De amiga para amiga

texto432Ouvi dizer que você não estava bem. Viver chorando pelos cantos e que aquele sorriso contagiante havia desaparecido. Me contaram que está vivendo dias tumultuados na sua vida. Você sentir vontade de jogar tudo pro alto e sair por ai sem rumo. Desistiu de cada um dos seus sonhos. Até mesmo os mais importantes, aqueles que você anotava no seu diário. E eu fiquei imaginando o que aconteceu, com aquela garota que eu conheci há alguns anos atrás. Destemida e que enfrentava todos os problemas.

Eu te peço, imagine que esses dias tempestuosos é apenas chegada do seu arco-íris, lá na linha do horizonte. Sei que em momentos difíceis é impossível ver um fim na tristeza, porém, nada é eterno. Nem mesmo a sua angústia. E toda vez que amanhecer, abra as janelas e se irradie junto com o sol e na noite, brilhe junto com as estrelas. Jamais permita que alguém apague o seu brilho.

Só queria me teletransportar até você. Queria está ao seu lado e dar um ombro para você chorar. Queria pode ter abraçar forte e dizer – você não está sozinha. Apesar que a gente tenha se afastado, eu ainda estou aqui pra te proteger de todo o mal do mundo. Estou aqui pra cuidar de você. Porque não importar o que aconteça, eu sempre pedirei a Deus que te proteja.

Eu amo você, da forma mais sincera que existe. Independente de tudo, nenhuma distância separar uma verdadeira amizade. Eu quero que você entenda mesmo não estando ao seu lado, você está no meu coração. Ocupando um dos lugares mais importante nele. Assim como sei, que, também estou no seu.


Comentar via Facebook

Comentário(s)

6 comentários em “De amiga para amiga”

  1. “Eu amo você, da forma mais sincera que existe. Independente de tudo, nenhuma distância separar uma verdadeira amizade. Eu quero que você entenda mesmo não estando ao seu lado, você está no meu coração. Ocupando um dos lugares mais importante nele. Assim como sei, que, também estou no seu.”

    bem o que tou passando no momento, amei o texto, e tou com tanta saudades da minha amiga

    http://entrevereviver.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta