Não me deixe ir

texto383Já se passava das quatro da manhã o avião estava quase decolando, se sentou-se do outro lado do avião ao meu lado um casal de namorados. A nostalgia tomou conta de mim, me lembrei de como nós dois eramos tão felizes e hoje estou aqui sentada nessa poltrona de avião sozinha. Indo embora para algum lugar do mundo pra esquecer que um dia eu te amei que um dia eu derramei lágrimas por você – como eu fui tolar, mas não mais, agora vou procurar o meu caminho, vou me redescobrir. Perdi muito tempo insistindo em algo que nunca existiu algo que eu acreditei que pudesse dar certo. Acho que você nunca vai achar uma garota boba que nem eu, mas não se preocupe aquela garota que você conheceu ela vai ficar aqui, onde que é o lugar dela, mas quando você me reencontrar (espero que isso não aconteça) em outro lugar não perca o seu tempo, ela ficou lá para trás, com o coração todo em pedaços, mas essa não, essa já superou a sua abstinência.

Saber todos os presentes que você me deu? Coloquei tudo dentro de uma caixa, e queimei tudo, tudinho, até os presentes mais caros, eu não quero nada que me levar recordar de você. E que faça me recordar desse amor, esse amor barato, ser é que um dia eu posso chamar de amor. Só quero levar daqui o que cabe na mala e no peito, o resto não me pertence mais – acho que nunca me pertenceu.

Odeio ficar viajando nos meus devaneio e imaginar que você pudesse vir atrás de mim, igual nos filmes, e fazer para o avião, e ser declarar dizendo que me amar e que não posso ir embora da sua vida. Sei que isso é apenas uma ilusão e que jamais vai acontecer, porque eu amei um covarde, e amei com toda intensidade. Vamos-me digar o que você sentiu por mim? Acho que nada, eu sei… Todos sabiam, até os meus pais! Mas eu queria fingir que você me amava!

O avião já está se partindo e a cidade ficando cada fez pequena, já está na hora de deixar tudo para trás, quando eu falo tudo – incluir principalmente você, agora irei começar escrever uma nova página (já que eu rasguei todas), e você não vai fazer parte, nem se fosse uma biografia da minha vida. Mas bem lá fundo, uma voz ecoar querendo gritar e pedir que você não me deixe ir, mas eu sei eu preciso me desligar de você. Já que você já fez questão de me esquecer. Mas nunca, jamais, encanto você viver, se esqueça que um dia você me teve em suas mãos, e me deixou ir…

Caso um dia me reencontrar finja que não me conheça, que nunca, nunquinha em toda sua vida me viu. Se precisar mude de calçada e desvie o olhar de mim, finja que eu sou uma estranha. Porque de hoje em diante você é um simples estranho para mim… Foi algo que eu tiver e que jamais vai fazer falta.


Comentar via Facebook

Comentário(s)

7 comentários sobre “Não me deixe ir

  1. Brenda disse:

    Quando fico apaixonada também fico imaginando como nós filmes recebendo aquela linda declaração, mas pena que filmes servem para nos iludir. Ótimo texto. Sabe não vale apena guarda algo que nunca fez sentido na nossa vida, as pessoas vem e se vão á muitos outros amores para encontrarmos. Beijos

    http://www.brrendacaroline.blogspot.com

  2. Sendy Torres disse:

    Verdade. Jamais será que nem um filme. Quem dera fosse, um filme onde nós fossemos o diretor, ator e tudo mais. Sem pessoas para interferir. E podendo escolher por quem se apaixonar. Parabéns pelo texto, liindo 🙂

  3. juliana disse:

    Amei o texto , super lindo !

    Beijos ♥
    etendenciabebe.blogspot.com.br

  4. Kamila disse:

    texto lindo!! quem dera ser possível encontrar o amor verdadeiro 🙁

Deixe uma resposta