Eu não fui o amor da sua vida

texto415Foi ali que tudo acabou. Bem onde tudo tinha começado. Eu o conheci pela primeira vez. E foi ali naquele mesmo lugar que eu o vir pela última vez. Ainda consigo me lembrar das suas últimas palavras que me disse antes de ir embora – que o amor que ele sentia por mim, acabou. Que o que ouve foi uma grande ilusão, foi um erro. Somos diferentes igual yin yang. E o pior ele teve coragem de dizer que não me merecia. Eu queria sumir sem deixar rastro nenhum. Só queria sair correndo. Ou apenas evaporar igual partículas. Eu desejava que aquilo tudo fosse um sonho, mas era a minha realidade. Não sair correndo, eu a enfrentei.

Foi difícil conte as lágrimas, conforme cada palavra que eu lembrava que ele tinha dito. Sentia que cada lágrima que escorria era o meu coração se despedaçando. Acabei depositando amor demais e acabei esquecendo que o amor pode acabar… Esse foi um dos meus piores problemas cresci achando que o amor pode ser eterno. Algumas pessoas tem sorte, ás vezes ele dura meses, anos e até décadas.

Acabei percebendo que tudo que ele tinha me dito fazia sentido. Eu não era o amor da sua vida. Talvez eu soubesse disso, mas acabava tampando o sol com uma peneira. Só queria acreditar que era ele. No fundo eu sabia que não, ele não era o amor da minha vida. Mas eu o amava, e queria insistir nesse amor. Esse é o maior erro que possa existir, querer insistir em algo que não existe mais, que talvez não tenha existido.

Já tem um tempo que não ouço mais falar dele. Desconectei dele. Excluir de todas as minhas redes sociais. Hoje eu não lembro nem mais do sorriso dele e muito menos do cheiro do perfume. Não o odeio. E também não o desprezo, mas essa foi à melhor forma de esquecer ele.

Evito passar por esse lugar. Porque tenho medo de encontrar com ele de novo. Não que eu não tenha perdoado. Eu o perdoei. É difícil pra mim cumprimentar com um sorriso ou um simples “oi”. Alguém que um dia eu amei.


Comentar via Facebook

Comentário(s)

18 comentários sobre “Eu não fui o amor da sua vida

  1. Mona disse:

    é engraçado como temos todas a mesma postura diante a uma situação dessa.

  2. Mayra disse:

    Nossa, que texto maravilhoso!

  3. Juliana T. disse:

    Me arrepiei nesse último parágrafo! Haha.
    Lindo texto.

    Beijos,
    Blog Entretanto

  4. jaque disse:

    uau que texto maravilhoso menina, bem intenso! Eu amei <3 Beijos

    http://omgjaque.blogspot.com.br/

  5. Clay disse:

    Que texto envolvente! Apesar de ser triste =/ E eu sei muito bem o que é sentir isso..

  6. Emanuelle disse:

    Seus textos sempre me emocionam. Sempre me identifico, em uma parte ou outra. É muito ruim quando algo se acaba, e a lembrança não sai da cabeça 🙁
    Beijos, http://www.blogdoseujeito.com.br/

  7. Ingrid disse:

    Texto maravilhoso, você escreve de uma forma muito tocante e simples. Isso é incrível.

    tt: @EncantoCupcake
    http://encantodecupcake.blogspot.com.br/

  8. Lindo texto, lembrei de um momento da minha vida.

  9. Cheel disse:

    É difícil. MESMO. Tiro meu chapéu pra quem consegue cumprimentar com apenas um sorriso, ou pior, NÃO CUMPRIMENTAR, aquele que já dormiu na mesma cama que ti, fazendo juras de amor eterno. Lindo texto, adorei! Um beijão.

    http://www.eunomadiando.blogspot.com.br

  10. Ana Cris disse:

    amei o texto parabens :). sei como e sentir isso.

Deixe uma resposta