amigas

Inspiração: fotos para tirar no Réveillon

Adeus ano velho, feliz ano novo, que tudo se realize no ano que vai nascer… Quando essa musiquinha aparece, já sabemos que o ano está acabando, né? Haha. Mas não viemos falar dessa música e sim de fotografias para tirar – o último dia do ano velho (ou réveillon) / primeiro do ano novo tem tudo para render cliques divertidos e bem bonitos, certo? Estamos a apenas alguns dias de 2020 (para entrar em uma nova década) e os posts temáticos estão oficialmente inaugurados. Para começar, selecionamos fotos muito legais para vocês se inspirarem e aguçar a sua criatividade na hora do réveillon e também no dia do ano novo. Olha só!

Vamos atualizar o feed do Instagram (aproveitem e seguem o perfil do blog)? Selecionei nessa galeria fotos com ideias para você tirar sozinha – sem ninguém na foto. Use a criatividade e tire fotos bem legais! Aproveite os detalhes e objetos do ambiente que você está, por exemplo, fogos de artifícios ao fundo para tirar fotos, use confetes, brilhos, aquelas velinhas de estrelas (usadas em aniversários), balões de números, taças e glitter no corpo – entre outras coisas que simbolizam o réveillon.

Tcharam! Vale também tirar fotos com o grupo: com suas primas, amigas, namorado ou familiares. Aproveite fotos brindando, sentado-os ou em pé olhando os fogos de artifícios, segurando as velinhas de estrelas (deitados), abraçadas fazendo poses, dançando, atrás de paredes decoradas, em banheira ou com confetes espelhados pelo chão ou jogados no ar, aliás, são tanta ideias que você pode usar de inspirações – para criar algo tão legal quanto essas fotos do post. E não se esqueça de apostar na espontaneidade para tirar ótimos cliques neste réveillon.

Gostou das ideias de fotos de hoje? Conte pra gente nos comentários e boas fotos e uma ótima festa!

Gatunas: uma série para você maratonar e amar

Com diversas séries no catálogo da Netflix, está cada vez mais difícil descobrir qual realmente é boa e vale gastar o nosso tempo, não é? E claro, caso esteja procurando algo para se divertir, se emocionar muito e ficar viciado, aqui vai uma dica perfeita: Gatunas, apesar do título nacional não ser tão chamativo (O nome original é Trinkets que, traduzido de forma literal, significa “bugigangas”, mas também é usada para denominar joias pequenas), Gatunas é uma excelente série adolescentes! Ela foge do clichê e traz uma história de amizade perfeita, com um elenco incrível!

A história gira em torno de três meninas (Elodie, Moe e Tabitha) do ensino médio que formam um vínculo improvável após reunião em um grupo Furtadores Anônimos, de auto-ajuda contra cleptomania. A produção traz temas relevantes como a amizade e o companheirismo, e não acompanha apenas as aventuras (e eventuais desventuras) do trio: também explorar seus dramas pessoais, as motivações que as levam a agir da forma como agem e com isso mostra-se como um drama altamente satisfatório.

A trama aborda assuntos sérios e relevantes de um jeito bem natural. Sem forçar a barra ou parecer que alguém bem mais velho está tentando contar a nossa história de uma outra perspectiva. Você se imagina nas cenas porque provavelmente já viu, viveu ou ouviu algo parecido na vida real. Os diálogos são ótimos e honestos. Não há personagem do bem ou do mal. Cada um tem seu lado bom e ruim e o mostra dependendo da situação. Como na vida real mesmo.

Cada uma das três personagens principais tem personalidades diferentes, que em outras circunstâncias seria difícil essa amizade acontecer. E na série assistimos a amizade florescer – também como uma forma de suportar o vazio e a solidão que cada uma sente, do seu jeito. O mais bonito de tudo é que elas ser se ajudam, mesmo cada uma passando por algum tipo problema. Mostrando o verdadeira significado de uma amizade.


Outro ponto positivo da série é a trilha sonora. É. MUITO. MARAVILHOSA. Se você gosta de séries que trazem boas trilhas sonoras, vai amar Gatunas! Com músicas bem atuais e estilosas, elas combinam muito com a fotografia da série. Outro ponto muito interessante é que Gatunas faz uma seleção de artistas Indie, fazendo com que o público também conheça muitas canções. Aposto, que você vai querer colocar as músicas em sua playlist!

E você? Já assistiu Gatunas? Gostou? Conta para a gente!

Inspiração: fotos em viagem

Tem algo mais incrível do que fotos em viagem? Fim de ano e um desejo de qualquer pessoa: arrumar as malas e sair pelo mundo viajando, quem não, né? Ou pelo menos viajar ao destino dos seus sonhos! Pode demorar um pouco, mas tenho certeza de que um dia você vai conseguir conhecer e curtir bastante cada pedacinho desse lugar. Bom, o mais legal é pode registrar cada um desses momentos, certo? Pensando nisso, você já vai ter ideias e pode ir se inspirando para tirar fotos super legais! Que tal? Vai que nessas referências tem destinos que você sonhar um dia conhecer ou quem sabe outros possam acabar entrando na sua wanderlust. Isso mesmo, você vai se encantar com cada uma das imagens. Vem dar uma olhada!











Quem aí ficou com vontade de sair viajando pelo mundo a fora? Quantas ideias maravilhosas, concordam? E fotos que dar para ser tiradas, enquanto você faz uma viagem: de carro, moto, avião ônibus ou trem. O que acha? E caso, você tire fotos nas estradas tome cuidado e também em locais altos, ok! Talvez demore você viajar para o destino que você tanto desejar, mas já pode ir guardando todas essas inspirações em sua barra de favoritos.<3 Aposto que um dia você terá fotografias tão legais conto essas do post.

O intuito do post é te inspirar a tentar fotografar um novo ângulo, poses diferentes que você não tinha pensado antes e se inspirar nas ideias. Combinado? Conta tudo nos comentários: qual das fotos do post é a sua favorita?

14 coisas para fazer antes do ano acabar

Aposto que você fez diversos planos para esse ano e, que talvez, não conseguiu concretizar todos, certo? Mais relaxar… Isso não significa que o seu ano foi ruim, até porque, tem coisas que acontecer em seu devido tempo, resta apenas aceitar. Por isso, este post chegou em uma boa hora: a ideia é que tem coisas simples que pode ser feitas antes que ano acabe e que vai te deixar super feliz – para fechar 2017 com chave de ouro. Que tal?

1. Ler um bom livro 

Nada melhor que começar por eles, os livros! Sabe aquele que esta um bom tempo na sua wishlist faz um tempão? Você pode aproveitar o momento e começar lendo ele, mesmo que possa demorar alguns dias para terminar, mas o importante é finalizar o ano com dever cumprido.

2. Conhecer uma nova série

Com tantas opções de séries que tem por aí, vai ser até difícil escolher somente uma! Mas procure algo que você sabe que conseguirá acompanhar antes que termine o ano, até porque, tem bastante series bem curtinhas, que dar para assistir em um ou dois dias.

3. Tire o dia para cuidar de si mesma

Faça uma espécie de spa em casa e use e abuse de cremes e máscaras faciais. Tome um banho bem longo, hidrate os cabelos, pinte as unhas e não se importe em se paparicar o quanto quiser.

4. Faça uma limpeza no armário

Sabe aquelas roupas que você nunca usa, mas que mantém guardadas mesmo assim? Desapega, miga! Separe tudo o que não te serve mais e faça uma doação.

5. Tire fotos incríveis

Você curte fotografias? Miga, então aproveita para registrar fotos incríveis desse ano. Fotografe coisas legais: seu pet, objetos, pessoas, paisagens, e de tudo um pouco. Vá lugares interessante para fotografar, busque inspirações e divirta-se de montão, e compartilhar nas redes sociais.

6. Faça uma arrumação no quarto

Infelizmente, é tão chato te que organizar tudo e mudar as coisas de lugar, hein? Porém, não existe nada mais satisfatório que deixar o seu cantinho com uma cara nova. Então, visitem os posts de decoração e de DIY aqui do blog e busque diversas referências criativas.

7. Aprenda alguma coisa nova

Podem ser desenhar, uma receita gostosa, customização de roupa, mais da história de um país ou até mesmo uma escultura de origami! O que importa é se esforçar pra aprender algo novo e ter certeza que foi feito com muito amor.

8. Descubra um novo hobby

Na dica acima, é para fazer alguma coisa nova – vai que nessa aventura, você descobre um novo hobby. Busque algo que te faz se sentir bem e se jogue de cabeça! Depois disso, 2018 vai ser ainda mais legal e prazeroso em sua vida.

9. Faça atividades ao ar livre

Usem o sábado para fazer: atividades ao ar livre! Aproveite e convide uma amigas, vocês podem fazer uma pedalada pela cidade ou parque, andar de patins ou uma simples caminhada. E se preferir, você pode fazer atividades no quintal da sua casa, o importante é está ao ar livre!

10. Faça um passeio com seus pais

Quando ficamos adultos os momentos familiares ficam cada vez mais raros e rápidos. Reserve um fim de semana para passear e aproveitar com os seus pais. Com a correria do dia a dia, às vezes a gente esquece de dizer coisas simples, mas que tem um efeito poderoso, como um “eu te amo”, né? Bora aproveitar mais tempo com eles e dizer o tanto que são importantes na sua vida.

11. Saia com as suas amigas

Imagine o tanto de coisas que vocês podem fazer num dia inteiro? Ir em um parque de diversão, passe no parque da cidade, um café, ir ao shopping, o que for. O mais importante é curtir muito o momento e se divertirem abeça.

12. Ver o sol nascer e se pôr

Você já experimentou essa sensação de observar a imensidão do sol? Quando o sol surge devagar lá no horizonte: vai ganhando cor de amarelo, laranja ou vermelho. E dando um espetáculo com a sua exuberância. E depois tem o pôr-do-sol, que na correria do dia a dia não conseguimos apreciar, tire alguns minutinhos da sua vida pra sentar em algum lugar e ver esse fenômeno, maravilhoso.

13. Passe o dia sem celular (e nem uma outra tecnologia)

Desconecte-se e curta a vida offline! Aproveite e tire uns diazinhos para ficar longe de tantas informações, que, ás vezes, acabar deixando o nosso dia mais pesado. Com certeza, vai ser uma experiência incrível e que vai acrescentar muito em sua vida, você vai acabar descobrir coisas novas ou que nunca tinha parado para presta atenção.

14. Faça algum tipo de caridade

Seja doa sangue, visitar um orfanato ou um asilo, não importar o que seja, o importante é fazer alguém feliz. Pode ser algo mais simples possível, mas é uma atitude que acaba fazendo tão bem pra você, é algo que vai levar pra vida toda.

O que achou das ideias? Prontos para riscar cada um desses itens? E comente aqui embaixo dando as suas dicas de coisas legais para fazer antes que o ano termine!

Oito livros que falam sobre amizade que você precisa ler

Você adora ler um bom livro? Então prepare o coraçãozinho, porque este post vai ser só amor! O assunto é sobre: livros que falam de amizade! Até mesmo na literatura, nos ensinando como é importante ter amigos para compartilhar, felicidade e também dias difíceis. Aprendemos sobre lealdade, honestidade e companheirismo. É aquele velho ditado né? “Quem tem amigos tem tudo”. Até porque, os amigos são uma das maiores dádivas que podemos ter na vida. Por isso, resolvi listar oito livros que falam sobre amizade que você precisa ler. Olha só!

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus.Também não faz ideia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos de que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e, para além dela, centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com um frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel,um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. ‘O Menino do Pijama Listrado’ é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade – até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente – convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras – são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.

Peter e sua raposa são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas. Alternando perspectivas para mostrar os caminhos paralelos dos dois personagens centrais, Pax expõe o desenvolvimento do menino em sua tentativa de enfrentar a ferocidade herdada pelo pai, enquanto a raposa, domesticada, segue o caminho contrário, de explorar sua natureza selvagem. Um romance atemporal e para todas as idades, que aborda relações familiares, a relação do homem com o ambiente e os perigos que carregamos dentro de nós mesmos. Uma história que celebra a lealdade e o amor.

O romance narra a tocante história da amizade entre Amir e Hassan, dois meninos que vivem no Afeganistão da década de 1970. Durante um campeonato de pipas, Amir perde a chance de defender Hassan, num episódio que marca a vida dos dois amigos para sempre. Vinte anos mais tarde, quando Amir está estabelecido nos Estados Unidos, após ter abandonado um Afeganistão tomado pelos soviéticos, ele retorna a seu país de origem e é obrigado a acertar as contas com o passado.

Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos. Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa. À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou. E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava (ou sabe definir), eles percebem que falam tudo um para o outro… exceto o que mais importa.

Um piloto forçado a aterrissar no deserto do Saara encontra um pequeno príncipe, recém-chegado de um planeta distante. As sábias, encantadoras e inesquecíveis histórias contadas pelo pequeno príncipe falam de seu próprio planeta, com seus três vulcões e uma flor presunçosa. Uma história maravilhosa e profunda, para todas as idades, e ilustrada pelo próprio autor.

A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai… bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine. O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden. Early, um nome que poderia ser traduzido como precoce, é uma descrição muito adequada para um prodígio como ele, que decifra casas decimais do número Pi como se lesse uma odisseia. Mas, por trás de sua genialidade, há uma enorme dificuldade de se relacionar com o mundo e de lidar com seus sentimentos e com as pessoas ao seu redor. Quando chegam as festas de fim de ano, a escola fica vazia. Todos os alunos voltam para casa, para celebrar com suas famílias. Todos, menos Jack e Early. Os dois aproveitam a solidão involuntária e partem em uma jornada ao encontro do lendário Urso Apalache. Nessa grande aventura, vão encontrar piratas, seres fantásticos e até, quem sabe, uma maneira de trazer os mortos de volta – ainda que talvez do que Jack mais precise seja aprender a deixá-los em paz.

E você? Ficou interessada por algum desses títulos? Sabe de mais algum interessante para indicar pra gente? Conta tudo nos comentários!