Aumentando dia a dia a sua autoestima

Autoestima baixa é algo que muitas pessoas sofrem todos os dias! Acabar até mesmo afetando na vida social –, não é nada fácil para quem já passou por isso ou ainda passa. É se achar inferior as outras pessoas, mas enquanto tiver esse tipo pensamento nada vai mudar em sua vida, ao contrário, cada vez mais você vai se afundar nesse pensamento de “inferioridade”. Compreende? Você não precisa mendigar amor, nem atenção ou muito menos há aprovação de ninguém. Isso tudo tem que vir de você, para você. Mas para isso, precisa desenvolver a autoestima, aliás, é um exercício diário que te ajudar a se conhece mais. Pois é amiga, é preciso ter vontade de querer sair dessa vitimização, coitadismo e coisas ruins em que a gente se colocar. Sim, precisamos trabalhar dia a dia a autoestima. Fiz uma lista de atitudes que você pode começar a fazer em sua vida.

Não dê ouvidos a algumas pessoas

A gente sempre costumar dar ouvidos as pessoas que só sabem criticar, né? Podemos receber diversos elogios, mas sempre vamos dar ouvidos para as criticas negativas… Pare já com isso. Você sabe o que você quer e também a sua capacidade, então, acredite sempre em si mesmo. Às vezes queremos a opinião das pessoas, mas não deixem ser o fundamento das suas escolhas, certo? Não tem como fugir das opiniões alheias, porém, tem como apreende a se blindar de algumas delas. É claro, jamais de ouvidos as pessoas que não têm intimidade contigo. Uma pessoa com baixa autoestima geralmente faz de tudo para ser querido pelos outros. Mas você não é inútil, e se alguém não gosta de você por quem você é, está pessoa não vale o seu tempo. Aprenda a ser altruísta, às vezes.

Perdoe-se por ser imperfeita

A gente tem uma mania de querer ser perfeito, né? Lembre-se de que você, como todo mundo, é humano e não precisa ser perfeito para ter uma autoestima elevada. Não se esforce para obter uma perfeição inatingível. Todos os pedacinhos da sua personalidade, cada aspecto do seu ser se une para formar uma figura completa, como uma das pinturas de Picasso. Eles podem ter falhas mas, vistos como um todo, são belos, assim como você. Suas imperfeições o tornam perfeito. E tem um segredo que eu apreendi: Todas as vezes que encontrar um defeito em si mesmo, aponte uma qualidade em seguida. Combinado?

Nunca, jamais critique a si mesma

Você é protagonista da sua própria história e mais ninguém. Pare de se cobrar ao comparar com o mundo, você é uma pessoa única e mais ninguém é igual a você. Pense em como você pode ser a melhor versão de você e busque ser essa pessoa. Quando queremos vender um produto não podemos fazer uma má publicidade dele, certo? Porque ninguém vai querer, pois, somos iguais se nos diminuímos constantemente perante os outros, eles irão aprender a fazer o mesmo conosco, porque é assim que estamos a ensiná-los. Substitua palavras negativas com positivas. E se for preciso, faça uma lista de tudo o que você gosta em você, de tudo o que conquistou.

Aprenda lidar com os seus problemas

Cada um com seus problemas! Pois é, cada um com seus problemas… Temos que aprender a lidar todos os dias com desafios que a vida nos dar, sem esperar que outras pessoas resolva para você. Essas questões podem ajudar a minar mais a sua confiança. Compreende? Decida o que precisa ser feito, faça e siga em frente, ter força para resolver as suas questões desenvolve até mesmo a sua autoestima.

Não coloque a sua felicidade na sua aparência 

Acredito que a beleza vai além dos nossos olhos, ela se encontrar em nossa essência. A beleza por si só não traz felicidade. Não adianta você pensar que sua felicidade vai está na balança, fita métrica ou etiqueta P, nada disso garantem que você será pleno e feliz. Por mais que consiga alcançar alguns dessas metas, sempre vai ficar faltando algo em sua vida. Você precisar focar no máximo dos seus pontos forte, apreciá-los e evidência-los. Pode ser complicado, mas lembre-se: “Se eu não me amar, quem vai?”.

Separe um tempo para cuidar de si 

Pode ser difícil achar um tempo para si, mas fazer coisas que a deixem relaxada e feliz pode melhorar sua autoestima e sua produtividade. Encontre um hobby que faça com que se sinta melhor física e mentalmente. Algumas pessoas dizem que fazer ioga, andar de bicicleta ou correr as ajuda a encontrar uma positividade calma e centrada. Dedique-se a alguma atividade que goste muito mesmo.

O que você pode continuar fazendo? Se conheça, descubra de onde vem essa sua autoestima baixa. Caso seja preciso, procure ajudar de um especialista e lhe ensinará como lidar com seus pensamentos de maneira saudável, certo? Cuida-se de si e guarde esses conselhos no coração!

Estou florescendo

comportamento-texto-inspiração-3Eu não sou mais a garota que você conheceu alguns anos atrás.

Não choro mais pelos cantos. Não ligo mais com os comentários maldosos. Não tento mais agradar ninguém. Na minha adolescência eu queria fazer parte de algum grupinho, tentei todos, mas eu não me encaixava em nenhum. Me sentia como um peixe fora d’água. Então, preferia ficar sozinha na sala de aula na hora do recreio, apenas eu e os meus livros. Ninguém compreendia, como alguém preferia ficar com livros, além de se socializar e fazer novos amigos? Nunca fui anti-social, mas aquelas pessoas não me fazia sentir bem. Procuro me cercar de pessoas que me traz paz e que fique feliz com a minha companhia. Se tem algo que eu não gosto é, de forçar amizade.

Você pode-me vê passando na rua, mas nunca vai me desvendar. Sim, sou feita de camadas. Sou muito enigmática. Uma verdadeira caixinha de surpresa. Procuro mostrar pouco sobre mim, somente o necessário. Você pensa que viu tudo. Mas, meu bem, você viu muito pouco ou quase nada. Para ser sincera, tem pessoas que não merece conhecer eu por inteira. Você pode conviver comigo durante anos, porém, jamais vai desvendar o fundo da minha alma.

Sou cheia de profundidades e superfícies.

Quanto mais o tempo vai passando eu vou me descobrindo. Antigamente eu não curtia mpb – e hoje é o que mais tocar na minha playlist. E claro, estou sempre procurando descobrir o novo. Sou curiosa mesmo, nunca estou satisfeita com o que eu sei. Aliás, tantas coisas fascinantes que existem e jamais vou me prender em universo só (…). Quero ser livre, leve e solta.

Amanhã vai existir uma nova versão minha (que eu ainda não conheço). E que vai está disposta – aprender com os erros e se levantar quando cair. Que vai acreditar ainda mais nela. Que vai em buscar do horizonte, mesmo quando falam que é uma utopia. Se tem uma coisa que eu gosto, é de correr riscos. Também não sinto mais medo de receber, não. Continuo seguindo em frente quando as portas se fecham. Só não existe a palavra desistir no meu dicionário. É isso, eu só quero gritar para você ouvir; assim como as flores, eu estou florescendo.

O amor da minha vida sou eu

texto529Hoje me lembrei do meu primeiro amor, foi em 2005, quando eu tinha dez anos. Lembro quando ele se foi. Chorei horrores e fiquei triste por muito tempo, esse mesmo tempo acabou cicatrizando tudo. Em seguida meu segundo amor foi na adolescência, não tenho muitas lembranças, só lembro que não fui correspondida. Mas mesmo assim, um estúpido cupido fazia questão de me fazer apaixonar de novo, de novo e de novo.

Um dia conheci um garoto que, fazia as borboletas no meu estômago voarem, minhas mãos suava e minhas pernas tremiam, o pior aconteceu, eram sintomas do amor. Guardei tudo dentro de mim. Eu via que ainda não estava pronta para viver um amor, faltava alguma coisa para me completar. O problema é que eu não sabia o que era. De uma coisa eu tinha certeza, não estava preparada para embarcar em um relacionamento. Estava procurando algo que faltava…, era eu mesmo. Porque ainda precisava me conhecer melhor.

Busquei descobrir o meu verdadeiro eu, não aquele, que eu via quando olhava em um reflexo no espelho. Mas aquele que ia além da alma. Uma fase de transição, amadurecimento e crescimento. Com isso, acabei me conhecendo melhor e descobrindo mais sobre mim.

Hoje em dia estou mais preparada para um relacionamento. Estou mais segurar. Consigo aceitar uma pessoa totalmente diferente, no pensar e no agir. Sei que nem tudo são flores. Vai haver discussões e brigas. E aprenderemos a pedir perdão e a perdoar. Caso não de certo? Não tem problema, acabamos tendo mais uma aprendizagem para entrar no nosso currículo da vida.

O mais interessante quando você descobre quem você é, acabar percebendo que não precisar de ninguém pra te completar. E sim, que chegue para transbordar. Penso comigo, não vale a pena planta sementes em coração vazio. É como receber amor pela metade. Entende? Então a melhor forma de encontrar alguém que te ame, quando você ver que o grande amor da sua vida é você. Não é egoísmo. É descobrir o seu verdadeiro valor.

Não chore por quem não te ama

Bau6 (3)Ei menina, porque derrama lágrimas por alguém que não te ama? Que não valorizar esse sentimento tão lindo que você carregar ai dentro do peito, que é o amor. Sei que não é fácil esquecer um amor, mas será que vale a pena sofrer assim? Jamais se esqueça que o seu coração é como um jardim, quando pisam nele acabam machucando as flores existentes. Eu tenho certeza, que você não deseja isso para você, não é mesmo?

Talvez o seu erro seja pensar que precisa de alguém para ser feliz, não pense assim. Você precisa apenas está de bem com você mesmo, e nada mais. Não pense que não vai encontrar um cara como ele, esse é o propósito, encontrar alguém totalmente diferente dele. Por mais, que você não vê – você é incrível. Todos os seus defeitos na verdade são suas grandes qualidades. Antes de tudo, não mude quem você é por ninguém. Se ame mais um pouquinho. E nunca mais deixe nenhum idiota, pisa em suas flores, que é o seu coração – acalenta-o, com mais amor próprio.

Então, deixe esse amor no passado. Que tal viver mais o seu presente? Conhecer novos amores, aprender coisas novas e curtir mais a vida. Faça coisas que sempre sonhou em fazer.

E um dia o verdadeiro amor vai bate na sua porta. Vai tocar o seu coração e te puxar pela mão. E vai te mostrar que quem amar não faz ninguém sofrer. Porque o verdadeiro amor não é egoísta. E se por acaso, você sentir medo de amar de novo: tem amores que nós dar uma lição e outros ajudar a reviver.

Ei, menina. Enxugue essas suas lágrimas, de a volta por cima. E saia por aí, colorindo a sua  vida.

Cultive o amor próprio. E o resto vem!

comportamento-amor-proprioDurante a fase da adolescência eu amava fica vendo fotos de modelos e famosas desejava ser como elas, tem o corpo, o cabelo e até mesmo a personalidade. Eu queria ser algo que não tinha nada haver comigo. Eu invejava as meninas da minha escola, eram todas lindas, cabelos impecáveis e o corpo escultural. Me sentia como se fosse um patinho feio (só que no desenho o patinho feio se transforma em cisne!). Considerava uma garota estranha, não feia, mas diferente. Mas eu gostava de ser como eu era magra, nem tão alta e nem tão baixa – altura mediana e com uma personalidade indefinida. Essa sou eu, nada e ninguém pode mudar o que eu sou. E foi exatamente há dois anos que venci essa fase da aceitação.

Sei que muitas meninas viver isso todos os dias com a não aceitação do seu corpo, seu cabelo, do seu rosto e até mesmo da sua personalidade. Tentando a qualquer custo se transforma em outra pessoa, ainda mais na adolescência onde a vida parece ser tão complicada. Você pode muitas vezes olhar no espelho e não gostar do que refletir nele.

Pare de dar ouvido ao que as pessoas dizem. Que você está acima do peso ou que está muito magra. Seu cabelo não ficar legal cacheado, não ficar bonita de cabelo alisado. E pra que raspou as laterais do cabelo? É tão feio! Você ficar estranha de cabelo colorido. Essas pessoas sempre vai achar um defeito para ficar te criticando, são inseguras com elas mesmas, não deixe que a opinião dos outros prejudique você.

Sabe quando a gente plantar uma florzinha e ficar regando, cultivando ela, até crescer e depois ela florescer? O amor próprio, tem que cultiva-lo todos os dias com muito cuidado, e assim, ele começa a nascer e depois vai florescendo.

Do que adianta você amar outra pessoa e não tiver o amor próprio? Talvez seja duro de ouvir isso, mas não queira que alguém te ame enquanto você não se amar. Porque o amor próprio, é isso, primeiro você se amar e depois amar alguém. É complicado? Não, não é. É egoísmo? Também não! É só o amor próprio. Esse é um dos primeiros amores que se deve ter na vida. Cultive-o, regue-o todos os dias e deixe que o resto venha. Comece amando cada um dos seus defeitos e veja que você é mais do que um espelho consegue refletir. 

Garota, não sofra por um idiota

texto-amigas-amizadeEncontrei com ela depois de alguns meses sem vê-la. Ela estava sozinha, suas lágrimas escorriam pelo seu rosto, triste como já de costume. Aquela garota alegre tinha indo embora, dando lugar a uma garota infeliz. Depois da nossa última briga e ter nos distanciado. Eu sabia que a culpa era daquele idiota, que sempre a magoava e conseguia fazer ela a garota mais infeliz do mundo. Mesmo ela ter trocado nossa amizade por um babaca, eu sentia muita pena dela. Desejei de verdade que ele a fizesse feliz. Quantas vezes a noite eu queria que o julgamento sobre ele fosse realmente errado. Só queria ver a felicidade dela, não me importava com quem fosse.

Acabei sentando ao seu lado. Não perguntei por que chorava, mesmo sabendo o motivo. Ela me abraçou bem forte. Senti as lágrimas caindo sobre mim e, aquele soluço que doía até a alma. Ela me olhou, vi que em seus olhos me perdia perdão, mas como perdoar quem a gente já perdoou? Abracei ainda mais forte.

Me perguntei como uma garota consegue viver em um relacionamento onde o amor era o último sentimento que existia? Era algo que eu tentava entender mais nunca conseguia. Como você amar alguém que só te faz sofrer? Que quando estão juntos só acontecer brigas? Como viver em um relacionamento que não existe afeto, não existe amizade e o amor talvez nunca existiu? Me diga garota, como viver assim?

Eu só queria poder tirar você do fundo desse poço garota. Acabou se perdendo em um capricho, seu. Isso nunca foi amor, o que você sentiu por ele, talvez fosse paixonite. Não sei, o que foi. Só, não foi amor.

O amor não te faz chorar, garota. O amor vai fazendo transbordar aos pouquinhos. Você vai sentir ele lá na alma, vai ter trazer tranquilidade e a paz. Vai ter fazer sentir como nas nuvens. Você vai querer aquela pessoa sempre por perto. Isso que é o sentido do amor, garota. Se sentir amada.

Ela olhou pra mim e sorriu. Não um sorriso de tristeza, mas de agradecimento, amigas servem pra isso – fiquei pensando enquanto ela segurava minha mão. Ela começou enxugar os olhos. Viu que nenhum babaca merecia uma gota de suas lágrimas. Não importa o que ela estivesse passando. Ou vivendo. Sempre eu ia está do seu lado, mesmo quando ela não quisesse. Amigas é pra isso, quando uma cair, a outra ajuda a se levantar.

Então, por favor, para com isso garota, não sofra por um idiota. Ele não merece o seu amor e nunca mereceu. Só acho, que você precisa encontrar alguém que te ame de verdade e que valorizar o seu amor. Dar a volta por cima, e mostrar que por amor ninguém morrer, e sim, aprender a viver.

DE AMOR EM AMOR

texto55

Um dia desses desisti de ser eu. Cortei o cabelo. Arranquei você em cada fio que foi ao chão. E então, dormi tranquila. Depois acordei me sentindo sozinha. E sabe o que a gente sente quando isso acontece? Dor. Dói muito não ter ninguém para abrir o coração quando a madrugada chega. E então, logo que acordei, decidi mudar completamente, fiz uma tatuagem. Eu esperava que a cada vez que a agulha fincasse no meu corpo, eu sentisse uma dor superior a de não ter um “por quê” para sentir dor. Amar dói.

Não me lembro muito bem o momento em que me tornei tão clichê. Ficar por aí divagando sobre o amor e seus desastres não é para mim. Ou será que é? Não sei. Parece que acordei sem identidade. Sem porquês. Sem dúvidas. Sem sonhos. Simplesmente acordei. E me vi no espelho. Egocentrismo a parte, eu estava linda. Me senti leve. E descobri que não parei mais para me observar. É trabalho, faculdade, amigos, festas, trabalho, trabalho, trab… E eu? E meu eu de verdade? Ainda tenho um coração?

Acontece que o amor às vezes é um porre. A gente se deixa levar, para cair logo adiante. E nos afundamos tanto em mágoas e dores, que nos esquecemos de viver. E não se pode abandonar a própria vida para viver a de outra pessoa, entende? Vai me dizer que nenhuma garota no mundo nunca teve vontade de se vingar daquele babaca que a deixou sozinha numa festa qualquer? Ou de pedir desculpas a alguém que não dá (nem nunca deu) a mínima para ela? E a vida se torna uma eterna busca pelo inalcançável. A gente quase sempre quer salvar um amor que morreu. Ou que, às vezes, nem chegou a existir. E isso é cansativo. Viver em função de um outro alguém soa mórbido para mim.

Eu estou leve. E livre. Não vou me permitir mais fazer qualquer tipo de loucura que me coloque em segundo plano. Eu sou o centro do meu próprio universo e nada vai mudar isso. Eu decidi que preciso ser mais áspera. De amor em amor, a gente deixa de ser rosa vermelha para virar cactus. Endurece, deixa de fechar os olhos para não enxergar a falta de inocência humana. De amor em amor, a gente cresce, deixa de confiar e mais umas outras mil coisas acontecem. De amor em amor, a gente se perde, aí vem alguém e nos encontra de novo. De amor em amor, a gente vive. Amar dói, mas a solidão de não ter a quem amar, fere muito mais.

——————————————————————————————————————————————

Sobre a autora: Raiane Ribeiro, 20 anos, publicitária em formação, psicóloga de amigas com relacionamentos frustrados. Leia o seu blog!