O último adeus

Acordei como qualquer outro dia. Tomei um banho rápido, me arrumei e preparei um café forte para enfrenta mais uma rotina do dia a dia. Resolvi ir a pé para o trabalho, já que a caminhada duraria meia hora. Só que, eu estava tão distraída, que nem prestei atenção em uma circunstância, em que eu estava passando em frente ao seu prédio – prometi a mim mesmo, que cortaria quarteirões para não passar naquele lugar, do nosso último adeus.

Ainda sou covarde. Não quero reviver nada daquilo. A pior parte de todas, acabei parando em frente a sua janela. Até porque, um pequeno detalhe me deixou feliz: as flores que eu cultivava ainda estavam na sacada. De uma forma ou de outra, eu ainda pertencia aquele lugar, mesmo sabendo que não fazia mais parte da sua vida. É claro, ainda dói saber que, o seu amor não me pertence mais.

Aliás, naquela mesma sacada, foi o nosso último beijo. O último abraço e também o último adeus. Acabei fazendo questão de exala o cheiro do seu perfume, que talvez, seja uma das últimas lembranças que levarei comigo. E com o tempo seu rosto vai desaparece da minha memória, em doses pequenas, o som da sua voz, vou acabar me esquecendo.

Eu não queria que tivesse acabado – sei que existia amor de ambas as partes. Mas sabe de uma coisa? É melhor assim, acabou nós dois ainda se amando, sem raiva, mágoa ou culpar. E também não estávamos preparados suficientemente para algo mais sério, precisamos nós descobrir. Ou, pelo menos, essa foi uma das melhores desculpas para terminamos.

Eu precisava voltar para minha rotina monotonia, mesmo desejando passar o dia todo em frente a sua janela. A vida tem que continuar, preciso seguir sem olhar para trás, está ciente, que o amor virou saudade. Se eu pudesse te disse algo, agora, seria somente: Obrigada, você me mostrou o significado do amor. Além disso, que o importante, o importante mesmo, foi eterno enquanto durou.

Inspiração: fotos no piquenique

Quem aí já fez ou tem vontade de fazer um piquenique? Confesso que eu nunca fiz nenhum, mas tenho bastante desejo de fazer um, ainda mais pode curtir a natureza e está com pessoas queridas. Tem coisa melhor que isso? É por isso, que hoje separei inspirações lindas de cliques para o seu piquenique. Já vai separando uma toalha de mesa, uma cesta e comidas gostosas para aproveitar  todo o momento! São referências incríveis: Vem dar uma olhada nessas ideias de fotos legais para você se inspirar? Com muita diversão, conversas e boas companhias! <3

Quantas inspirações fascinantes, concordam? Só eu que fiquei querendo fazer parte de todos os piqueniques das imagens acima, até porque, é um mais bonito que o outro e as comidas parece estar bem deliciosas! Tem cliques em diversos cenários, você pode fazer na praia, em uma viagem, no parque e também no campo (sítio, fazenda ou chácara) e, até mesmo na sua casa, ficar ao seu critério. Aposto que lugares não vai faltar, estou certa? Ah, lembrando sempre, que essas fotos são referências de ângulos, o estilo das fotos e as poses (que são demais), não precisa se inspirar nas meninas, somente nas fotos em si – o mais importante é você se divertir. Qual foi a sua foto favorita? Conta tudo nos comentários!

Que tal mural de cortiça na sua decoração?

Você está querendo dar um novo visual ao seu cantinho? Mas está sem grana ou sem ideia! Resolvi te ajudar com uma dica prática e rápida para você decorar seu home office ou escrivaninha: mural de cortiça! São com formatos criativos e estilos diferentes para você apostar como o seu futuro mural, que tal? Enfim, vamos vê cada uma das inspirações?

O mural de cortiça é ótimo para guardar lembretes nele, ainda mais se você colocar perto do lugar de estudos ou trabalho. E também pode servir como um mural de inspirações, ou seja, cole pôster, fotos, bilhetes e tudo que ajude na sua criatividade. Uma dica interessante é colocá-lo em toda a parede – assim acabar criando um mega mural.

Temos mais ideias lindíssimas! Uma sugestão é emoldurar e pintar com cores claras, destacando ainda mais o ambiente e deixando mais cool, como é o caso do primeiro e terceiro mural. Além disso, vale também pintar a cortiça de outras cores, caso queria algo que tenha mais a ver com a sua decor, mas está ao seu critério. Na minha opinião, os dois jeitos é muito bonito!

Que tal cortiça em formato de quadro? Você também pode colocar fotos de momentos especiais e também pendurar suas bijus. E, olha só que legal, dá para pegar um tecido e encapar a cortiça (se você não a quiser aparecendo por baixo) como é o caso da segunda foto acima. Fica um fundinho branco bem clean e delicado. Uma boa ideia para pôr em prática no seu ateliê, caso tenha um – assim podendo pendurar seus utensílios de trabalho, te ajudando ainda mais. Você pode fazer um mural com post-its e anotar tudo aquilo que for pendente para não sair da sua vista. Uma graça! <3

Para finalizar, estes últimos murais você pode tentar fazer em casa: painel de cortiça escrito make que pode pendurar suas fotos usando pinos e em formato geométricos bonito e fácil de fazer e também vale fazer em formas circula para uma parede cheia de estilo. Por último, não menos importante, esse lindo mural no estilo colmeia. Fica bem interessante, além de ser bem fofo!

E aí, qual das ideias que você gostou mais? Conta tudo nos comentários!

Livros de autores nacionais que você vai amar ler

Esse post é feito especialmente para quem ama livros e autores nacionais! É incrível vê que os nossos autores brasileiros, vem ganhando espaço nas estantes e prateleiras por aí e o preconceito está indo embora. Até porque, temos muitos livros e autores bons, que merece todo o reconhecimento do mundo. Pensando nisso, selecionei os que mais fazem os olhinhos de qualquer leitor brilharem muito para que vocês possam conhecer (e claro, ler!). Se interessou? Então é só continuar lendo!

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos…

O Theatro José de Alencar estava prestes a passar por uma grande reforma. Marcelo, um arquiteto especialista em construções antigas, foi contratado para coordenar a obra. Sua missão era fazer com que a casa de espetáculos ficasse exatamente como era no dia da inauguração. Marcelo era viúvo e tinha uma filha, Anabela, que logo no primeiro dia de reforma viveu um encontro assustador com o fantasma de uma jovem bailarina que aparecia no teatro há muitos anos. Mesmo contra sua vontade, Anabela embarcou em uma viagem pelo passado daquele lugar e envolveu-se completamente em uma história de amor, medo e muito mistério, conduzida pelo hálito gelado e a presença diáfana da bailarina fantasma, que só poderia ir embora quando resolvesse, com a ajuda de Anabela, algo muito importante que mudaria a vida de várias pessoas.

Viver esse amor na prática, no entanto, nem sempre é fácil. E é exatamente sobre felicidade, vida e amor que Ique Carvalho fala neste livro. O autor, que começou escrevendo em seu blog e já tocou o coração de milhares de pessoas que se envolveram e se emocionaram com suas palavras, descreve com perfeição o amor que muitos procuram e poucos realmente encontram. E ele fala do amor em todas as suas expressões: desde o romântico entre duas pessoas até o mais puro e verdadeiro dos laços familiares, que ele tem com seu pai e mentor. Como as relações humanas são frágeis e complicadas, os relacionamentos tornam-se difíceis, o que nos faz buscar a felicidade nos lugares ou nas pessoas erradas. Mas o autor nos faz enxergar a vida de forma diferente. Faça amor, não faça jogo é um lembrete de que, no jogo do amor, não é necessário haver ganhadores ou perdedores. Basta olhar e aceitar novos paradigmas e acreditar no que diz seu coração. E vivenciar isso de verdade.

Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz. O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa… O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes… Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.

Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal per-fei-to! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.
Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado.

Por que alguém escolheria uma orquestra se pode ter uma banda de rock? Essa sempre foi a dúvida de Valentina Gontcharov. Entre o trabalho como gerente do mercado do bairro e as tarefas de casa, o sonho de viver de música estava, aos poucos, ficando em segundo plano. Até que, ao descobrir que tem ouvido absoluto e ser aceita na Academia Margareth Vilela, o conservatório de música mais famoso do país, a garota tem a chance de seguir uma nova vida na conhecida Cidade da Música, o lugar capaz de realizar todos os seus sonhos.No conservatório, Tim, como prefere ser chamada, terá que superar seus medos e inseguranças e provar a si mesma do que é capaz, mesmo que isso signifique dominar o tão assustador piano e abraçar de vez o seu lado de musicista clássica. Só que, para dificultar ainda mais as coisas, o arrogante e talentoso Kim cruza seu caminho de uma forma que é impossível ignorar. Em um universo completamente diferente do que estava acostumada, repleto de notas, arpejos, partituras, instrumentos e disciplina, Valentina irá mostrar ao certinho Kim que não é só ele que está precisando de um pouco de rock’n’roll, mas sim toda a Cidade da Música.

Uma releitura da história da Pequena Sereia, com a marca de Paula Pimenta, uma das mais importantes autoras brasileiras da atualidade Arielle Botrel é uma nadadora famosa, prestes a viver o maior desafio de sua vida: participar das Olimpíadas pela primeira vez. Porém, ao contrário do que todos pensam, ela não possui tudo que deseja. Por ser a filha caçula de uma grande família, a garota é muito protegida e, apesar das medalhas e dos troféus, sonha com uma vida diferente, onde possa ser livre. Até que um dia um acidente faz tudo mudar. Arielle é apresentada a um mundo diferente… E nele existe alguém que vira sua vida de cabeça para baixo. Porém, para conquistá-lo, ela terá que abrir mão de sua voz. Será que Arielle vai conseguir conquistar esse príncipe sem palavras? E se no coração dele já existir outra princesa?

Bernardo é um excelente jornalista e suas matérias investigativas são sempre muito elogiadas. Ele só tem uma limitação: odeia trabalhar em equipe. Uma grande decepção amorosa fez com que ele se tornasse fechado e antipático. Por isso a incumbência de levar Rafaela, a nova estagiária do jornal onde trabalha, para todos os lugares, pode parecer a receita certa para uma desgraça. Mas, com o passar dos dias, Bernardo e Rafaela descobrirão que têm muito mais em comum do que a paixão pelo jornalismo.

Após as férias de verão, Zeca se olhou no espelho e não reconheceu o garoto ali refletido. Ele tinha crescido e mudado muito. Parecia outra pessoa! Estava mais alto, com a voz mais grave, e o que mais causava espanto: seu repentino sucesso com as garotas! Então veio uma descoberta bastante confusa: ser adolescente não é nada fácil. Não é mais criança, mas também não é adulto ainda. E ali, no meio do caminho, um bocado de coisas novas (e bem estranhas!) passaram a acontecer. Além de lidar com a nova aparência e a popularidade, algumas perguntas começaram a provocar confusões na cabeça de Zeca…
Por que suas irmãs gêmeas viviam se arrumando, tirando selfies e falavam sem parar? Por que certas coisas que antes eram tão legais não tinham mais a mesma graça? Por que o perfume que a Júlia deixou no rosto de Zeca mexeu tanto com ele? E a principal questão: Por que ele não consegue parar de pensar nela?

Em “Depois do fim”, Daniel Bovolento conta a trajetória de todo mundo que terminou alguma coisa e tem que aprender a lidar com as diferentes dores e superações de quem perdeu um amor. São 50 textos em que se misturam crônicas e desabafos sobre recomeço, aprendizado e a esperança de um novo final feliz. “Cada um de nós encontra uma maneira diferente de encarar o fim. Cada um de nós passa por fins diferentes, por mais que tenhamos tido histórias parecidas.”

Às vezes, a gente insiste em viver um relacionamento que já chegou ao final faz tempo. Tentamos resistir, fazer de tudo para durar mais, lutando para trazer de volta os momentos mágicos do início. Mas, quando o amor acaba, no lugar do conforto e do carinho que existiam só restam feridas que vão doer por um bom tempo e deixar cicatrizes que não desaparecerão. Porque o amor nem sempre é para sempre. Com o fim vem a tristeza, a saudade, a mágoa, o desespero e a vontade de nunca mais sentir aquela dor. Aí fechamos as portas ao perigo de sermos machucados outra vez, mas também à chance de sermos amados de novo. Um belo dia, quando as lágrimas já secaram e nos esquecemos do desconforto, com muito cuidado abrimos uma fresta só para ver a vida lá fora. E, assim como um raio de sol que entra por qualquer brecha, de repente uma vontade de recomeçar nos invade e tudo volta a fazer sentido. E, sem nem saber como, no meio do caminho avistamos novamente o amor ¿ e a certeza de um novo começo!

Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação — em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números —, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando Alina decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa.

Tantas dicas legais! Tem algum livro de autor brasileiro que não está aqui na lista e você recomendaria: qual é? E aí, já conhecia todos esses livros? Ficou com vontade de ler algum em especial? Compartilhar com a gente nos comentários! 

Beleza: o estiloso penteado banana bun

Francesas sempre inovando nas tendências de beleza, dessa vezes, não é diferente! Um novo estilo de penteado que está sendo o favorito da temporada, que é: banana bun – um coque baixo, torcido, bagunçado e também mega estiloso. Sem muito trabalho, você tem um penteado fabuloso e que vai te deixar ainda mais linda. Ainda mais, se você estiver precisando fazer algo mais elaborado e elegante, mas que seja fácil de fazer. Ate porque, tem chances de virar o seu queridinho do dia a dia, que tal? Perfeito! Então olha só essas inspirações:

Como você pode dizer não a este penteado? A gente vê que, mesmo em diferentes tipos, texturas e cores de cabelo, o penteado continua perfeito. E se você tem cabelos mais curtos, não tem problema, dá para fazer também, como na foto do meio. Ok? Visual bem moderninho e lindo!

Com o penteado mais clássico: você pode fazer para ir em festas sociais, mas também dá para se jogar em outros tipos de eventos! Incrível, né? <3 Nesta galeria acima, temos dois penteados super elegantes, para tentar colocar em prática.

Acho que o penteado é muito interessante de perfil, ainda mais com o cabelo um pouco bagunçadinho, sem ser preocupar com penteado perfeito, texturize com a ajuda de uma pomada ou spray – quanto mais bagunçado, melhor! 

E para finalizar, essas três últimas imagens! Ah, você pode fazer ele mais baixou ou mais alto, os dois jeitos são lindos!

Vamos aprender a fazer? Olha só!

  • Prenda seu cabelo em um rabo de cavalo baixo e soltinho;
  • Torça o rabo de cavalo até a ponta do cabelo e torça para cima;
  • Com a ajuda de grampinhos, prenda o coque à cabeça;

Você pode assistir esse tutorial com o passo a passo:

E aí, vai apostar nesse penteado? Conta tudo nos comentários!

Conheça as incríveis músicas da Julia Michaels

Sabe quando você conhece cantores novos, e quer sair indicando para todo mundo? Pois é, sou assim! E como já tem, um bom tempo que eu não atualizo indicações por aqui! Pensando nisso, hoje trouxe uma cantora que vocês precisam ouvir, Julia Michaels. Ela tem 23 anos, nasceu em Davenport, mas mudou-se para Santa Clarita, California, no norte de Los Angeles. Porém, provavelmente você já curtiu alguma musica dela, ainda que você não (re)conheça. Mas calma, que antes de a gente falar mais sobre ela. <3 Vem conferir, seus deliciosos singles!

Em janeiro de 2017, Michaels lança seu primeiro single solo, “Issues”. Michaels afirma: “Era a primeira vez que eu escrevia uma canção que soava tanto como eu que não conseguia imaginar outra pessoa cantando”. De acordo com Michaels, muitos artistas importantes lutaram pela música, mas Michaels manteve-a para si mesma. Quer ouvir mais um pouquinho?! 

Aliás, ela cantou essa música aqui no Brasil, com o dj Kygo nas Olimpíadas do Rio. Lembram? Com uma voz rouca e delicada, vem cada dia ganhando espaço no meio musical.

Tanto que tem DUAS faixas no recente True Colors, novo álbum de Zedd, que contam os seus vocais, além de mais uma como compositora (Straight Into The Fire, Daisy e Papercut). São músicas, totalmente viciantes! Ainda mais, da forma como ela interpreta as canções. É demais!

E, para quem não saber, Julia é considerada uma das maiores compositoras dessa nova geração. SIM, senta e presta atenção na lista de músicas que a Julia escreveu e que viraram hits. Você não vai acreditar (ainda está faltando algumas!).

Ela é dona dos hits “Sorry“, de Justin Bieber; “Kingdom Come” e “Waitin for You“, da Demi Lovato; “Love Myself“, de Hailee Steinfeld; “Poison“, da Rita Ora; “Body Heat“, “Good for You (ft. ASAP Rocky)”, “Hands to Myself“, “Nobody“, “Perfect“, “Revival” e “Sober“, de Selena Gomez (todos hits do Revival); “Do You Wanna Come Over?” e “Slumber Party“, de Britney Spears (do Glory); “All in My Head (Flex) (ft. Fetty Wap)” e “Dope“, do Fifth Harmony; escreveu 12 músicas do álbum This Is What the Truth Feels Like da Gwen Stefani; “Close (ft. Tove Lo)” e “Chainsaw“, do Nick Jonas e escreveu também para a lenda, John Legend, as músicas “What You Do To Me” e “Surefire“, presentes no álbum Darkness and Light. Ah! E ela também escreveu uma música para o novo álbum do Ed Sheeran: Dive (3ª música). Ufaaa, terminou!

E aí, gostou da Julia ou já conhecia? Para acompanhar mais a sua carreira, é só segui-la no Facebook, em seu Instagram, na Vevo e também no YouTube! \o/ Conta tudo nos comentários o que achou da Julia!

As tendências de moda que continuam em 2017

Você investiu nas tendências do ano passado? Uma boa notícia é que algumas peças – queridinhas em 2016 – continuam com tudo em 2017 (ainda bem!), já que fez muito sucesso nos looks de muita gente. Por isso, que o post de hoje é sobre essas tendências que vão continuar por um bom tempo e que ganhará ainda mais corações, até mesmo, de quem ainda não se rendeu para algumas dessas trend! Quer ver?

  • Patches

A febre dos patches (apliques divertidos de feltro sobre peças jeans) continua em 2017. Com a ideia de criar um look divertido e bem feminino, os patches aparecem em desenhos coloridos e animados, que remetem à infância. A melhor parte dessa tendência é que você tanto pode comprar uma peça pronta quanto customizar uma em casa mesmo.

Baratos e fáceis de serem colados, tudo o que você precisa é colocar os patches sobre a peça (vale até aplica-los em bolsas e tênis), cobri-los com um pano e pressionar o ferro quente sobre eles por alguns segundos. E voilá, uma peça exclusiva, moderna, divertida e com a sua cara!

  • Slip Dress

Slip dress, ou na tradução, o vestido camisola. Sim, eles continuaram com tudo: é originalmente feito com tecido de cetim ou fluido, modelo reto e bem soltinho, alcinhas finas e quase sempre com rendas no decote.

É um vestido fácil de adaptar com o nosso país tropical – se tiver um dia mais frio é só jogar um casaco ou jaqueta por cima e pronto! Aliás, você pode investir em vestidos de qualquer cor (sair um pouco do tradicional pretinho), já que agora está tendo diversas opções e modelos.

  • Top Bardot

O chamado top bardot, que deixa os ombros de fora. Os ombros vieram ganhando destaque no verão, lembra no ano passado que o decote ciganinha estava em alta? O decote Bardot também é ombro a ombro, mas a diferença é que ele é mais reto, mais minimalista e muito mais elegante. Porém, segundo dizem as previsões, dessa vez esses tops vão vir em versões mais ousadas com mais babados! 

Segura estas inspirações de looks, mon amour! \o/ Olha, você pode investir em diversos modelos dessa peça, que estarão super em alta – vestidos e macacões, variando nos tecidos e nas estampas. O melhor dessa peça é que pode ser usada com qualquer combinação, que continuar super estilosa!

  • Camisa + vestido

Essa é uma tendência amada por uns e odiada por outros, qual lado você está? Acho que é uma das trend bem diferentes, mas tem o seu charme, concordam? Só que, é usada mais com o slip dress, porém, quem sabe, você pode adaptá-la do seu jeito, usando com vestido normal de alça mais fina.

Eu particularmente acho bem cool, porém você precisa saber fazer a sobreposição – ou comprar a sobreposição pronta (já vi em várias lojas). Essa tendência é bem simples: É só você usar uma camiseta básica por baixo de vestido, mas se preferir pode usar estampadas também, vai do seu gosto!

E você, qual dessas tendências pretendem continuar usando esse ano? Deixe a sua opinião nos comentários!

Comprando tênis branco na internet

Os tênis brancos vêm roubando coração de um monte de gente. É um dos calçados que está sendo o favorito nos looks de street style e de muitas fashionistas por aí! Ah, provavelmente, você está vendo muito nas suas redes sociais ou pelas ruas do nosso país. Certo? Por ser democrático, eles combinar com qualquer peça, qualquer uma mesmo – e os modelos escolhidos para o post de hoje são bem variados! Interessou? Então vem ver a nossa listinha!

1. Tênis Spikes Branco da Anita
2. Tênis Metal Branco da Zattini
3. Tênis Branco All Star Posthaus
4. Tênis Leves Patch da Zattini
5. Tênis Bordado Branco da Dafiti
6. Tênis Ramarim Bordado Flor Kanui
7. Tênis Sintético Branco da Anita 
8. Tênis Vans Estampa da Kanui
9. Tênis Estrelas Metalizado da Dafiti
10. Tênis Casual com Led da Passarela
11. Tênis Couro Gruller da Kanui
12. Tênis Moleca Branco da Posthaus
13. Tênis Coca Cola Branco da Dafiti
14. Tênis Matelassê Branco da Zattini
15. Tênis Sola Estampada da Nesthoes

Muitos tênis bonitos, né? São quinze modelos para todos os estilos, com certeza, algum conquistou o seu coração! Tem tênis com patch de número 4 e também bordados números 5, 6, além do modelo de led o número 10 (que está super em alta) e estampados e metalizados: os números 9 e 15. Aliás, todos os tênis são bem casuais, até mesmo os mais diferentões! <3

E o seu favorito, qual é? Conta tudo nos comentários!

Inspiração: fazendo uma tatuagem com sua melhor amiga

Já cogitou a ideia de fazer uma tatuagem com a sua melhor amiga? Algumas amizades são tão especiais que queremos carregá-las com a gente em um lugar além do coração. Que, se pudesse, estaria com ela em todos os momentos. É tão especial que não há briga ou distância que separe vocês. Buscando eternizar e carregar um pedacinho dessa amizade, uma boa opção é fazer uma tatuagem. Dessa forma, o sentimento profundo de amizade te acompanhará em todos os momentos e o mesmo vale para a sua amiga. E para inspirar vocês, escolhi desenhos delicados, divertidos e fofos. Vamos lá?

Quantos desenhos incríveis, né? Vocês podem tatuar símbolos, frases, desenhos que representam amizade (Bob Esponja e seu melhor amigo, Patrick), também tatuagens que se completam e, até mesmo, tattoo iguais; ainda mais, quando vocês tem gostos em comum.

Mais tatuagens maravilhosas e, desta vez, alguns desenhos mais delicados e elaborados. Adorei essa tatuagens da Hello Kitty, é tão fofa! Outras opções é fazer corações, flechas, flores e também aviões – tem tudo a ver com amigas que morar longe.

E para finalizar o post, temos, ainda mais modelos de desenhos. Tem o Ohana (significar família, que ás vezes, é mais do que uma irmã), flores representando o infinito, gatinhos fofos, abelhinhas, Matrioska – bonecas rusas, significar, amizade.👯O mais importante é que essa tatuagem represente o sentimento de amizade que existe entre vocês.

Gostou dos desenhos? Existe uma grande variedade de desenhos disponíveis para vocês fazerem, essas são apenas algumas opções. Vale fazer uma tattoo pessoal, que, talvez, somente vocês sabem o significado. Legal, né? Então corre chamar sua melhor amiga e vejam juntas todas essas inspirações! E aí, qual foi a sua favorita?  Me contem aqui nos comentários! <3

Sabe, não terminou como conto de fadas

Eu costumava ficar os observando. Todos sabiam que eles eram amigos. Ou melhor, dizendo, melhores amigos. Porém, o que todos sabiam mesmo era que, eles se amavam. Só eles que ainda não haviam percebido. Encontravam-se quase todos os finais da tarde na lanchonete da esquina. Conservam sempre dando atenção um para o outro. Sem mexer no celular, como se nada mais tivesse importância. Curtiam apenas o momento.

Ele, uma calmaria. Ela, uma grande tempestade. Totalmente opostos. Porém, ao mesmo tempo se completavam.

O rapaz, acabei percebendo, era muito centrado. Guiava-se pela razão, jamais pela emoção. Tinha os pés no chão. Sempre com um bom humor. Mas eu, identifiquei em seus olhos, um medo. Desconfio que, até ele mesmo desconheça.

E a moça, carregava quase sempre algum livro de Shakespeare. E também outros livros. Decorava, provavelmente, alguma peça de teatro. Em sua pele existia tatuagens enigmáticas. Constelações. Rosas. Borboletas voando. Lua. Unicórnio. De alguma forma todos os desenhos poderia ser uma grande definição sobre ela. Confesso que imaginava o significado de cada um deles em sua vida. Aliás, a primeira impressão dela é, uma garota sonhadora que viver com a cabeça nas nuvens.

Em um fim de tarde, como todos os outros, clientes já tinham ido embora e os dois continuavam sentados na mesa e, então, algo que todos imaginavam que ia acontecer. Aconteceu, eles se beijaram – não literalmente, porque quem teve a iniciativa do beijo foi ele. E ela correspondeu, mas depois saiu correndo, deixando ele sozinho. E não acabou, antes de ir embora, ele deixou um bilhete singelo na mesa “Desculpe pelo beijo, mas eu prometo não te incomodar mais”.

Nos dias seguintes, ela continuava o esperando no mesmo lugar. Ele não apareceu mais. Nem na segunda, terça e todo resto do mês. De telespectadora, fiz parte daquela história, entreguei o bilhete que ele havia deixado. Seus olhos lacrimejavam, enquanto lia mais de duas vezes aquele pequeno bilhete. Depois, guardou na bolsa o pequeno papel e foi embora se misturando no meio da multidão. Nunca mais ninguém os viu por ali.

Pena que, aquela história não terminou iguais aos contos de fadas. Cada  um seguiu o seu caminho.

Quem sabe, um dias eles se reencontram e descubram, o amor foi um dos sentimentos que mais os ligavam. Talvez, pode ser tarde. Além disso, quero que eles sejam felizes, mesmo não estando juntos. Pode ser que acabou, mas se foi bom, guardem as melhores memórias, porque são essas que merecem fazer parte das lembranças que viveram juntos. Até o fim.