História de amor igual aos filmes

texto-história-de-amor-como-nos-filmesEu sempre quis viver um amor avassalador, igual ao dos filmes – não precisava ser eterno, apenas o momento – mas que fosse inesquecível. Queria conhecer o amor da minha vida tropeçando pelas ruas. Ou que ajudasse a pegar meus livros que caísse no chão. Queria uma amor á primeira vista. Ou apaixona-se pela pessoa que eu detestasse e descobrisse que ele era o melhor cara do mundo. Descobri que eu sentia um amor pelo meu melhor amigo e que ele também sentia algo especial por mim. Receber flores com um bilhete escrito à mão e declarações de amor em público. Que me beijasse sem ao menos eu esperar. E que atravessasse o Oceano apenas para me ver. Queria que tivéssemos uma trilha sonora toda vez que nós encontrássemos. Sair em um barco velejando pelos quatro cantos do mundo. Queria uma casinha de frente ao mar. Onde ficaríamos um segurando a mão do outro olhando o pôr-do-sol.

Queria viver um amor em Paris, Londres e em Veneza. Viver o amor nos lugares mais românticos do mundo. Queria que ele cuida-se de mim quando estivesse doente. E me fizesse ri todas as vezes que estivesse triste. Queria que colocasse o meu nome em alguma estrela. E sempre que olhasse para ela se lembrasse de mim. Queria que ele dançasse comigo no meio da chuva e me puxasse para perto dele e déssemos um beijo inesquecível. Queria que compusesse uma música para mim e cantasse com um violão olhando nos meus olhos. Ou que cantasse “My girl” segurando minhas mãos. Queria bilhetes de amor espalhados pela casa, – mesmo que fosse escrito algo simples. Queria que ele abandonasse tudo quando eu dissesse que precisava dele comigo. Até, mesmo se fosse uma reunião importante de negócios. Queria que ele amasse cada uma das minhas imperfeições. E nunca quisesse mudar o jeito que eu sou. Que me ligasse apenas para dizer o tanto que sentiu minha falta.

Queria um amor que fosse verdade e não uma história de filme. Queria o meu próprio roteiro, cheio de clichê e no final aparecesse e “viveram felizes para sempre”. Só que tem um problema, o amor de filmes duram uma hora e meia e no máximo duas. O pior que elas não existem, por isso, que acontece tudo tão romanticamente perfeito. Eu quero que a minha história de amor, seja realidade. Cheia de loucuras, com erros e com muita euforia. Uma história que eu escreva junto com uma pessoa especial. Que marque cada momento da nossa vida. Que seja a nossa história de amor.


Comentar via Facebook

Comentário(s)

9 comentários em “História de amor igual aos filmes”

  1. O texto é incrível! Suave e gostoso de ler <3

    "Queria um amor que fosse verdade e não uma história de filme. Queria o meu próprio roteiro, cheio de clichê e no final aparecesse e “viveram felizes para sempre”" – a vida não é tão generosa quanto suas palavras, o que é triste. Saiba que os amores reais são muito mais intensos do que os apresentados nos filmes. Muito mais gostosos de se viver também 😉

    1. É por isso que eu amo muito escrever textos, quando leio um comentário tão fofo e lindo assim! Obrigada de coração! A vida real a gente criar o nosso próprio roteiro, isso que é o legal <3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *