada. E aliás, pode ser algo mais natural possível do que você consegue imaginar, sabia? Para provar que isso é mais comum e legal, listei seis coisas que você deve fazer sozinha pelo menos uma vez. Olha só?


  • 1. Ir ao shopping

Você pode andar por todos os lugares, entrar em todas as lojas que quiser e experimentar quantas peças de roupas tiver vontade. É algo bastante libertador, hein? Sem se sentir culpada em deixar alguém esperando, aliás, sem ninguém para te apressar…


  • 2. Ir ao cinema

Talvez no começo possa parecer meio desconfortável… porém, você vai pode escolher o filme que quiser, chorar a vontade e rir muito, sem te ninguém pra te julgar. Outra parte: não te ninguém para dizer o que achar que vai acontecer. E ver antes de ouvir as opiniões dos outros. E quando, estiver algo em cartaz que você quer muito assistir, mas não tem com quem ir? Relaxa e aproveite a sua própria companhia!


  • 3. Sair para comer

Se a gente sair por aí imaginando: “o que as pessoas vão pensar?”, provavelmente, não faríamos nada. Depende do ponto de vista de cada um; alguns vai sentir pena, outros vai ficar olhando e há pessoas que vai te achar com uma autoconfiança incrível – vão até te invejar com toda sua confiança. Por isso, não espere ninguém te convidar para ir ao restaurante ou lanchonete… O melhor de tudo, você pode escolher a comida predileta e comer tanto que quiser, sem ninguém te julgando. Plmdds você não vai nem precisa dividir sua comida com ninguém. HAHAHA


  • 4. Viajar

Já pensou em fazer uma viagem sozinha? Definitivamente esse é um dos pontos de vista mais assustadores. Porém é algo totalmente libertador. Não precisa ser uma viagem para fora do país, em uma cidade interessante ou um final de semana em alguma praia no Brasil, mas caso queira sair totalmente da zona de conforto, um intercâmbio para estudar outro idioma no exterior ou um mochilão pela America do Sul. Legal, né? Você vai trazer em sua bagagem diversas aprendizagens para vida toda!


  • 5. Turistar pela sua cidade

Aposto que tem diversos lugares na sua cidade, que talvez, você ainda não conheça, certo? Comece indo naquele parque e leve seu livro favorito para ler, relaxe na natureza, aproveite para caminhar, visite um ponto turístico famoso, vai visitar um museu ou se tiver praia, aproveite o clima agradável e divirta-se.


  • 6. Ir a um show ao vivo.

Provavelmente é um lugar escuro e com show rolando no palco, onde ninguém vai prestar atenção que está sozinha, porque eles (igual a você) estarão cantando, dançando, pulando e desfrutando intensamente daquela música. Aliás, vão estar somente curtindo o momento.


Por acaso, ainda tenha medo ou receio: Experimente! Sabe aquela frase: “quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?”. Então! E aí, já fez alguma coisa dessa lista sozinha? Se sim, qual foi a sensação?! Conta pra gente nos comentários! <3

Das páginas para as telas: filmes baseados em livros que deram certo

Tem algo que eu gosto muito é vê o meu livro favorito se transformando em um filme incrível! É tão legal, você ficar imaginando os personagens e depois os atores escolhidos são bem parecidos do que você fantasiou, ou ás vezes, não. Mas, o mais importante é atuação, né? 😛 Sei, que muitas vezes o filme deixar a desejar, já que o livro sempre é mais cheio de detalhes e que algumas passagens não estarão presentes nas telonas dos cinemas. O engraçado é que alguns filmes acaba me surpreendendo tanto quanto ou até mais que os livros nos quais foram inspirados. Por isso, gosto quando as artes se misturam. Muitas vezes, o resultado pode ser incrível e foi o que aconteceu comigo e assistindo a esses filmes. Vem ver:

  • A Menina que Roubava Livros

O filme é baseado no best-seller do autor Markus Zusak e já vendeu milhões de cópias ao redor do mundo. O filme se passa durante a Segunda Guerra Mundial e narra à história de uma jovem garota chamada Liesel, que sobrevive fora de Munique através dos livros que ela rouba. Ajudada por seu pai adotivo, ela aprende a ler e partilhar livros com seus vizinhos, incluindo um homem judeu que vive na clandestinidade.

  • Um dia

Baseado no livro de David Nicholls – que se tornou um best-seller mundial – “Um Dia” mostra a vida de um casal (interpretado por Anne Hathaway e Jim Sturgess) que se conhece em sua formatura, no dia 15 de julho. Então, pelos próximos 20 anos, eles se encontram sempre na mesma data. Muitas coisas acontece com esses dois, viu?

  • O Lado Bom da Vida

Esse filme foi inspirado no livro de Matthew Quick, que leva o mesmo título do filme. Por conta de algumas atitudes erradas que deixaram as pessoas de seu trabalho assustadas, Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) perdeu quase tudo na vida: sua casa, o emprego e o casamento. Depois de passar um tempo internado em um sanatório, ele acaba saindo de lá para voltar a morar com os pais. Decidido a reconstruir sua vida, ele acredita ser possível passar por cima de todos os problemas do passado recente e até reconquistar a ex-esposa. Embora seu temperamento ainda inspire cuidados, um casal amigo o convida para jantar e nesta noite ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma mulher também problemática que poderá provocar mudanças significativas em seus planos futuros.

  • Marley & Eu

É uma história real escrita pelo jornalista John Grohan. No filme John (Owen Wilson) e Jenny (Jennifer Aniston) resolvem adotar um cachorro. Marley, como é batizado o labrador, se revela um cão bagunceiro e incorrigível, mas também um grande companheiro da família durante toda a sua vida.

  • As Vantagens de Ser Invisível 

Uma história escrita e dirigida para as telonas do cinema pelo, Stephen Chbosky. Na história, Charlie (Logan) tem um relacionamento conturbado com sua família e está se recuperando de depressão. O garoto se sente tão isolado que se corresponde por cartas anônimas com uma pessoa. Mas tudo muda quando ele chega ao novo colégio e conhece Sam (Emma) e Patrick (interpretado pelo fofo Ezra Miller). Juntos o trio passará por várias descobertas. Tem dramas sobre a primeira vez, envolvimento com drogas e desilusão amorosa. Ao longo do filme Charlie ainda se apaixona pela Sam. É impossível não se amar a história.

  • Querido John

Foi baseado no livro de Nichollas Sparks, onde um jovem soldado, John (Channing Tatum), tira licença do trabalho e conhece a jovem Savannah (Amanda Seyfried). Quando ele precisa voltar ao exército, o casal de namorados passa a ser corresponder por cartas. Claro, o livro tem mais detalhes, mas o filme conseguiu ser bem fiel a história

  • O Diabo Veste Prada

É um livro best-seller, escrito por Lauren Weisberger. Ganhou uma adaptação cinematográfica de mesmo título em 2006. Conta a história de Andrea Sachs (Anne Hathaway), uma garota do interior recém-saída da faculdade, que consegue o emprego que seria o sonho de consumo de milhões de mulheres. é contratada como assistente de Miranda Priestly (Meryl Streep), lendária editora da revista Runway. Mas é aí que começa seu real pesadelo, pois sua chefe é um verdadeiro demônio. Além de fazer toda a sociedade nova-iorquina temê-la por seu poder de erguer ou destruir uma carreira, transforma a vida de seus subordinados em um verdadeiro inferno, exigindo as tarefas mais absurdas 24 horas por dia.

  • Na Natureza Selvagem

No livro “Na natureza selvagem” lançado em 1996, o autor, Jon Krakauer refaz a trajetória de Chris McCandless. Em 2007 é lançado o filme homônimo, dirigido por Sean Penn. Início da década de 90, Christopher McCandless (Emile Hirsch) é um jovem recém-formado, que decide viajar sem rumo pelos Estados Unidos em busca da liberdade. Durante sua jornada pela Dakota do Sul, Arizona e Califórnia ele conhece pessoas que mudam sua vida, assim como sua presença também modifica as delas. Até que, após dois anos na estrada, Christopher decide fazer a maior das viagens e partir rumo ao Alasca. Como é inspirador em uma história real, é ainda mais interessante.

Desta vez a listinha ficou bastante variada, né? Lembrando que, já teve um post aqui no blog de filmes que foram inspirados em livros. Sim, são tantos livros que foram adaptados para o cinema que são incríveis, pretendo trazer no próximo post! E aí, já leu ou assistiu alguns desses? O que acharam?! Conta tudo nos comentários! 

Dez filmes incríveis que são inspirados nos livros

ME BEFORE YOUOs livros são incríveis. Tem o poder de levar a nossa mente para outro universo. Permitindo que a gente viva diversas vidas em uma só. Demais né? Os livros nós ajudar aprender, pensar, crescer, viajar e se divertir. É uma grande viagem o mundo da leitura. É por isso que hoje em dia muitos filmes são baseados nos best – sellers. Com narrativas e personagens profundos, detalhados e com histórias que nós passam mensagens valiosas. Pensando nisso, acabei fazendo uma listinha com diversos filmes inspirados nos livros. Olha só?

  • A Culpa é das Estrelas


Romance do autor mais adorado pelos jovens atualmente John Green: “A Culpa é das Estrelas” foi um dos filmes mais esperados do ano de seu lançamento. De forma leve e descontraída, conta a história de Hazel Grace, diagnosticada com câncer na tireoide e metástase nos pulmões – e como sua vida mudou após conhecer Gus, o garoto que gostava de metáfora e tinha medo de ser esquecido.

  • Simplesmente Acontece


Essa comédia romântica pode parecer bobinha de início, mas ela tem um grande sentimento implícito no roto. Rosie desistiu do seu sonho de fazer faculdade de hotelaria em Boston para cuidar do seu bebê, enquanto Alex vai para Harvard. Essas coisas simplesmente acontecem e às vezes, não se tem o controle. E sobre a relação de Alex e Rosie, já se sabe que tem um clima rolando entre dois, mas quando ele se muda, é de partir o coração.

  • O Diário da Princesa


Mia era uma adolescente de 15 anos que mora com a mãe em Manhattan e tinha uma vida normal até que descobre que seu pai era príncipe de Genóvia, um pequeno país da Europa. Logo, ela conhece sua avó paterna que nunca tinha ouvido falar mas que é uma Rainha e está decidida a transformar Mia em uma princesa. Entretanto, Mia fica balançada em ser apenas uma garota normal de Manhattan ou se mudar para Genóvia para ser uma futura Rainha. A história conta com dez livros e dois spin-off (é essa a palavra?) escrito pela maravilhosa Meg Cabot e dois filmes lançados para o cinema, tendo a atriz Anne Hathaway interpretando a Princesa Mia.

  • Se Eu Ficar

Mia Hall (Moretz) acreditava que a decisão mais difícil que enfrentaria em sua vida seria ter que escolher entre seguir seus sonhos na escola de música Juilliard ou trilhar um caminho diferente para estar com o amor de sua vida, Adam (Blackley). Mas o que deveria ter sido um passeio despreocupado com sua família muda tudo repentinamente e agora sua própria vida está em jogo. Quando se vê entre a vida e a morte, Mia tem pela frente uma decisão que irá determinar não somente seu futuro, mas também seu destino.

  • O Menino do Pijama Listrado


Um filme tocante e pesaroso baseado no romance homônimo de John Boyne. Retrata o mundo inocente de duas crianças durante a Segunda Guerra Mundial, sendo que uma (Shmuel) é judia e outra (Bruno) é filho de um oficial nazista.Bruno vive isolado no jardim da casa próxima onde seu pai trabalha, que é um campo de concentração, e começa a explorar o local. Logo ele cria uma amizade com Shmuel, um judeu preso no campo.

  • Comer, Rezar e Amar


O filme do livro “Comer, Rezar, Amar”, de Elizabeth Gilbert, também é um sucesso. Na trama, Elizabeth (Julia Roberts) resolve largar tudo – marido, trabalho, amigos – e parte para a Índia, Itália e Bali, para se reencontrar numa grande viagem de autoconhecimento. No filme, a viajante conhece um brasileiro por quem se apaixona.

  • Anna Karenina


Baseado em um grande clássico do escritor russo Liev Tolstói, este filme conta a história de uma aristocrata que, apesar de ter uma vida cheia de riquezas e beleza, sente-se vazia. Logo ela se apaixona por Conde Vronsky e inicia um caso amoroso que causa muitas reviravoltas. Enquanto isso, a narrativa acompanha também Konstantin Levin, um camponês que tem o sonho de se casar com Kitty, irmã de Dolly, esposa do irmão de Anna Karenina. O filme é contado em forma de teatro, e tudo ocorre de forma bem dinâmica. Uma história cheia de revelações e questões filosóficas sobre os relacionamentos humanos.

  • Um Amor para Recordar

O livro do Nicholas Sparks que virou filme já fez muitas pessoas chorar horrores (inclusive eu). O romance é sobre uma improvável história de amor entre um jovem popular Landon  e pela mocinha e nerd Jamie. O problema é que Jamie, a garota, tem uma doença grave. O casal que tinha tudo para nem ser apaixonar, mas o destino vai acabar de uni-los. E o fim da história vai te causar fortes emoções. Vai preparando os lencinhos.

  •  Orgulho e Preconceito

Baseado no livro homônimo, Orgulho e Preconceito narra a história de cinco irmãs da aristocracia rural inglesa envoltas em questões de casamento, moralidade e preconceito. Keira Knightley interpreta Elizabeth Bennet, uma das irmãs, que é contra o casamento e a favor de uma vida mais produtiva – isto é, até se deparar com o belo e esnobe Sr. Darcy (Matthew Macfadyen). É um filme apaixonante.

  • Como Eu Era Antes de Você


Estou começando a ler o livro – até o momento estou amando. Com certeza, esse foi o best-seller mais esperado do ano. O livro conta a história da Louisa Clark – mais conhecida como Lou -, que aos 26 anos, se vê desempregada, morando com os pais, sem perspectivas quanto ao futuro e em um relacionamento duvidoso. A única opção de trabalho que ela encontra na sua cidadezinha é como cuidadora de Will, um homem de 35 anos que, após um grave acidente, ficou tetraplégico. Como o salário é bom – já que a família de Will é rica e ninguém sabe lidar com ele -, Lou acaba aceitando. Para ela, trabalhar na casa dos Traynor é um enorme desafio. Primeiro, por ser um emprego diferente de qualquer outro que ela já teve, mas principalmente porque Will é uma pessoa muito difícil: hostil, mau humorado, sarcástico e amargo.

Não se pode negar que esse tipo de adaptação acabar levando quem não curte muito a leitura se aproximar mais dos livros – interessante né?! É como se os filmes fossem extensão para o livro. E que todos os filmes baseados no livros, que sejam, fiéis a cada parte. E claro, o melhor de tudo é as trilhas sonoras apaixonantes. Estou até planejando uma parte dois desse post – já que é um assunto que todos nós amamos, filmes e livros juntinhos.  <3

Qual desses filmes é o seu favorito? Curtiu a lista? Conta tudo pra gente nos comentários!

Como eu era antes de você: Um filme sobre amor, vida e coragem

filmecomoeuera3Quantas vezes você não achou que a sua vida era a pior do mundo? Mas olhe ao seu redor e veja o tanto de pessoas que sofrem de uma forma ou de outra, mas acabar conseguindo vencer todas as dificuldades. A ideia do filme “Como Eu Era Antes De Você”, uma adaptação do livro da autora Jojo Moyes, é nós ensinar que mesmo quando achamos que a vida teve um fim, pode ser apenas um começo de uma história. Vai abordar uma amizade bonita e pura, que se transformar em amor (impossível). Você vai rir e chorar (prepare os lencinhos). O mais importante é que à história é delicada e encantadora. Uma grande lição de vida.

Will (Sam Claflin) é um garoto rico e bem-sucedido, até sofrer um grave acidente que o deixa preso a uma cadeira de rodas. Ele está profundamente depressivo e contrata uma garota (Emilia Clarke) do campo para cuidar dele. Ela sempre levou uma vida modesta, com dificuldades financeiras e problemas no trabalho, mas está disposta a provar para Will que ainda existem razões para viver.

O elenco é formado Emilia Clarke (“Game of Thrones”) e Sam Claflin (“Jogos Vorazes”). Tem ainda no elenco nomes famosos como Jenna Coleman (“Doctor Who”), Charles Dance (também de “Game of Thrones”) e Matthew Lewis (o Neville de “Harry Potter”).

Com direção de Thea Sharrock, da série “Call The Midwife”, o filme chega aos cinemas brasileiros em 16 de junho.

Quando vi o trailer pela primeira vez já fiquei muito emocionada. E ainda mais com essa trilha sonora – com a voz perfeita do Ed Sheeran, é de emocionar. As cenas são muito emocionantes e a fotografia está impecável. Quem aí já está contando os segundos pelo filme? \o/


Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.