Inspiração: fotografando dentro de casa

Está com tédio de ficar só em casa? Aqui no blog tem uma série de post’s com o tema de quarentena ou isolamento social – é focado com dicas e ideias que possam te ajudar a fazer deste período algo mais leve, divertido e de bons momentos. O tema de hoje é tão importante para quem ama tirar fotos e atualizar o Instagram, mas não tem como ir em lugares legais para tirar fotos criativas, sem problemas… Muitas vezes, sua casa é o ambiente perfeito! Desta vez, outros cliques ainda mais legais vão te convencer disso. Olha só!

Muitas ideias legais, né? As fotos com o sol batendo no rosto ou frestinhas de luz entrando pela janela são encantadoras, né? Algumas ficam com sombras de diversos jeitos; como de coração (usou algum objeto com esse formato), sombra com a mão na frente do rosto, sombras de flores ou plantas – e os cliques vão ficar perfeitos! E também os cliques feitos com a pessoa deitada na cama ou no sofá as fotos ficam muito legais “espontâneas”, em que você não olha diretamente para a câmera, são mais boas ideias e ficam incríveis, né?!



Está em um isolamento social com outras pessoas? Que tal pedir que tire suas fotos? Olha só que legal os cliques feitos a partir do corpo inteiro ou metade dele – acredite simples detalhes fazem muita diferença – faça fotos com qualquer elementos, que tenham algum significado para você ou apenas escolha um lugar que seja perfeito. A ideia é basicamente essa: se você achar que poses combinam (ou não! Fuja do óbvio!), arrisque uma foto. Deixe sua imaginação fluir e divirta-se, ao máximo!

Lembrando que é para se inspirar nas ideias e não nas meninas que aparecem nas fotos, sim? Curtiu o post? Agora conte pra gente nos comentários: já tirou alguma foto linda na sala da sua casa?

LEIA TAMBÉM:

Inspiração: fotos em casa 

Inspiração: fotos com espelhos

Quarentena no sofá: 12 séries para maratonar na Netflix

Compartilhei: os 22 links favoritos sobre notícias do Coronavírus (COVID-19)

Acompanhe o blog no: Pinterest Twitter – InstagramFacebook


Comentar via Facebook

Comentário(s)