Oito livros que falam sobre amizade que você precisa ler

Você adora ler um bom livro? Então prepare o coraçãozinho, porque este post vai ser só amor! O assunto é sobre: livros que falam de amizade! Até mesmo na literatura, nos ensinando como é importante ter amigos para compartilhar, felicidade e também dias difíceis. Aprendemos sobre lealdade, honestidade e companheirismo. É aquele velho ditado né? “Quem tem amigos tem tudo”. Até porque, os amigos são uma das maiores dádivas que podemos ter na vida. Por isso, resolvi listar oito livros que falam sobre amizade que você precisa ler. Olha só!

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus.Também não faz ideia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos de que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e, para além dela, centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com um frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel,um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. ‘O Menino do Pijama Listrado’ é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade – até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente – convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras – são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.

Peter e sua raposa são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas. Alternando perspectivas para mostrar os caminhos paralelos dos dois personagens centrais, Pax expõe o desenvolvimento do menino em sua tentativa de enfrentar a ferocidade herdada pelo pai, enquanto a raposa, domesticada, segue o caminho contrário, de explorar sua natureza selvagem. Um romance atemporal e para todas as idades, que aborda relações familiares, a relação do homem com o ambiente e os perigos que carregamos dentro de nós mesmos. Uma história que celebra a lealdade e o amor.

O romance narra a tocante história da amizade entre Amir e Hassan, dois meninos que vivem no Afeganistão da década de 1970. Durante um campeonato de pipas, Amir perde a chance de defender Hassan, num episódio que marca a vida dos dois amigos para sempre. Vinte anos mais tarde, quando Amir está estabelecido nos Estados Unidos, após ter abandonado um Afeganistão tomado pelos soviéticos, ele retorna a seu país de origem e é obrigado a acertar as contas com o passado.

Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos. Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa. À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou. E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava (ou sabe definir), eles percebem que falam tudo um para o outro… exceto o que mais importa.

Um piloto forçado a aterrissar no deserto do Saara encontra um pequeno príncipe, recém-chegado de um planeta distante. As sábias, encantadoras e inesquecíveis histórias contadas pelo pequeno príncipe falam de seu próprio planeta, com seus três vulcões e uma flor presunçosa. Uma história maravilhosa e profunda, para todas as idades, e ilustrada pelo próprio autor.

A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai… bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine. O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden. Early, um nome que poderia ser traduzido como precoce, é uma descrição muito adequada para um prodígio como ele, que decifra casas decimais do número Pi como se lesse uma odisseia. Mas, por trás de sua genialidade, há uma enorme dificuldade de se relacionar com o mundo e de lidar com seus sentimentos e com as pessoas ao seu redor. Quando chegam as festas de fim de ano, a escola fica vazia. Todos os alunos voltam para casa, para celebrar com suas famílias. Todos, menos Jack e Early. Os dois aproveitam a solidão involuntária e partem em uma jornada ao encontro do lendário Urso Apalache. Nessa grande aventura, vão encontrar piratas, seres fantásticos e até, quem sabe, uma maneira de trazer os mortos de volta – ainda que talvez do que Jack mais precise seja aprender a deixá-los em paz.

E você? Ficou interessada por algum desses títulos? Sabe de mais algum interessante para indicar pra gente? Conta tudo nos comentários!

Inspiração: tatuagens de elefantes

O elefante é um dos animais mais queridos! Por isso, que tatuagens de elefantes está ganhando cada vez mais o coração de muita gente! Uma tatuagem de elefante tem um significado profundo. Por exemplo, na Índia, o elefante é um símbolo de poder, paciência, sabedoria, sucesso, prosperidade e benevolência. Seguindo este raciocínio, os desenhos mais escolhidos não são do animal em si, mas a sua versão hindu com muitas cores, flores e grafismos ao longo do corpo do elefante. Seja colorida ou preto e branca faz um enorme sucesso e está na lista das mais pedidas. Quem sabe não se tornar a sua favorita também? Então vem dar uma olhada nas inspirações fofinhas do post de hoje. Você vai amar!

Este tipo de tatuagem existe de todos os estilos. Temos desenhos coloridos ou não, grandes ou até mesmo alguns bem pequenos e minimalistas. São muitas possibilidades bonitas! Os lugares do corpo  para tatuar vai da sua escolha: é bonito no braço, no antebraço, no tornozelo, na clavícula, nas costas e também na barriga. E estes são apenas alguns dos pontos bons!

Devido à força simbólica do animal é comum tatuar o animal com filhotes para simbolizar uma família. Os desenhos coloridos significar trazer sorte e bons fluídos. Há muitas tatuagens lindas para inspirar e apenas mudando as cores pode-se ter um desenho original e bem interessante. É uma imagem que simbolizar somente coisas positivas, além do mais, são tão fofas! E aí, você faria uma tatuagem de elefante? Qual delas é a sua favorita? Compartilha com a gente nos comentários!

Sabe, não terminou como conto de fadas

Eu costumava ficar os observando. Todos sabiam que eles eram amigos. Ou melhor, dizendo, melhores amigos. Porém, o que todos sabiam mesmo era que, eles se amavam. Só eles que ainda não haviam percebido. Encontravam-se quase todos os finais da tarde na lanchonete da esquina. Conservam sempre dando atenção um para o outro. Sem mexer no celular, como se nada mais tivesse importância. Curtiam apenas o momento.

Ele, uma calmaria. Ela, uma grande tempestade. Totalmente opostos. Porém, ao mesmo tempo se completavam.

O rapaz, acabei percebendo, era muito centrado. Guiava-se pela razão, jamais pela emoção. Tinha os pés no chão. Sempre com um bom humor. Mas eu, identifiquei em seus olhos, um medo. Desconfio que, até ele mesmo desconheça.

E a moça, carregava quase sempre algum livro de Shakespeare. E também outros livros. Decorava, provavelmente, alguma peça de teatro. Em sua pele existia tatuagens enigmáticas. Constelações. Rosas. Borboletas voando. Lua. Unicórnio. De alguma forma todos os desenhos poderia ser uma grande definição sobre ela. Confesso que imaginava o significado de cada um deles em sua vida. Aliás, a primeira impressão dela é, uma garota sonhadora que viver com a cabeça nas nuvens.

Em um fim de tarde, como todos os outros, clientes já tinham ido embora e os dois continuavam sentados na mesa e, então, algo que todos imaginavam que ia acontecer. Aconteceu, eles se beijaram – não literalmente, porque quem teve a iniciativa do beijo foi ele. E ela correspondeu, mas depois saiu correndo, deixando ele sozinho. E não acabou, antes de ir embora, ele deixou um bilhete singelo na mesa “Desculpe pelo beijo, mas eu prometo não te incomodar mais”.

Nos dias seguintes, ela continuava o esperando no mesmo lugar. Ele não apareceu mais. Nem na segunda, terça e todo resto do mês. De telespectadora, fiz parte daquela história, entreguei o bilhete que ele havia deixado. Seus olhos lacrimejavam, enquanto lia mais de duas vezes aquele pequeno bilhete. Depois, guardou na bolsa o pequeno papel e foi embora se misturando no meio da multidão. Nunca mais ninguém os viu por ali.

Pena que, aquela história não terminou iguais aos contos de fadas. Cada  um seguiu o seu caminho.

Quem sabe, um dias eles se reencontram e descubram, o amor foi um dos sentimentos que mais os ligavam. Talvez, pode ser tarde. Além disso, quero que eles sejam felizes, mesmo não estando juntos. Pode ser que acabou, mas se foi bom, guardem as melhores memórias, porque são essas que merecem fazer parte das lembranças que viveram juntos. Até o fim.

Inspiração: fotos para tirar com sua melhor amiga – Parte II

fotosamigas09Cada dia a gente encontrar fotos incríveis entre amigas, né? E sei que, não é apenas eu que gosto de inspirações de fotos… Lembra que já teve um post destes por aqui, certo? E vocês amaram! Por isso, vi que preciso compartilhar mais ideias – tão incríveis quanto às últimas! E agora, vamos ter uma parte dois com ainda mais cliques inspiradores para você tirar com sua bff e se divertirem de montão! Vamos nessa?

fotos-amigas-7fotos-amigasfotos-amigas-9fotos-amigas-0fotos-amigas-2fotos-amigas-3fotos-amigas-4fotos-amigas-5fotos-amigas-6fotos-amigas-8Podemos ver tantas poses criativas, ângulos diferentes – até mesmo, parecidos mais cada um com o seu jeitinho. E essa é a ideia do post é pra vocês tem inspirações de poses, ângulos, cenários e, claro, não precisar copiar por inteiro o estilo das fotos, beleza? Depois, é só deixar a criatividade aparecer e dar o toque final para a foto ficar perfeita. Gostou das imagens? Agora conta pra gente nos comentários: qual foi a sua foto favorita? Todas as fotografias muito criativas, né? 

Não precisa estar ao lado, para ser melhor amiga

texto-melhores-amigas-sempreEssa semana minha melhor amiga de infância veio aqui na minha casa. Por incrível que pareça, havia seis anos que a gente não se via e não tinha trocado nem telefonema e nem mensagem – já que não tínhamos o número uma da outra. Mas quando nós reencontramos de novo, parecia como se estivéssemos grudadas esse tempo todo. Sem cobrança nenhuma de ambas as partes por não ter dado notícias. Somente nos abraçamos e rimos como se não houvesse o amanhã. Aliás, o que bastava é apenas a companhia uma da outra.

Se dependesse de mim a gente nunca tinha ficado tanto tempo longe assim. Porém, a vida acabar nós obrigando a trilha caminhos diferentes. Tem os que permanecem e os vão em buscar dos seus sonhos, às vezes, é quilômetros e mais quilômetros de distância. E o que restava, era aprender a conviver com a saudade. E teve dias, que não cabia mais no coração e, acabava escorrendo pelos olhos.

Você se lembra? Juramos de dedo mindinho que seríamos amigas para sempre. E, quando brigávamos porque nós duas queria ser a Roberta, do Rebelde. Também dividimos os lanches na hora do recreio. E todas as nossas discussões por causa de ciúmes bobos. Ou quando colávamos na escola uma da outra. As professoras de colocava a gente do outro lado da sala pra ficar longe, mas não adiantava de nada, continuávamos conversando por aviãozinho ou bolinhas de papeis – já que naquela época ninguém tinha celular. E que saber? Esses momentos foram o que tornaram a nossa amizade ímpar.

A nossa conexão era tão boa, que não precisava falar nada, apenas um olhar já dizia tudo. E como dois baús, a gente compartilhava todos os segredos (engraçado, que nada mudou até hoje), também os medos e os sonhos. Sentir saudades do seu abraço de urso, das nossas risadas e também das nossas briguinhas infantis. Diga-me, o que é duas amigas sem discussões?

Porém, um dos meus maiores medos que você não sabe é, que, quando a gente se reencontrasse de novo (depois de tantos anos). As nossas conversas fossem rasas, com apenas, “oi tudo, bem? Tudo e você? Também… Silêncio.” e, que terminassem assim que começassem. Então, os nossos caminhos se encontram. Vi que aquela amizade de infância continuava ali, porém, um pouco mais madura. Também notei, como se o tempo havia parado pra gente, como se aquelas duas crianças ainda existisse.

Eu compreendi que amizade não é quem estar ao seu lado em todos os momentos, mas, quem vai embora e quando volta tudo continua como era antes. O amor, a cumplicidade e a irmandade. Porque colegas a cada esquina a gente pode fazer uma, porém, amiga é um presente que a vida nos dar.

Sei que as estações vão mudar e os anos vão passar, mas que a nossa amizade vai durar pra sempre. E quando os nossos caminhos se desencontrarem de novo, tenha certeza, que o destino vai uni-lós.

Eu queria ter sido mais do que sua amiga

inspiraçãonamorados11Me diziam que amizade e o amor não poderia nunca se misturar. Então, você chegou revirando o meu mundo de cabeça para baixo. Tinha todas as qualidades de um cara perfeito. Cada dia íamos se aproximando mais e mais. Quando não era pessoalmente, era por telefone ou mensagens. Eu sabia de todos os seus segredos e você dos meus. Rimos por qualquer idiotice. Aliás, você até dizia que minha gargalhada era a mais engraçada de todas. Até mesmo em dias difíceis você me fazia rir.

Eu odiava a forma que você conseguia desvendar cada um dos seus sentimentos, igual quando se ler um pergaminho. O que me fazia odiar ainda mais era quando você falava da nossa amizade. No fundo, meu coração se despedaçava.

Aquela vez que o seu namoro havia acabado. Então, você veio correndo buscar um ombro amigo para chorar. Com certeza, eu estava ali para te socorrer, afinal de contas, eu sempre estava. E para ter alegrar fazia brigadeiro de panela. E depois, eu ligava o som no último volume e ficávamos dançando qualquer coisa. Até o amanhecer. E por fim, eu adormecia em seus braços. Ali sentia que estava no lugar mais seguro do universo.

Cada vez que os dias iam passando eu queria dizer o tanto que eu te amava. Houve vezes em que eu quase declarei o meu amor, mas não tiver coragem suficiente. Eu tinha medo de perder você. E toda essa cumplicidade que havia entre a gente. Acho que nossos amigos incomuns sabia que eu sentia algo muito forte por você, que não era apenas amizade. Estava tão na cara, só você não via.

Eu só queria que você tivesse prestado atenção, quando olhava nos meus olhos, havia muitos sentimentos guardados ali. Cada um deles era pra você.

E naquela noite de sexta-feira corri até sua casa. Você estava com cara de sono, com os cabelos todos desgrenhados. E aí fiquei em silêncio, apenas olhando pra você, pela última vez. Apenas o abracei forte. Quis falar tudo que eu sentia, quis dizer que não queria ser só sua amiga. Não disse nada, apenas me afastei dos seus braços. Aquele seria o nosso último adeus, mesmo você não entendendo nada. Sei bem que não deixaria que eu me afastasse da sua vida.

Depois de algum tempo, vi que eu fiz foi o mais certo: ter me afastado de você. Ninguém saiu ferido. Doeu? Claro. Mas doeria ainda mais, se eu continuasse guardando tudo isso pra mim. Hoje, vejo que ter me afastado, foi como se eu tivesse me libertado. De que adianta ter você por perto, mas ao mesmo tempo estava longe. Te tocava, mas você não me pertencia. E como você sempre afirmava: eu era só sua amiga, nada, além disso.

De amiga para amiga

texto432Ouvi dizer que você não estava bem. Viver chorando pelos cantos e que aquele sorriso contagiante havia desaparecido. Me contaram que está vivendo dias tumultuados na sua vida. Você sentir vontade de jogar tudo pro alto e sair por ai sem rumo. Desistiu de cada um dos seus sonhos. Até mesmo os mais importantes, aqueles que você anotava no seu diário. E eu fiquei imaginando o que aconteceu, com aquela garota que eu conheci há alguns anos atrás. Destemida e que enfrentava todos os problemas.

Eu te peço, imagine que esses dias tempestuosos é apenas chegada do seu arco-íris, lá na linha do horizonte. Sei que em momentos difíceis é impossível ver um fim na tristeza, porém, nada é eterno. Nem mesmo a sua angústia. E toda vez que amanhecer, abra as janelas e se irradie junto com o sol e na noite, brilhe junto com as estrelas. Jamais permita que alguém apague o seu brilho.

Só queria me teletransportar até você. Queria está ao seu lado e dar um ombro para você chorar. Queria pode ter abraçar forte e dizer – você não está sozinha. Apesar que a gente tenha se afastado, eu ainda estou aqui pra te proteger de todo o mal do mundo. Estou aqui pra cuidar de você. Porque não importar o que aconteça, eu sempre pedirei a Deus que te proteja.

Eu amo você, da forma mais sincera que existe. Independente de tudo, nenhuma distância separar uma verdadeira amizade. Eu quero que você entenda mesmo não estando ao seu lado, você está no meu coração. Ocupando um dos lugares mais importante nele. Assim como sei, que, também estou no seu.

Inspiração: fotos para tirar com sua melhor amiga

Você tem uma melhor amiga que dividir momentos bons e ruins, que pode contar sempre que precisar e, é mais que uma amiga, acabou se tornando como uma grande irmã? Vocês são totalmente inseparáveis. Então deve ter muitas fotos juntas, né? Já que fotografias são ótimas lembranças para guardar. Por isso, que reunir diversas inspirações de fotos para vocês tirarem juntas, são referências bem criativas que ajudam a ter ideias de cliques legais e bonitos para fotografar. E o melhor de tudo, que você e sua melhor amiga vão se divertir muito e ter ainda mais histórias pra conta. Dúvida? Então vem dar uma olhada nas inspirações fotográficas!

inspiração-fotos-para-tirar-amiga11inspiração-fotos-para-tirar-amiga-1inspiração-fotos-para-tirar-amiga-0inspiração-fotos-para-tirar-amigainspiração-fotos-para-tirar-amiga-2inspiração-fotos-para-tirar-com-sua-melhor-amiga-1inspiração-fotos-para-tirar-com-sua-melhor-amiga-0inspiração-fotos-para-tirar-amiga-6inspiração-fotos-para-tirar-amiga-8inspiração-fotos-para-tirar-com-amigainspiração-fotos-para-tirar-com-sua-melhor-amigainspiração-fotos-para-tirar-amiga-11inspiração-fotos-amigasinspiração-fotos-para-tirar-amiga-7Você tem mais de uma melhor amiga? Sem problema. É só organizar direito que conseguem tirar fotos maravilhosas. As melhores fotos são as mais espontâneas – aquelas que vocês está apenas curtindo o momento. Mesmo que a fotografia não saia como você queira pelo menos valeu pela diversão. \o/ Vai conseguir fotos muito bonitas! A ideia do post é para vocês tem inspiração de poses, cenários e ângulos, não precisar copiar por inteiro o estilo das fotos. Ok? Gostou das inspirações? Todas fotografias muito criativas, né? Deixar nos comentários: o que achou? Aproveitar e marcar sua melhor amiga nesse post para ver todas essas inspirações!

Sintonia da nossa amizade

texto-amigasEla me olhava eu conseguia decifrar o que estava pensando. A gente conversava apenas pelo olhar, não precisava nenhuma de nos duas dizer nada! Mesmo quando discordávamos de alguma coisa, acabávamos compreendendo o ponto de vista de cada uma. As pessoas diziam que a nossa amizade tinha uma sintonia incrível! Bom, no começo eu nunca pensei assim, mas depois vir que, não poderia existir uma melhor sintonia do que a gente compartilhar o mesmo sabor favorito de sorvete que é, flocos e com muita calda de chocolate. Acho que isso é uma das melhores sintonias?

Não importa quantos amigos eu tenha, no final, sempre quando eu precisar sei que você vai está aqui do meu lado pra me abraçar. E claro, que a gente sempre vai dividir as melhores conversas, as risadas e também brigas. Porque melhores amiga brigam também, né?

Nem mesmo uma tatuagem conseguiria demostrar o tamanho da nossa amizade.

Quando vejo pessoas lembrando-se de “ex amigas”, eu fico com medo, tenho medo de que um dia a nossa amizade termine e, que tudo que a gente viveu vire lembranças. Mas eu sei que nem o tempo e nem ninguém um dia vai conseguir acabar com a nossa amizade, porque é um grande elo que nunca terá fim! São laços invisíveis que jamais podem ser desfeitos.

Vou cuidar da nossa amizade todos os dias. E que continuamos nos compreendendo apenas com um olhar. Estarei aqui sempre torcendo por todos os seus sonhos, e festejemos todos que se realizar. Que a nossa amizade continue sendo verdadeira e que traga grandes alegrias! E por fim, que a nossa sintonia cresça cada dia mais e, nunca termine.

O que me restou foi apenas lembranças

texto36Aproveitei o fim da noite para organizar os álbuns de fotografias e acabei encontrando fotos antigas de bons momentos vividos. Fotografias que eu não lembrava. Algumas fizeram parte da minha infância e outras da adolescência. Acabei encontrando fotos dos amigos que imaginei que estaria comigo até hoje.

Comecei lembrar todos os momentos que vivemos juntos. São momentos que se eu pudesse eternizava! A maioria foram alegrias, mesmo passando por momentos de dores continuávamos sorrindo. E um desses momentos vividos, está à nossa professora da sexta série, mais doce que tivemos a chance de conhece, mas a vida teve outros planos pra ela. E um dia de sol ela partiu e deixou um grande legado pra gente: “que tudo se curar com um grande abraço, ainda mais das pessoas que te faz tão bem”. Aprendemos que um abraço é a melhor forma de conforto.

Quando fecho os olhos, consigo enxergar o sorriso de cada um deles. Lembro das discussões por tolices e no final acabava todo mundo rindo. Naquela época o nosso maior problema foi quando descobrimos as equações – olhar que nem imaginávamos o que esperaria por nós. Vivemos aqueles momentos tão intensamente e, esquecemos até que um dia tudo aquilo fosse acabar. As chuvas eram tão divertidas, brincávamos e saíamos correndo no meio daquela grama molhada. Hoje vejo se pudesse, teria aproveitado cada um dos pinguinhos que caiam do céu e me divertindo ainda mais. Sem se preocupar com nada, apenas em ser feliz.

Ainda consigo sentir o abraço de cada um deles. Só que na realidade, cada um seguiu o seu caminho. Muitos eu não sei o que aconteceu. Alguns casaram. Outros foram embora para outros estados e a quem resolveu ir embora para outros países. E teve os que tiveram filhos. Outros simplesmente sumiram. Sem brigas e nenhum receio. Só acabamos nos desencontrando por essas estradas com curvas da vida. Hoje vejo o que os adultos diziam era verdade: aproveite porque um dia vai restar só saudades.

Pois é, o que me restou não foi apenas saudades, e sim, lembranças.

Já passar da meia noite. Todos já foram dormi. O silêncio tomou conta da sala. Fecho o álbum e guardo na caixa. Uma lágrima cair. Daqui menos de um mês completo, 21 anos. E durante esses anos passou muitas pessoas na minha vida. A quem marcou e quem apenas passou sem fazer nenhum sentido. Nessas lembranças, vejo que todo mundo, teve um propósito na minha vida. Uns me ensinou a serem diferente deles, outros me ensinaram que podemos ser feliz com menos. E teve quem me ensinou o que é amizade e outros me ensinaram o que é cumplicidade. E vai ter aqueles que eu vou guarda pra sempre no lado esquerdo do peito, bem no fundo do coração, onde vai permanece eternamente em cada lembrança da minha vida.