Cottagecore: características do estilo de vida que busca simplicidade do campo

O que é estilo de vida Cottagecore? (Foto: Reprodução/ Instagram @wolfcubwolfcub)
O que é estilo de vida Cottagecore?

Antes de tudo, a palavra, que vem justamente do termo ‘cottage’ (em inglês, house in the country), porém, algumas pessoas dizem que veio do francês, enquanto, outras defendem que veio do inglês. Dessa forma, a definição mais comum é que “cottage” significa casa da fazenda ou cabana, enquanto, “core” é derivado da música punk hard core dos anos 1980 e significa núcleo. Graças às maiores plataformas online do momento, como o Pinterest, o Instagram e o Tik Tok, a cottagecore acabou surgindo devido a pandemia global de 2020 – porém, o sentimento que envolve esse movimento foi multiplicado e a busca por um estilo de vida mais simples fora das metrópoles se tornou recorrente, portanto, promete continuar fazendo muito sucesso e, ao que tudo indica, irá marcar presença por aqui, agora que entramos nas estações mais quentes do ano.

Leia mais: Bridgerton: o que haverá nas próximas temporadas da série?

O que é estilo de vida Cottagecore?

O estilo de vida Cottagecore é um movimento que busca por um retorno à vida simples do campo e um contato maior com a natureza, animais, piqueniques, flores e comidas frescas, dentre outras coisas. Na cottagecore, encontramos elementos que envolvem um sentimento de nostalgia, de acolhimento e de apreciação por um tempo onde tudo era menos complicado. Com inspirações claras no movimento hippie que promovia a vida em comunidade e o desapego de bens materiais, a cottagecore, vai muito além de uma tendência de vestuário, o movimento é considerado uma saída para aqueles que buscam mais qualidade de vida, em primeiro lugar, o contato com a natureza e em busca de uma desaceleração, uma reconexão com a vida no campo e um dia a dia mais simples. Desde já, veja algumas características e fique por dentro desse estilo de vida:


Contemplar a vida no campo e majestade da natureza

O ar bucólico, e aliás, o estilo de vida em contato com a natureza parecem ser as premissas de um lugar harmônico  – dessa forma, se ajusta à fuga que buscamos em momentos difíceis, por exemplo, como a crise provocada pela pandemia. Acima de tudo, estar em harmonia com os animais e as plantas diariamente, longe do estresse e da ansiedade, ou seja, elementos muito comuns na vida urbana atual. Este oásis onde tudo é possível, vai além da estética – em qualquer lugar, real ou imaginário, longe do preconceito (aos direitos e conquistas das mulheres e de LGBTQI+). Sobretudo, traz o romantismo e busca da simplicidade!

{Fotos/Reprodução// Instagram @your_ptashka: 1, 2, 3, 4 e 5 / @karayiib / @longestacresfarm}




Valorizam os afazeres manuais

Antes de mais nada, essa é uma das características mais famosas do Cottagecore, tal qual, o desenvolvimento de afazeres produzidos manuais (feitas com as próprias mãos), eventualmente, também práticas de tarefas domésticas, é algo bastante praticado nesse estilo de vida. Principalmente, fazer pães, bolos, tortas e colher frutas e também legumes – ou até fazer artesanato ou artes, como por exemplo, bordados ou pinturas. Quando o assunto é vida simples no cottagecore, fala-se de viver somente com o necessário, sem extravagâncias, como se idealiza que é a vida no campo. Ao levar uma vida simplista, busca-se a valorização do que realmente importa.

{Fotos/Reprodução// Instagram @tenderheartlamb / @dariabydasha: 1 e 2 / @your_ptashka / @gossipstyle}


Objetos e móveis vintage

Antes de mais nada, as flores são um dos pontos altos dessa estética, tanto para a decoração de um cantinho, como sala ou quarto. Além disso, as louças modelos antigos ou vasos com lindas flores trazem aquele ar de campo para qualquer ambiente, assim como quadros com flores acompanhadas de borboletas. Os móveis são de madeiras no estilo rústico – que também segue o estilo vintage, por exemplo, penteadeiras, estantes, mesas e armários. E não pode faltar espelhos provençal – que dão um toque ainda mais nostálgico. O próximo post sobre decoração: vai ser sobre o estilo cottagecore, que tal?

{Fotos/Reprodução// Instagram @dariabydasha: 1, 2, 3, 4 e 5@gossipstyle: 1 e 2 / @sonya_sedova / @deecampling / @matildadjerf / @pearly_interiors}


Estilo de vida nostálgico

“Romantismo” no estilo contos de fadas, é a influência real no cottagecore. Afinal, se você olhar no final do “século XIX para William Morris e o movimento de artes e ofícios, foi uma resposta à Revolução Industrial. É uma nostalgia do passado – há uma noção de que a vida era melhor naquela época (embora não fosse). São lugares que você gostaria de morar porque não há acesso à Internet. Portanto, o cottagecore é interpretado como um estilo de vida nostálgico, porque privilegia hábitos e até vestimentas que são antigos, como peças de roupa vintage e a ideia de que a vida no campo, longe da cidade, o melhor, porque tem mais harmonia e leveza.

{Fotos/Reprodução// Instagram @gossipstyle: 1, 23 e 4 / @your_ptashka: 1, 2 e 3 / @abihoffman: 1 e 2 / @sonya_sedova / @camilla.vintage / @wolfcubwolfcub / djerfavenue.com}




Piqueniques ao ar livre

Estar ao ar livre se tornou ainda mais saudoso após tanto tempo distante da rotina diária, e poder sentir o sol e ainda por cima fazer um lanche delicioso é o combo perfeito para um dia descomplicado e divertido. Principalmente, aqueles alimentos preparados com as próprias mãos podem ser partilhados, assim como frutas. Esses momentos contam com cestas e flores, toalhas claras ou xadrez, por exemplo. Os piqueniques são momentos ideais para estar em harmonia com natureza.

{Fotos/Reprodução// Instagram @dariabydasha: 1 2 / @tenderheartlamb / @aimeesong / @gossipstyle @sonya_sedova / @camilla.vintage / @memuary_  / @justinemarjan / @lackofcoloraus / @matildadjerf}


Looks no estilo cottagecore

Enquanto, o cottagecore faça sucesso como estilo de vida, passando por atividades e decoração, principalmente, é na moda que ele se destaca muito bem. Além disso, uma das peças mais procuradas no Google é o “vestido cottagecore”. Então, são as mangas bufantes, estampas de natureza – como flores, por exemplo, são imediatamente associadas ao estilo. Bem como, o visual ganha uma carinha boho, que amamos! No cabelo, você pode fazer penteados com trança, coque ou acessórios como lenços e presilhas de laço. Por fim, o lenço à lá camponesa, inclusive, é um dos estilos mais populares dessa estética. Os looks geralmente são registrados por meio de fotos ambientadas em fazendas, sítios, parques com gramados e lagos ou até florestas.

{Fotos/Reprodução// Instagram @taramilktea@camilla.vintage: 1 e 2 / @sonya_sedova@everlinet / @your_ptashka: 1 e 2 / @tenderheartlamb / @jessicaclements@melisekrem@becauseofvogue / @kerina.wang@ivycityco / we heart it / @nclgallerygirls / @selkie / @livia_auer}

VEJA TAMBÉM

Nap dress: o vestido favorito para usar no dia a dia


Bridgerton: é o guia para uma curta aula de história da moda


O french bob: é o corte de cabelo favorito do momento


Gostou da nossa matéria? Acompanhe no Pinterest Instagram para ver mais conteúdos.

8 motivos para maratonar “Lupin”, um dos sucessos da Netflix

Lupin
8 motivos para maratonar ‘Lupin’, na Netflix (Foto: Divulgação/Netflix)

Pode parecer surpreendente que a série de maior sucesso da Netflix no momento seja uma versão contemporânea das histórias de um clássico anti-herói francês criado no início do século passado. Pois é, adivinhou quem pensou na série “Lupin”, produção que já foi vista por mais de 70 milhões de espectadores no mundo inteiro, além disso, continua nas 10 mais assistidas no momento no Brasil. Contudo, o que chama atenção é que a série mescla o passado com o presente, sendo capaz de despertar momentos de tensão e ansiedade nos episódios. Só esse número já é um bom motivo para você assistir a trama, que aliás, conta com cinco episódios de aproximadamente uma hora, e assim reunimos 8 motivos para você maratonar Lupin, hoje mesmo. Vem ver:


1. Baseado em uma série de livros

A obra foi lançada originalmente em 1907, sob encomenda do editor da revista Je sais tout Pierre Lafitte. Na época, o contratante procurava por uma história com algum personagem inovador, mas que ao mesmo tempo mesclasse os enredos de Sherlock Holmes e A. J. Raffles. A novela policial de Leblanc resultou na criação de um protagonista semelhante ao Robin Hood, apresentando um anti-herói audacioso, sedutor e defensor dos mais necessitados e oprimidos. Arsnène Lupin tornou-se uma espécie de anarquista que vivia como aristocrata, sendo amplamente retratado em 17 romances e 39 contos do escritor. Devido ao sucesso, mais tarde, foi incorporado em diversas outras produções cinematográficas. Como resposta ao detetive inglês Sherlock Holmes, criado por Arthur Conan Doyle, o anti-herói francês satiriza, ainda, a burguesia do século 20, ao mesmo tempo que ludibria o investigador da obra literária, chamado Herlock Sholmes.

Para quem se interessou no livro: é só clicar aqui!


2. Lupin é surpreendente

Antecipadamente, a obra é apresentada a turbulenta história de Assane Diop (interpretado pelo talentoso Omar Sy). Filho de um motorista de uma família rica e branca de Paris, o seu mundo desaba quando o pai é acusado do roubo de um colar (da Maria Antonieta) que esteve na mão do clã. Apesar da história de Assane ser surpreendente por si só, o que intriga de fato o telespectador é que a série de George Kay e François Uzan misturou a narrativa do personagem com as aventuras de Lupin (por isso, seus planos e truques são extraordinários e surpreendentes), conhecido como o Sherlock Homes dos franceses.

Lupin
8 motivos para maratonar ‘Lupin’, na Netflix (Foto: Divulgação/Netflix)

3. Aborda o racismo estrutural

A série da Netflix proporciona uma reflexão sobre os horrores do racismo na sociedade. Isso porque é impossível não se chocar com tudo que é feito com o pai do protagonista da produção. Além disso, a saga do próprio Assane após a morte de seu pai já mostra como o jovem teve que encarar os obstáculos que a sociedade impõe aos negros.


4. O roubo do Louvre foi inspirado em fatos reais

Uma cena que mostra um roubo ousado durante um leilão no Louvre, por exemplo, foi baseado em um furto real de 2010 no Museu de Arte Moderna (em Paris), em que o praticante de parkour Vjeran Tomic, conhecido como o “homem-aranha francês”, roubou cinco obras do museu avaliadas em EUR 104 milhões.

Lupin
8 motivos para maratonar ‘Lupin’, na Netflix (Foto: Divulgação/Netflix)

5. Episódios viciantes

Cada episódio de Lupin desperta a curiosidade para saber o que vai acontecer não só com o protagonista, mas também com as pessoas envolvidas em seu ciclo de vingança. Inclusive, isso fez com que muitos internautas ficassem com uma pulga atrás da orelha após o final da primeira parte da produção, que é dividida em 5 episódios.

6. A história dos outros personagens

Como mencionado anteriormente, a série não é só sobre roubos de brilhantes. A trama mostra a história dos outros personagens da obra ligados ao Assane com sua ex-esposa, Claire, e com seu filho, Raoul, de forma verdadeiro e sensível. Além disso toda a narrativa faz com que você fique intrigado com todos aqueles que estão envolvidos com Assene, principalmente, é a jornalista a quem o protagonista recorre quando precisa encontrar meios para executar um dos momentos de maiores tensão da série.

Lupin
8 motivos para maratonar ‘Lupin’, na Netflix (Foto: Divulgação/Netflix)

7. Cenário parisiense

Aliás, a série tem como cenário à espetaculosa Paris. Além disso, as cenas do museu do Louvre foi gravado no próprio, além disso, diversas cenas em cenários espetaculares aos menos espetacular – mostrando uma Paris, que não vemos muito nos cinemas.


8. A atuação do talentoso Omar Sy

O ator Omar Sy surge na série Lupin com talento e carisma multiplicados por dez. Dessa forma, o ator de nacionalidade francesa e que também carrega em seu currículo trabalhos de humorista, dublador e roteirista, já foi bastante visto no cinema, seja como protagonista ou em papéis secundários.

8 motivos para maratonar ‘Lupin’, na Netflix (Foto: Divulgação/Netflix)

Enfim, com todo esse sucesso a Netflix já anunciou que a segunda parte da minissérie está confirmada – ainda mais que… (ok, sem spoilers)!

Gostou da nossa matéria? Acompanhe no Pinterest e Instagram para ver mais conteúdos.

Água aromatizada: receitas para os dias quentes de verão

água aromatizada
Receitas detox para turbinar sua saúde no verão

O verão já chegou e o calor tropical requer muita hidratação – é necessário beber pelo menos 2 litros de água por dia para manter o corpo devidamente hidratado. Porém, nem sempre conseguimos seguir essa recomendação apenas com a água. Portanto, uma boa alternativa para isso, são as águas aromatizadas, tal qual, hidratam o organismo ao mesmo tempo em que fornecem vitaminas, antioxidantes e uma série de benefícios para a nossa saúde, sobretudo, para o nosso sistema imunológico. Fáceis de preparar, além de hidratar – fazem um detox no corpo dependendo dos ingredientes usados. Portanto, os ingredientes básicos são bem fáceis de ser encontrados. Por exemplo, a base de toda água aromatizada é praticamente a mesma: água (de preferência gelada, podendo ser gasosa ou não), gelo, frutas, legumes ou verduras ou mesmo ervas aromáticas. Cada ingrediente tem sua função. Veja a seguir!

E MAIS: 10 receitas de smoothie bowls para fazer em casa

Água aromatizada limão e pepino

Função: O pepino contém potássio e magnésio, favorecendo a contração muscular. Ele também melhora a circulação sanguínea e tem um efeito refrescante. O limão, por sua vez, melhora a digestão, tem ação diurética e é rico em vitamina C. Dessa forma, combinados esses ingredientes – desde já, são ideais para tirar a moleza em dias de calor intenso.

água aromatizada
Água aromatizada limão e pepino. (Foto: ISTOCK)

Ingredientes:
5 rodelas de pepino com casca;
3 rodelas de limão com casca;
folhas de hortelã a gosto;
300 ml de água.

Modo de preparo: Coloque num jarro a água. Corte o pepino e o limão em rodelas finas. Junte as rodelas à água, adicione as folhas de hortelã e se quiser um pouco de sumo de limão. Pelo menos, duas horas antes de servir a água.


Água aromatizada abacaxi com hortelã

Função: Enquanto o abacaxi e a hortelã têm efeito refrescante e diurético. Dessa forma, essa água aromatizada é excelente para auxiliar o corpo depois de refeições mais pesadas. Além disso, o abacaxi também é rico em vitamina C, fortalecimento do sistema imunológico.

água aromatizada
Água aromatizada abacaxi e hortelã. (Foto: ISTOCK)

Ingredientes:
6 fatias de abacaxi-pérola;
10 folhas de hortelã;
300 ml de água;
Cubos de gelo.

Modo de preparo: Dispor os cubos de gelo em um pote de vidro ou copo largo. Corte o abacaxi em pedaços médios (sem casca), por exemplo. Então, coloque os pedaços na água, juntamente com as folhas de hortelã. Portanto, você pode utilizar um pilão para triturar algumas folhinhas antes de acrescentá-las à bebida, dando ainda mais sabor para a sua água aromatizada.


Água aromatizada de maçã com canela

Função: A maçã contêm poderosos nutrientes que estimulam o sistema imunológico. Aliás, possuem fibras que ajudam a transportar resíduos para fora do corpo. Além disso, a fruta é fonte de vitamina C, que contribui para que o organismo desenvolva resistência. Sendo assim, protege o organismo de doenças como gripes e resfriados. Aliás, a canela possui diversas propriedades que ajudam a melhorar problemas do sistema digestivo, diminuir o apetite e melhorar a sensação de cansaço.

água aromatizada
Água aromatizada maça e canela. (Foto: ISTOCK)

Ingredientes:
1 pau de canela;
Maçã em rodelas;
1 litro de água.

Modo de preparo: Lave a maçã e o pau de canela, removendo as sujeiras externas. Coloque a água numa jarra. Retire a casca da maçã e corte-a em pedaços (sem as sementes). Em seguida, coloque os pedaços de maçã e o pau de canela na jarra com água. Deixe repousar por meia hora. Por último, beba ao longo do dia.


Água aromatizada de morango, limão e hortelã

Função: O morango é rico em vitamina C, por isso ele ajuda a fortalecer as defesas do organismo, favorece a cicatrização e combate o envelhecimento. Sobretudo, o limão também é fonte de vitamina C, importante para fortalecer o sistema imune, retardar o envelhecimento e melhorar a saúde do coração. Além disso, essas propriedades são reforçadas pelo hortelã, que ajudam a tratar problemas digestivos, como má digestão, flatulência, enjoo ou vômitos, por exemplo, mas a hortelã também tem efeitos calmantes e expectorantes.

água aromatizada
Água aromatizada morango, laranja e hortelã. (Foto: ISTOCK)

Ingredientes:
1 litro de água;
Morangos fatiados;
Fatias finas de limão;
4 folhas de hortelã.

Modo de preparo: Macere as 4 folhas de hortelã e coloque no recipiente em que vai servir a água aromatizada. Acrescente os morangos e limão cortados, por último, a água. Em seguida, deixe descansar por aproximadamente três horas e se desejar acrescente cubos de gelo e folhinhas de hortelã para decorar.


Água aromatizada de melancia e hortelã

Função: Ela é rica em água, fonte de carboidratos, possui vitaminas importantes para o organismo como C e A, além de sais minerais como cálcio, magnésio, fósforo, sódio e potássio. Sua cor avermelhada indica a presença do licopeno, que é um antioxidante potente que combate os radicais livres do organismo. Tal qual, hortelã evita a má digestão e conta com ação expectorante, além de reduzir gases.

Água aromatizada melancia e hortelã. (Foto: ISTOCK)

Ingredientes:
Melancia em cubos;
300 ml de água;
Folhas de hortelã

Modo de preparo: Corte a melancia em pequenos cubos. Se preferir um sabor mais intenso, corte duas fatias ao invés de apenas uma. Coloque os cubos e o ramo de hortelã na água, previamente lavada. Por último, leve à geladeira e deixe repousar por algumas horas antes de servir.


Água aromatizada de hibisco

Função: O chá de hibisco é outra forma muito simples de preparar uma água aromatizada. Assim como a planta ajuda na perda de peso e aumenta a queima de gordura, devido à sua rica composição em antocianinas, compostos fenólicos e flavonoides, sendo ideal para quem precisa emagrecer, enfim.

Água aromatizada hibisco. (Foto: ISTOCK)

Ingredientes:
2 colheres (de sopa) de flores de hibisco;
1 litro de água fervente.

Modo de preparo: Para fazer o chá de hibisco e manter todas as propriedades da planta é importante verter a água fervente sobre as flores e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Depois, deve-se coar e beber várias vezes ao longo do dia. Uma boa opção para os dias de calor é colocar o chá na geladeira e beber gelado.


Água aromatizada de limão e alecrim

Função: O alecrim é uma erva aromática muito utilizada como tempero, mas que fornece benefícios como alívio de dores musculares, reforço da memória, estimulação da circulação sanguínea e fortalecimento do sistema imunológico. Assim como o limão, ele também tem efeito diurético.

Água aromatizada limão e alecrim. (Foto: ISTOCK)

Ingredientes:
5 limão-siciliano com casca cortado em rodelas;
5 limão-taiti com casca cortado em rodelas;
1 ramo de alecrim;
300 ml litro de água.

Modo de preparo: Corte os limões em rodelas (sem as sementes). Coloque as rodelas de limões e o ramo de alecrim na água. Acima de tudo, leve à geladeira e deixe repousar por algumas horas antes de servir.


Água aromatizada de morango e manjericão

Função: Além do mais, o morango é também uma fruta rica em antioxidantes, como antocianinas e o ácido elágico (é capaz de impedir a formação de tumores no aparelho digestivo e melhora as funções intestinais), que por exemplo, conferem outros benefícios para a saúde, tais como combater o envelhecimento da pele, ajudar a prevenir doenças cardiovasculares, melhorar a capacidade mental, prevenir o câncer e ajudar a combater inflamações. Por fim, essas propriedades são reforçadas pelo manjericão que, aliás, contém substâncias antioxidantes. Além disso, essa erva tem efeitos anti-inflamatórios e antibacterianos.

Água aromatizada morango e manjericão. (Foto: ISTOCK)

Ingredientes:
6 morangos cortados ao meio;
10 folhas de manjericão fresco;
1 litro de água filtrada.

Modo de preparo: Macere as 10 folhas de manjericão e coloque no recipiente em que vai servir a água aromatizada. Acrescente os morangos cortados e, por último, a água filtrada. Por último, deixe descansar por aproximadamente três horas e se desejar acrescente cubos de gelo.


Água aromatizada de mirtilo e laranja

Função: As propriedades do mirtilo incluem sua ação adstringente, antibacteriana, antidiarreica, estimulante da pressão sanguínea, hipoglicêmica e tônica. Aliás, laranja ajuda a emagrecer por ser rica em fibras, água e Vitamina C, nutrientes que limpam o intestino, dessa forma – combatem a retenção de líquidos e desintoxicam o organismo, ajudando na perda de peso quando consumidos diariamente.

Água aromatizada mirtilo e laranja. (Foto: ISTOCK)

Ingredientes: 
350 ml de água;
2 laranjas (cortadas em cunhas);
Diversos mirtilos;
4 cubos de gelo.

Modo de preparo: Coloque todos os ingredientes em um jarro e coloque na geladeira durante 24 horas para permitir a infusão da água. Enfim, você também pode espremer o suco da laranja e também dos mirtilos para intensificar o sabor, por exemplo. Aliás, feito esse procedimento, acrescente gelo e sirva-se.

LEIA MAIS


10 receitas de smoothie bowls para fazer em casa


Café Dalgona: 6 receitas da bebida mais famosa da internet


6 drinks de outros países para fazer nesta quarentena


Gostou da nossa matéria? Acompanhe no Pinterest e Instagram para ver mais conteúdos.

Nap dress: o vestido favorito para usar no dia a dia

A febre do vestido Nap Dress. (Foto: Hill House Home)

O nap dress – ele ganhou esse nome por, realmente, lembrar uma camisola, bem no estilo da época regencial, o que o torna perfeito para quem procura um vestido, soltinho, confortável e bonito. Aliás, o nap dress é marca registrada do estilo cottagecore –  movimento e estilo inspirado no campo. Vem sendo a nova sensação nas redes sociais. Então, agora vem se inspirar nesses modelos e de como usá-los:

Nap dress surgiu durante esse período de isolamento social, dessa forma, muitas pessoas trocaram a vida na cidade por uns dias no campo, o que fez com que as redes sociais ficassem lotadas de fotos e vídeos, por exemplo, cenários dignos de filmes de época, aliás, no estilo “Orgulho e Preconceito.”


Já há várias etiquetas que investem nesse estilo, mas quem lançou a onda, curiosamente, não foi uma marca de moda, mas sim a empresa nova-iorquina Hill House Home, que é especializada em roupas de cama, mesa e banho de alto padrão. Com o sucesso dos vestidos, o nap dress acabou virando o carro chefe da empresa, que oferece agora diversas estampas e modelos, por preços que vão de 75 a 200 dólares. Porém, lojas aqui no Brasil já começaram a perceber que o modelo já faz parte do guarda-roupa das mulheres. Com diversos comprimentos, estampas e decotes, ele é perfeito para enfrentar as altas temperaturas do nosso verão.

Portanto, para quem possui um estilo mais básico, os modelos brancos podem ser a melhor pedida, no entanto, as estampas florais e xadrez também fazem sucesso. Além disso, para os dias mais quentes, existem modelos com manguinhas mais curtinhas e com o comprimento mais curto também. Por outro lado, em dias mais fresquinhos as mangas bufantes são o grande destaques. São perfeitos para ficar em casa ou usar no dia a dia.

Enfim, para complementar o visual, acessórios chapéus, bandanas, fitinhas no cabelo complementam o estilo cottagecore. Porém se quiser dá ainda mais um charme, basta escolher sua sandália ou bota favorita e combiná-la com uma bolsa para deixar o look mais estiloso. Resumindo, ele é versátil, levinho e perfeito para usar em qualquer momento.

Gostou da nossa matéria? Acompanhe no Pinterest e Instagram para ver mais conteúdos.

Bridgerton: o que haverá nas próximas temporadas da série?

Bridgerton
O elenco da série Bridgerton da Netflix, da Netflix.

Bridgerton é uma das séries que estreou em streaming da Netflix com muito sucesso. Depois de oito capítulos, a série dramática e romance de época criada por Chris Van Dusen e produzida por Shonda Rhimes, conseguiu reunir mais de 63 milhões de pessoas envolta das telinhas. Pensando nisso, fizemos abaixo uma lista com o que esperar das próximas temporadas do seriado, com base nos livros de Julia Quinn. Confira:

Haverá mais temporadas de Bridgerton?

Até agora, uma segunda temporada de Bridgerton não foi oficialmente confirmada, mas o número restante de romances nessa trilogia parece ser uma boa indicação para a plataforma de streaming decidir continuar a história que ainda tem tópicos para abordar.

Uma das declarações de Chris Van Dusen – poderia haver mais temporadas. “Pode ser muito cedo para falar sobre isso. Tenho planos e uma visão em minha cabeça para a sequência. A primeira temporada foi sobre Daphne e seguiu sua história de amor com Simon. E os livros de Bridgerton são oito, e são sobre os oito irmãos. Na sequência adoraria explorar as histórias e romances de cada um dos irmãos Bridgerton”. Então, vamos torcer para mais temporadas!


A história de Anthony Bridgerton – O Visconde que Me Amava
Bridgerton
Anthony Bridgerton, série da Netflix

No melhor estilo “Bridgerton“, “O Visconde Que Me Amava” continua imerso na saga de casamentos, mas o foco agora passa a ser Anthony Bridgerton, que sofre com a pressão de achar a esposa ideal na visão da família. Certo de que morrerá jovem igual ao pai, Anthony não sonha em encontrar um amor verdadeiro, apenas uma grande amiga para passar os últimos dias, mas, ainda assim, terá que lidar com todo aquele escândalo da época em torno desse processo.

O relacionamento não será muito bem aceito por um detalhe: Kate é irmã de Edwina, considerada a candidata ideal para se casar com o rapaz. No meio de toda confusão de Anthony, que não deixa de cortejar Edwina, Kate acaba sendo picada por uma abelha durante um passeio na casa de campo. Apesar de um simples acidente, o fato será responsável por selar o destino dos personagens. Por causa do que aconteceu com o pai (morreu por causa da picada de uma abelha), Anthony acaba tendo um ataque de pânico e decide sugar o suposto veneno da abelha do colo de Kate em “O Visconde Que Me Amava”, fazendo com que as mães entrem em acordo para zelar pela reputação de Kate. Quem já está ansiosa por esse lindo romance?


A história de Benedict – Um perfeito Cavalheiro
Bridgerton
Benedict Bridgerton, série da Netflix

O terceiro livro tem foco em Benedict e seu romance com Sophie Beckett, uma personagem ainda não apresentada na série de TV. Ela é filha ilegítima de um conde e, por isso, foi colocada para trabalhar como criada por sua madrasta, depois que seu pai morreu. Um dia ela consegue ir em um baile de máscaras dos Bridgerton e se encanta por Benedict, com quem dança até a meia noite, e o relacionamento dos dois se desenrola numa espécie de releitura de Cinderela.

Como a série está fazendo algumas mudanças em comparação com os livros, é provável que a história da “Cinderela” tenha algumas alterações, mas seu romance complicado com Benedict deve ser levado para as telas.


A história do Colin – Os segredos de Colin Bridgerton
Bridgerton
Colin Bridgerton, série da Netflix

Colin Bridgerton já teve um bom desenvolvimento na primeira temporada da série e isso deve se intensificar nas próximas temporadas. Quarto livro da série, Os Segredos de Colin Bridgerton mostra o que acontece com Colin depois que ele volta de viagem (a mesma que ele faz ao final da primeira temporada do seriado) e se envolve mais com Penelope Featherington, que é apaixonada por ele.

Colin Bridgerton e Penelope Featherington se reencontram após alguns anos e a chama da paixão reacende. Mas o romance que parecia ideal pode desmoronar quando o nobre descobre que a mulher guarda um grande segredo dele.


A história de Eloise – Para sir Phillip, Com Amor
Bridgerton
Eloise Bridgerton, série da Netflix

Chegou a vez de Eloise Bridgerton. No livro Para Sir Phillip, com Amor, há um desenvolvimento maior de Eloise, quando ela se interessa por Phillip Crane, que está longe de ser um “par perfeito”. Eloise é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro. Será interessante ver como Eloise vai lidar com o fato de estar apaixonada e tentar conciliar seu modo de ver a vida com o romance.

Eloise, a segunda irmã mais velha da família, já mostrou na primeira temporada da série que não é como as outras jovens de sua geração. Afinal ela questiona toda a ideia do casamento e tem o desejo de estudar e conhecer o mundo antes de ficar “presa” a uma família tradicional.


A história de Francesca – O Conde Enfeitiçado
Bridgerton
Francesca Bridgerton, série da Netflix

Francesca chama a atenção de Michael Stirling, um dos libertinos mais famosos de Londres, que prometeu jamais se casar, mas não resiste aos encantos da jovem. Quatro anos depois, o caminho deles se cruza novamente e ele vai ter que convencê-la que o romance deles pode finalmente dar certo. Apesar desse grande sentimento, ela o vê apenas como um amigo e ele precisará decidir se vai abrir seu coração para ela.

Aliás, a franquia literária de Bridgerton acompanha a família durante vários anos, por isso alguns personagens jovens no começo da história vão amadurecendo durante os livros. Esse é o caso de Francesca Bridgerton, por exemplo, uma adolescente durante a primeira temporada, que deve ganhar mais destaque se a série tiver muitos anos.


A história de Hyacinth – Um Beijo Inesquecível
Bridgerton
Hyacinth Bridgerton, série da Netflix

Hyacinth conhece Gareth St. Clair em um recital, mas resiste no primeiro encontro. Tudo isso chama a atenção de Gareth St. Clair, que está cheio de problemas pessoais e precisa da ajuda de Hyacinth para desvendar os segredos de sua família, escritos em italiano em um diário.

Sobretudo, outra personagem que cresce bastante durante os livros é Hyacinth, que é só uma criança na primeira temporada da série. No sétimo livro, ela mostra que tem bastante personalidade: é inteligente, fala o que pensa e é, ao mesmo tempo, totalmente encantadora.


A história de Gregory – A Caminho do Altar
Bridgerton
Gregory Bridgerton, série da Netflix

Gregory Bridgerton, o último dos oito irmãos, recebe a ajuda de Lucinda Abernathy para conquistar a mulher de sua vida. Mas, claro, ela acaba se apaixonando pelo rapaz. Só falta ele perceber as reais intenções da falsa cúpida. No entanto, Gregory acaba entrando em um confuso triângulo amoroso entre ele, Hermione Watson e Lucy Abernathy, que o fará rever seus conceitos e apostar tudo para ficar com a “pessoa certa”.

O oitavo livro da franquia foca no caçula da família, Gregory, mostrado ainda criança na produção da Netflix. Diferente de outros homens de sua época, ele acredita no amor verdadeiro e tem certeza que terá um momento de “amor à primeira vista” quando encontrar a mulher certa. 


E Viveram Felizes para Sempre 

Por fim, o último livro da série traz oito epílogos extras respondendo os principais questionamentos que a autora recebeu depois de publicar as histórias de amor de todos os irmãos Bridgerton. É, basicamente, contando o que acontece depois “viveram felizes para sempre.”

Se a segunda parte for lançada, dificilmente chegará antes do final de 2021, mas para o ano que vem parece promissor, não é? Vamos ficar aguardando!